SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

A SECA ESTÁ AQUI PERTO DE NÓS

O garanhuense não parece tão preocupado com a seca como os moradores de outras cidades. É o que se deduz do pouco interesse que as matérias sobre a estiagem estão despertando. Até mesmo a retirada  desenfreada de água da Barragem do Cajueiro, por carros-pipa de outros municípios, não parece ter ligado o sinal de alerta dos moradores da cidade. Mas se a falta de chuvas persistir até janeiro de 2013 ou mais, o problema poderá bater às nossas portas. Além do mais, com a seca a economia do Agreste Meridional está seriamente abalada. O gado está sendo vendido por preços aviltantes para outros Estados nordestinos, o leite está sumindo e seus derivados, como manteiga e queijo estão com os preços em alta. Tudo isso termina por refletir no comércio local, que anda patinando.

A seca atual que atinge o Nordeste, considerada a maior dos últimos 50 anos, está nas manchetes dos jornais do Sudeste, não sai da pauta dos noticiários da Globo e é tema constante de notas e reportagens de bons jornalistas da capital pernambucana. Magno Martins, que tem o blog mais lido do Estado, chega hoje a Petrolina para percorrer dezenas de municípios daquela região, devendo registrar numa série de matérias jornalísticas como está a situação por lá. É a 3ª parte desse trabalho que ele vem fazendo, produzindo um material valioso do ponto de vista jornalístico, social e político.

Inaldo Sampaio, um dos profissionais mais sérios e respeitados de Pernambuco, abre o seu blog hoje falando na seca, na "guerra pela água" nos municípios do interior. No seu texto, toca num ponto já abordado por nós duas vezes, reconhecendo que o Bolsa Família está evitando o pior.

"Diferentemente das secas anteriores, esta tem pelo menos um atenuante: o Bolsa Família do Governo Federal. A ajuda é pequena, mas pelo menos aboliu a fome nas regiões castigadas pela estiagem. Não se vêm mais, como no século passado, flagelados perambulando pelas ruas atrás de esmola, nem tampouco invadindo mercados, supermercados e feiras livres. Essa guerra aparentemente está superada, se bem que outra mais graves está começando: a guerra por uma lata d´água", escreveu Inaldo.

Numa das matérias publicadas anteriormente por este blog, falando da impotência dos governos para o problema da seca, Altamir Pinheiro fez um comentário defendendo a transposição do Rio São Francisco como a solução duradoura da questão. Acredito que ele tem razão. O projeto do ex-presidente Lula pode mudar essa realidade. Infelizmente, os serviços estão paralisados em vários pontos, atrasando essa obra fundamental para a redenção do Nordeste. Pode ser por conta da crise mundial, que afeta a economia brasileira, ou pode ser porque estão deixando para acelerar os trabalhos quando estiver se aproximando 2014 e Dilma estiver se movimentando em busca de reeleição. Isso, se proceder, seria uma lástima, mas prova que os políticos têm muitos pontos em comum, independente de ser do PT, do PSDB, PMDB, PSB ou DEM.

A seca não é um assunto muito agradável. Pior ainda é sentir os efeitos da falta de chuva, é a situação de milhões de irmãos nordestinos. Nesse contexto, é obrigação nossa estar sempre levantando a questão, denunciando a inércia dos governantes, o drama dos mais necessitados e quem sabe apontando caminhos que minimizem o sofrimento geral, principalmente dos moradores da zona rural.

Infelizmente, em pleno século XXI, na Era do Computador, a falta de chuvas em Pernambuco e outros Estados nordestinos é o principal assunto em pauta no momento.

Ninguém pense que a seca está distante porque tem água na torneira. A seca está aqui, pertinho de todos nós.



As fotos que ilustram a matéria foram publicadas em blogs do interior, como o de Raimundo Lourenço, em Capoeiras, e o de Carlos Lima, em São João. Todas ilustram a mesma realidade, dão uma ideia dos efeitos da seca e evidenciam como o problema está aqui, pertinho de todos nós.

