SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ASSASSINO DE DEPUTADA PEGA 103 ANOS DE PRISÃO

A justiça é feita em Alagoas. O ex-deputado Talvane Luiz Gama de Albuquerque Neto (na foto de paletó)  foi condenado na madrugada desta quinta-feira a 103 anos e quatro meses de prisão. Ele foi acusado pelo Ministério Público de mandar matar a deputada federal Ceci Cunha para tomar o lugar dela em Brasília.

No mesmo julgamento, que mobilizou Maceió e chamou a atenção dos principais veículos de comunicação do Brasil, foram condenados como executores do crime as seguintes pessoas: Jadielson Barbosa (105 anos), José Alexandre (105 anos), Alécio César (87 anos) e Mendonça Medeiros (75 anos).

Importante que se faça a justiça. A política já tem muita coisa ruim, mas se pegar a moda de suplente matar vereador ou deputado, vice-prefeito eliminar prefeito, ficará certamente muito pior.

Tomara que esses caras nunca saiam da cadeia.

3 comentários:

  1. Já devem ter recorrido, infelismente no Brasil demora-se tanto para que efetivamente venha a transitar em julgado uma sentença; que quando isso acontece, já não tem mais sentido, são anos e anos, isso quando o acusado não foge. Carlos Cunha.

    ResponderExcluir
  2. Espero que eles fiquem preso e paguem o que plantou na cadeia pelo resto de suas vidas.Infelismente aqui em Alagoas a justiça é feita depois de anos de angústia e ansiedade, para esse julgamento tão esperado por todo povo alagoano.Foi um crime bárbaro e chocante e por isso eles mereceram a pena rigorosa e que sirva de exemplo, para algum parlamentar querer fazer algo com outro em busca de vagas em cargos públicos a custa de morte alheia.Ceci agora descansa em paz e um alívio aos familares da parlamentar...Parabéns pela justiça alagoana.

    ResponderExcluir
  3. Caro Roberto, infelizmente no Brasil a justiça só há para os três "P": preto, pobre e puta.

    Aposto que estes assassinos não ficarão presos nem por cinco anos.

    ResponderExcluir