Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

PREFEITURA ATACA PAPALÉO

Escrevi no blog que a nota da Prefeitura tinha "alfinetado" o Giovani Papaléo (foto) e um anônimo disse que essa era uma interpretação minha. Já costuraram minha cabeça uma vez, mas continuo entendendo as coisas muito bem. A prova de que eu tinha razão está hoje, nesta nota do Inaldo Sampaio:

"Por intermédio do procurador-geral da Prefeitura, Roberto Falcão, o prefeito de Garanhuns, Luiz Carlos de Oliveira (PDT), disse que não apóia as críticas do produtor cultural Giovani Papaléo à direção da Fundarpe por não ter liberado ajuda financeira para o “Garanhuns Jazz Festival” (R$ 80 mil).

Papaléo aproveitou um dos dias do Festival para tecer críticas à Fundarpe e isso acabou gerando um desentendimento entre o deputado Izaías Régis (PTB) e à secretária de Cultura Gabriela Valença, indicada por ele.

O deputado ficou irritado com a secretária por ter permitido que o locutor oficial do evento criticasse um órgão do governo estadual do qual é aliado.

O prefeito também ficou incomodado com as críticas e por meio do procurador-geral disse ao blog que não está de acordo com elas. Ele acha que Papaléo quer jogá-lo contra o Governo do Estado e diz que não vai entrar na dele, não".

Depois de uma nota dessas, fica a dúvida: Papaléo continuará coordenando o Festival de Jazz? Robertinho do Recife virá mesmo a Garanhuns?


Um comentário:

  1. Parem de queimar o filme de Geovani Papaleo. O cara deu as tripas para realizar este evento e agora por conta de um ato irresponsável, grosseiro, mau educado e grotesco por parte do deputado querem politizar este escandalo. Quem tem que se explicar perante a justiça e ao povo de garanhuns e pernambuco é esse sr. que diz não ter nenhuma relação com os SHOWGATES e sua Instituição sem Fin$$ Lucrativo$$(ACIAGAM). Agora querer colocar em cheque a participação de Geovani na coordenação do próximo GJF é de uma falta de respeito que não tem tamanho. O Garanhuns Jazz não precisou de Superfaturamentos nem de verbas milionárias para ser realizado não. Ele é feito de garra , paixão e amor pela musica. Se Garanhuns se comportar e demonstrar INGRATIDÃO para com o produtor deste evento não tem problema... Caruaru e outras cidades ja demostraram interesse em adota-lo. E o q é melhor...sem BAIXARIAS e COVARDIAS.

    P>S: Não conheço o Sr. Geovanni Papaleo, sou apenas uma pessoa que curte bastante o GJF e que fico indignada com algumas coisas que acontecem na nossa cidade. Lamentável!

    Ana Maria Soares
    Viva Garanhuns

    ResponderExcluir