6 comentários:

  1. CARRO PIPA:ISSO É PALAVRÃO, GENTE!!! RESPEITO É BOM E EU GOSTO...

    ResponderExcluir
  2. Roberto, parte da redenção dos nordestinos se deve a aposentadoria dos agricultores criada em 1988. Os outros programas também ajudam é claro, mas, são dois salários mínimos é sem dúvidas uma grande ajuda.Márcio - Boa Vista

    ResponderExcluir
  3. alguns seculos atras o imperador disse que vendia as joias da coroa mas o nordestino nao morreria de sede na epoca construiu o açude do cedro em quixada no ce passado tods esses anos a seca continua a castigar a regiao nordeste tirando do homem a sua propria dignidade de poder sobreviver com o suor do seu trabalho ...o Ceara Paraiba Rn e ate o piaiu tem reservatorios ao longo de toda sua extensao alwm sw um subsolo com um lençol freatico que permite a produaçao de leite com pastagem irrigada o ano todo....esse ano no agreste com essa seca houve uma queda de um milhao de litros de leite dia o que representa o litro a um real um prejuizo de um milhao dia e trinta milhoes mes que deixam de circular na nossa economia ja ta defasada alem do lado humano onde o cidadao se ve impotente para sobreviver naa sua propria terra....muitas soluçoes ao longo desses anaos apareceram...algoraboba...barragem de emergencia..palma...buffel braquiaraia ...cisternas..e nafa resolveu pois sao conjuntos de açoes que podem levar o homem a conviver com a seca...a principal delas e contruçao de uma rede de barragens em rios e serras que permitam a construçao de adutoras que levem agua a todo o ne a melhor maneira de sobrevivencia e evitar o exodo rural e a pecuaria leiteira ja que hoje diferentemente de tempos atras onde era preciso muita terra muita vaca pra se produzir pouco leite .hoje com tecnologia com pouca terra e pouca vaca pode se produzir muito leite ...e uma atividade anual gerando portanto mao de obra o ano inteiro ..outro ponto importante e o serviço de meteorologia avisar previnir para uma possivel grande seca e orgaos especificos para orientar como fazer reserva de alimentos para enfrentar a grande estiagem ...sem a contruçao de adutoras vamos continuar da mesma maneira em cada grade estiagem maais moradores deixam suas casas no campo e vao procurar nas cidades o seu sustento aumentando muito a que prefeituras ja sacrificadas por falta de receitas paquem mais esse onus

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda tenho em minha retina, em 1989, na televisão, o sapo barbudo do lula, no meio de um barreiro sêco, falando da industria da sêca e que ia acabar com essa praga que era o caminhao pipa.

    ResponderExcluir
  5. Passamos dois anos discutindo a viabilidade ou não da TRANSPOSIÇÃO DAS ÁGUAS DO VELHO CHICO, " O RIO SÃO FRANCISCO".

    EU LI MUITO UM ARTIGO PUBLICADO NO JORNAL DO COMMERCIO DE RECIFE ESCRITO PELO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO FERNANDO GONÇALVES.

    ELE ACREDITAVA DEMAIS QUE SOMENTE A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO RESOLVERIA EM PARTE OS PROBLEMAS DO FLAGELO DA SECA NO NORDESTE BRASILEIRO.E CHEGOU A DIZER QUE, " O LULA SERIA UM COVARDE SE NÃO DESSE INÍCIO AS OBRAS DO VELHO CHICO".

    ATÉ GREVE DE FOME O PADRE CAPPIO FEZ PARA QUE AS OBRAS NÃO FOSSE INICIADAS.SOMENTE BASTAVA A ENORME DISTÂNCIA QUE EXISTIA DESDE A ÉPOCA DO IMPÉRIO DE D. PEDRO II POR VOLTA DE (1822-1889) QUANDO DISSE QUE VENDERIA ATÉ A COROA PARA APLICAR O DINHEIRO NA SECA DO NORDESTE.

    EU NÃO SOU FANÁTICO POR PARTIDO.JÁ VOTEI EM TODOS COM EXCEÇÃO DE COLLOR,QUANDO DESDE A ÉPOCA DE SARNEY QUE ESSAS OBRAS JÁ DEVERIAM TER SIDO INICIADAS.

    PECOU DEMAIS FHC QUANDO PRIVATIZOU R$ 70 BILHÕES E NÃO FORA CAPAZ DE INVESTIR PELE MENOS R$ 10 BILHÕES E A OBRA JÁ TERIA SIDO TERMINADA NO GOVERNO DO EX-PRESIDENTE LULA.

