quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

UM ÍDOLO DE 80 ANOS

Se estivesse vivo, o ator James Dean teria completado 80 anos esta semana. O americano da Califórnia, contudo, viveu apenas 24 anos. Foram apenas quatro anos de carreira, três filmes, o suficiente para o transformar em ídolo e um dos ícones do cinema e da cultura pop. Vítima de um acidente na estrada, em 1955, o astro ainda é lembrado por muitos, hoje, como se tivesse partido há bem pouco tempo. "Vidas Amargas", "Assim Caminha a Humanidade" e "Juventude Transviada" são filmes que entraram para a história da sétima arte, junto com Dean, tão cult quanto Elvis Presley ou Mariylin Monroe. Nos EUA se fez ampla comemoração do aniversário do ídolo. Nos states sabem preservar a memória dos homens, dos prédios históricos e até dos bichos. Um pouco diferente do que acontece no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário