ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 27 de abril de 2010

SEXO É MESMO BOM PARA HIPERTENSÃO?

Foi destaque nos sites da internet logo no começo da tarde passada, mereceu chamada no Jornal Nacional, encontrei um comementário logo cedo, na minha caixa de e-mail e acredito que vai dar muito o que falar durante todo o dia. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, recomendou que as pessoas procurassem manter o peso, dançassem e fizessem mais sexo para regular a pressão arterial. Sua excelência até que me deixou animado, pois desde 2004 comecei a ser incomodado por essa doencinha chata e perigosa. Tive crises terríveis, correndo de madrugada para o Hospital Perpétuo Socorro e uma vez o negócio tava tão ruim que até o médico se assustou e não tinha remédio que fizesse a tal pressão baixar. Parecia que seu paciente ia explodir. Felizmente, graças aos remédios e acredito a ajuda do lá de cima, hoje vivo sem sustos. Na fase pior, porém, pessoas que trabalham no Posto de Saúde aqui perto de casa, que convivem com médicos e enfermerias, informaram que sexo poderia ser muito perigoso para o hipertenso. Claro, aquilo me deixou grilhado e por uns tempos, na fase das crises frequentes, o escriba aqui ficou com medo de fazer a "melhor coisa da vida", segundo receitou outro dia o cantor da terceira idade Roberto Carlos Braga. Bem, um ministro é um ministro e tem muita responsabilidade no que diz. Ele não poderia mandar assim os homens se entregarem aos seus instintos pondo a vida deles em perigo. Creio que possa ter razão. Se a pressão está controlada, os dois parceiros estão sintonizados, se gostam e fazem um bom sexo sem exageros, acho que vai é fazer um bem enorme mesmo: à cabeça, ao coração, aos olhos, à pele, ao sistema imunológico e à pressão arterial, que ficará controlada. Por via das dúvidas, porém, queria ouvir a palavra de um médico aqui de Garanhuns: Alô Dr. Lamberti, Dr. Carlos Eugênio, Dr. Alberto Madeira senhores cardiolistas da cidade... O ministro está mesmo certo ou disse besteira?

*Na foto o ministro Temporão, como se estivesse preocupado e rezando. Será que ele se arrependeu por mandar fazer sexo como remédio para a pressão arterial?

2 comentários:

  1. Roberto Almeida, quanto tempo cara. Fico feliz em reencontrá-lo com um visual totalmente diferente daquele que conheci quando trabalhamos juntos na Rádio Clube e posteriormente na Folha de Pernambuco. Naquele tempo, você estava mais para professor Silvano das histórias em quadrinhos.
    Um abraço do
    José Torres
    torres.bezerra@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá blogueiro!

    O número de pessoas com hipertensão no Brasil aumentou de 21,5%, em 2006, para 24,4%, em 2009. A hipertensão é uma doença silenciosa e ataca todas as faixas etárias. Por isso, junte-se à campanha de combate e controle da hipertensão do Ministério da Saúde. Você pode ajudar na conscientização da população por meio do material de campanha que disponibilizamos para download. Caso se interesse, entre em contato com fernanda.scavacini@saude.gov.br
    Obrigado!

    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir