ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SELTON MELLO CHEGA COMO PALHAÇO EM GARANHUNS

Alguns filmes nacionais tiveram ótima bilheteria em 2011. É o caso de Tropa de Elite 2 (este lançado já no final do ano passado), De Pernas pra o Ar, Cilada.com, Bruna Surfistinha, Assalto ao Banco Central, As Mães de Chico Xavier e O Homem do Futuro. Fugindo à comédia de costumes e ao apelo à sensualidade, outra produção que tem tido uma ótima reposta do público é O Palhaço, com direção e interpretação de Selton Mello. O próprio autor (e ator) revelou à imprensa que seu trabalho toma uma direção diferente de outros produtos da sétima arte, por apostar na simplicidade, resgatando a vida dos circos que povoaram a imaginação das crianças e rejeitando a injeção excessiva de tecnologia. O bom é que mesmo quem está indo ao cinema pensando em assistir a mais um besteirol está gostando, apesar do longa ultrapassar a proposta de mero entretenimento. Nada melhor do que conferir nesta sexta-feira, dia 2, no Cine Eldorado Garanhuns.

Um comentário:

  1. Selton Mello mostra-se um ótimo profissional em tudo aquilo que empenha seja como ator, produtor e diretor. O filme é de tamanha sensibilidade e mostra a eterna insatisfação humana e suas mazelas que saímos tocadas com a profundidade da obra. Ora mostrando a magia do cinema ora o vazio existencial do ser humano.
    Deixando nós meros espectadores ansiosos e curiosos com o desenrolar da trama ora com o riso sem jeito dos tropeços que a vida nos dá. Além da atuação brilhante do ator temos também a participação de grande elenco como Paulo José, Jackson Antunes e os demais que atuam de forma memorável.
    Mostrando a dura realidade dos pequenos circos que perambulam por um Brasil esquecido e empoeirado que mesmo vivendo em crise ainda tem tempo de rir e sentir-se parte desta coletividade.

    ResponderExcluir