sexta-feira, 24 de agosto de 2012

PAULO CAMELO E SUA POSIÇÃO SOBRE O TELEFÉRICO

Nós Garanhuenses somos tratados como se fóssemos bobos.

Não bastasse a AÇÃO GLOBAL, promovida pelo burguês e senador Armando Monteiro, a qual ensina o povo a "fazer bolo, cortar cabelo, tirar carteira de identidade e outras besteiras", agora aparece essa "pérola" do Gedécio, em pleno período eleitoral tentando diminuir a importância da nossa proposta de implantação do Sistema de Teleférico.

Os representantes da burguesia são assim, pois diante da incapacidade de promoverem novas conquistas para a população preferem copiar as propostas já existentes e  de quem pensa por Garanhuns, isto é, do candidato a prefeito Paulo Camelo.

Convém lembrar que o governo Eduardo Campos não vai instalar Teleférico em Caruaru, Bezerros e Gravatá, utilizando os recursos públicos do próprio Estado, pelo contrário, vai ser, caso seja implantado, com verba do Ministério do Turismo, porém com exploração, ou seja, renda, a cargo do governo estadual.

Nossa proposta do Teleférico será objeto de reivindicação junto ao Ministério do Turismo, mas a renda será para o município de Garanhuns, resultando na aplicação dos rendimentos em políticas públicas tornando o município auto-suficiente.

Portanto, Gedécio, juntamente com o governo Eduardo Campos, querem tirar a nossa previsão de renda futura e de independência econômica.

Sendo assim, Gedécio e os seus aliados trabalham contra os interesses dos nossos conterrâneos.

Convém lembrar que o Teleférico instalado em Campos do Jordão/SP é explorado pelo governo do Estado de São Paulo, excluindo o município de arrecadação. Não é isso que nós queremos. Propomos a instalação de um Sistema de Teleférico que dê renda para o município, tornando-o auto-sustentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário