SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sábado, 27 de fevereiro de 2010

LULA E CUBA

A foto registra bem como Cuba parou no tempo

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a ex-ministra Marina Silva, os grandes jornais do Rio e São Paulo, as bancadas de Oposição na Câmara Federal e, na região, Rafael Brasil e Zezinho de Caetés (Blog da CIT) bateram duro em Lula pela última visita a Cuba e ao seu líder Fidel Castro. Para completar, no dia em que o petista esteve na ilha um dissidente do regime comunista, Orlando Zapata, de apenas 42 anos, morreu durante uma greve de fome, protestando contra sua prisão, por motivos políticos. No rastro disso tudo, declarações desastradas do presidente brasileiro e de um dos seus principais assessores, Marco Aurélio Garcia. Temos consciência do boicote americano ao pequeno país latino americano, sabemos das dificuldades que passa o povo cubano, não ignoramos a má vontade da mídia capitalista com a sobrevivência impertimente do comunismo na ex-colônia (alguns dizem que era uma espécie de bordel) dos Estados Unidos. Apesar de tudo isso, nada justifica que uma mesma pessoa ou grupo comande uma nação há 50 anos e só tenha vez o pensamento único.
Uma vez, anos atrás, como jornalista fiz uma entrevista com uma médica cubana que estava no Brasil, trabalhando no município de Angelim, na segunda gestão de Samuel Salgado. Quando fiz algumas perguntas sobre o Brasil, a realidade do nosso Agreste, as comidas regionais, o café da manhã na cidade onde estava vivendo, a mulher começou a chorar. Claramente lembrava das dificuldades dos seus irmãos na ilha. Tudo é culpa do imperialismo americano? Claro que não. O regime fechado, a socialização da pobreza, a falta de renovação política e econômica internas também contribuem para esse quadro. Não concordo com Rafael Brasil quando taxa simplesmente a política externa do Governo Lula de desastrada. Essa é a visão que a direita passa através da grande imprensa. Concordo, contudo, com a preocupação dele, de FHC, de Marina e de outras correntes democráticas com essa questão cubana.
Não podemos ter democracia aqui, praticá-la e aprimorá-la no Brasil e se aliar a coroneis populistas (caso de Hugo Chavez) e esquerdistas que já tiveram o seu tempo e hoje deviam estar envergando um pijama, abertos ao surgimento do novo. Lula merece admiração por não ter engolido o sonho do terceiro mandato. O presidente, porém, merece a crítica e o desapontamento quando se omite ou minimiza a realidade da ilha de Fidel Castro.

2 comentários:

  1. Realmente, cuba esteve e esta numa paralisação tão grande que em pleno sec.21 os carros são do século passado,isso por causa do bloqueio americano

    ResponderExcluir
  2. Roberto,
    Hoje, sábado, a nova diretoria do PT em Garanhuns teve a sua primeira reunião, após a posse que aconteceu no dia 20.
    Tivemos a participação do lider da bancada do PT, na Camara Federal, Deputado Fernando Ferro, que entre tantos assuntos trouxe a importante informação que poderemos ter a presença do presidente Lula no próximo dia 25 aqui em Garanhuns. A agenda está sendo fechada e a informação poderá ser confirmada em breve.
    Um cordial abraço do amigo e leitor assíduo do blog.
    Chico Alencar
    Vice presidente PT Garanhuns

    ResponderExcluir