    EU PRESENCIEI DOIS MOMENTOS MELINDROSOS EM NOSSA ECONOMIA.EM 2009 COM A MAROLINA DE LULA, QUE NÃO FOI UMA MAROLINA COISA NENHUMA,FOI PREJUÍZO MESMO. DEIXAMOS COM A REDUÇÃO DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS (IPI)DE ARRECADAR R$ 281 BILHÕES.

    EM 2010 VEIO AS ELEIÇÕES E O LULA DEIXOU EMPENHADO R$ 124 BILHÕES PARA A DILMA PAGAR.EM 2010 OS NOSSOS DEPUTADOS PENSANDO SOMENTE NELES,AUMENTARAM OS SEUS SUBSÍDIOS DE R$ 16.512,09 PARA 26.723,13 COM EFETO CASCATA EM TODO O BRASIL.

    EM 2011 A DILMA NÃO CONSEGUIU NEM SEQUER PAGAR AS DÍVIDAS E MUITO MENOS INICIAR OUTRAS OBRAS.FOI UM ANO MAGRO.VÁRIAS CATEGORIAS ENTRARAM EM GREVE.SOMENTE 300 MIL SERVIDORES PARARAM SUAS ATIVIDADES. A COITADA DA DILMA VEM ADMINISTRANDO SOMENTE AS FOLHAS DE PAGAMENTO DE TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS, ESTADUAIS E FEDERAL.

    EM 2012 NOVA REDUÇÃO DE IPI. DEIXAREMOS DE ARRECADAR ATÉ O FINAL DO ANO MAIS DE R$ 500 BILHÕES. AGORA, VEM A SECA QUE TRARÁ UM PREJUÍZO INCALCULÁVEL PARA TODO O BRASIL E PARTICULARMENTE PARA O NORDESTE BRASILEIRO.

    É MUITO FÁCIL PARA OS POLÍTICOS BRASILEIROS CRITICAREM O GOVERNO.MUITOS NÃO PENSARAM NO FUTURO DESTE PAÍS.POR ISSO QUE DESDE JÁ EU DEFENDO QUE ESSA MULHER PRECISARÁ DE PELO 8 ANOS PARA POR ORDEM NA CASA E ARRUMAR A MESMA QUE AANDA MUITO DESARRUMADA COM SUJEIRA PRA TUDO QUE É LADO E COM VÁRIAS REMENDOS PARA SEREM RETOCADOS.

    AGORA, É A HORA DE TODOS DAREM AS MÃOS E TRABALHAREM REDOBRADOS PELO NORDESTE E PELO BRASIL.

    QUE DEUS ILUMINE A TODOS NÓS TRAZENDO MUITA CHUVA EM BREVE PARA RESOLVER OS PROBLEMAS DE TODA A POPULAÇÃO NORDESTINA.

    ResponderExcluir
  6. A SITUAÇÃO ESTA GRAVE E O GOVERNO A TORNA AINDA PIOR,O IPA QUE É O ORGÃO COMPETENTE QUE DEVERIA ARRUMAR UMA SOLUÇÃO PARA AMENIZAR OS PROBLEMAS DA SECA EM NOSSA REGIÃO NÃO ESTAR NEM AI JÁ FAZ 5 MESES QUE OS CARROS PIPAS NÃO RECEBEM SEUS SALÁRIOS EM MUITAS CIDADES OS CARROS JÁ PARARAM DE CARREGAR AGUA PARA A POPULAÇÃO E A CONVERSA DO GOVERNADOR NOS PALANQUES É MUITO BONITA AGORA AÇÃO QUE É BOM NADA E O POVO SOFRENDO SEM A AGUA E DIGO MAIS UMA SE VOCES ACHAM QUE É RUIM O CARRO PIPA TETEM FICAR SEM ELE PRA VER SE É MELHOR,ROBERTO DIVULGUE ISTO PRA VER SE ESSAS AUTORIDADES FAZEM ALGUMA COISA ISSO É UMA VERGONHA UM GOVERNO MAL PAGADOR E POVO PASSANDO NESSECIDADE.

    ResponderExcluir