SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O BURGUÊS ARMANDO MONTEIRO

O burguês, e agora "bombeiro" e senador Armando Monteiro, tem um Projeto semelhante ao do governador Eduardo Campos, ou seja, o de nos dominar politicamente.

Não é à toa que o burguês ocupa a cidade em pontos estratégicos (Escola do SENAI no Magano; Centro de Saúde em diversos pontos da cidade e Centro de Música), a exemplo da época do Império Romano.
Periodicamente, especialmente em período eleitoral, o "bombeiro" Armando Monteiro, nos trata como População Carente, promovendo a tal da "Ação Global", nos ensinando a "cortar cabelo", fazer "bolo", tirar Carteira de Identidade, etc. É como se nós, garanhuenses, fóssemos "bicho do mato" e "pedinte".

Agora quer coroar a ocupação burguesa da cidade, através da imposição da candidatura de Izaías Régis, a qual se configurou como outra trapalhada "dos deuses do poder". Izaías que estava lançando livremente sua candidatura, no auditório da CDL, atendeu uma sugestão do burguês Armando Monteiro, transformando o ato em uma manifestação contra a Importação do Prefeito de Lajedo. Após a primeira manifestação suprapartidária, realizada na Câmara dos Vereadores, o burguês chama Izaías e em seu Escritório no Recife lança-o como candidato a Prefeito de Garanhuns, caracterizando-se num ato de imposição, haja visto que o próprio Izaías dissera na manifestação anterior,realizada na Câmara dos Vereadores, que retiraria sua candidatura, admitindo ser até vice, em nome de uma causa maior chamada "Garanhuns". Agora durma com uma zoada dessa, como dizia um dos comentaristas dos blogs da cidade.

O burguês faz parte da Legião Estrangeira, daí a sua queixa ao que ele diz que não pode haver "Reserva de Mercado", como se nós fóssemos "mercadoria eleitoral". Por outro lado o Izaías tem todo o direito de pleitear o cargo de Prefeito, mas demonstrou nesse episódio falta de autonomia. Donde concluímos que a sua candidatura não interessa para o nosso povo. Logo temos que também combatê-la. Sendo assim, o Movimento de Oposição a Imposição precisar afinar o discurso, combatendo os candidatos dos dois caciques de Pernambuco, ou seja, o senador Armando Monteiro e o governador Eduardo Campos. (Texto do engenheiro Paulo Camelo, do PSOL).

5 comentários:

  1. Um burguês é sempre um burgues,com ou sem mandato,já um comunista so é comunista quando nao tem mandato nenhum,por isso Paulo Camelo será eternamente comunista ou socialista.

    ResponderExcluir
  2. Ainda lí um parágrofo dessa matéria, aí descobrí que era do Camelo, que Deus me perdoe, amém.

    ResponderExcluir
  3. PAULO CAMELO, ninguém aguenta mais esse seu discurso idiota. Os blogs nem deveriam perder tempo publicando essa mesma conversa besta dele. Vira o disco Paulo Camelo ninguém aguenta mais não!

    ResponderExcluir
  4. Armando faz tudo isso e paulo camela, faz o quê?
    Esse cara não percebe que paga mico. Toma jeito cabra.

    ResponderExcluir
  5. Somente uma palavra para o Paulo Jurássico Camelo.

    T E A Q U I E T A U L T R A P A S S A D O.

    fAUSTO

    ResponderExcluir