SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

MARCOS PATRIOTA ACUSA ONG DE DIVULGAR MENTIRAS

Prefeito de Jupi, Marcos Patriota, divulgou nota em que repudiou de forma bastante enfática, informações divulgadas por uma Organização Não Governamental (ONG) envolvendo a atual gestão em atos que estão sendo investigados pela Polícia Federal.

Segundo Patriota, as informações são falsas e levianas, pois desde que ele assumiu o poder, em primeiro de janeiro de 2017, não firmou qualquer contrato com empresas envolvidas nas operações listadas no site da ONG.

“A ilegal e irresponsável exposição a que fomos submetidos, causa-nos, além de surpresa, repulsa e indignação, pois, fomos de forma covarde, atingidos nos nossos princípios éticos e morais”, diz a nota. 

Marcos Patriota descreve todo esforço que tem feito para fazer uma gestão transparente, realizando obras e pagando débitos deixado pelas gestões passadas.

Abaixo a Nota Oficial assinada pelo prefeito de Jupi:


PSB CRITICA DURAMENTE EDUARDO BOLSONARO


Através de nota distribuída no final da tarde, o Partido Socialista Brasileiro considerou graves as ameaças à democracia, feitas pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, do PSL.

A nota do PSB, na íntegra:

É muito grave a defesa feita pelo deputado federal, Eduardo Bolsonaro, de um novo Ato Institucional número 5, que inaugurou o período mais sombrio da ditadura militar em nosso País.

O AI-5, editado em 13 de dezembro de 1968 foi responsável pelo fechamento do Congresso Nacional, pela cassação de mandatos, suspensão de direitos políticos e do Habeas Corpus, pela censura, sequestro de artistas e opositores, aviltamento do Poder Judiciário com aposentadoria compulsória de Ministros do Supremo Tribunal Federal, bem como por uma violência institucionalizada que pôs fim do Estado de Direito, com enorme sofrimento para o Brasil, em especial para os milhares que resistiram corajosamente ao recrudescimento do  arbítrio, muitos tendo sido além de perseguidos, exilados, torturados e mortos. 

É inaceitável que alguém que jurou respeitar a Constituição, defenda abertamente o retorno ao autoritarismo, na sua face mais cruel.

É ainda mais grave que o mencionado parlamentar seja o líder do Partido do Presidente da República e que, sendo seu filho, 
aja com tamanha desenvoltura na defesa, inconsequente, da quebra das franquias democráticas e constitucionais, sem que o primeiro mandatário da Nação a ela se dirija, como conviria a um Chefe de Estado cônscio de suas responsabilidades, para repreendê-lo por tão censurável e impatriótica conduta.

Torna-se necessário, indispensável, de forma expedita, pede-o o vigor das instituições de Estado, que o Presidente da República desfaça, de maneira inequívoca, qualquer proximidade do seu governo com essa atitude, que fere a Carta Magna em seus princípios e objetivos fundamentais, quais sejam, o de constituir-se o Brasil se em uma sociedade livre, justa e solidária e em um Estado Democrático de Direito.

O Partido Socialista Brasileiro, pelo seu Presidente Nacional e pela liderança do Partido na Câmara dos Deputados, bem como a liderança do Bloco Senado Independente, repudia tais declarações com vigorosa indignação e assegura ao povo que representamos, que adotaremos todas as medidas para defender a Democracia brasileira, conquistada com inestimável sacrifício, bem como para responsabilizar quem quer que se atreva, de forma criminosa, a fazer apologia da sua violação.

A responsabilidade com a nossa história é um dever de todos os democratas. Estamos prontos para assumi-la sem titubeios, para impedir que ela se repita, como farsa, mas principalmente como tragédia. 

Brasília, 31 de outubro de 2019

CARLOS SIQUEIRA
PRESIDENTE NACIONAL DO PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO

DEPUTADO TADEU ALENCAR
LÍDER DO PSB NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

SENADOR VENEZIANO VITAL DO RÊGO
LÍDER DO BLOCO SENADO INDEPENDENTE

AO CONSELHO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Comdica Garanhuns) pede uma retratação por um artigo assinado pelo articulista Altamir Pinheiro, em que ele acusa o órgão de incapaz como órgão fiscalizador da eleição para o Conselho Tutelar e por tê-lo considerado (O Condica) de incompetente e “estar mais perdido de que cego em tiroteio”.

Neste último caso, os que fazem o Conselho acreditam que o autor do texto discrimina dois integrantes do órgão que são deficientes visuais.

Nos jornais e revistas impressas, assim como na mídia digital, artigos assinados são de responsabilidade dos autores, com amparo na Lei de Imprensa.

Basta ler o Jornal Folha de São Paulo, o Portal UOL ou a Revista Veja para saber que esses veículos da grande mídia utilizam esse critério.

Assim, o artigo que melindrou o Comdica, é de responsabilidade de nosso colaborador Altamir Pinheiro.

Seus pontos de vista podem estar de acordo com o nosso ou não, mas no Brasil a Constituição Federal assegura a liberdade de expressão e ele como cidadão tem todo direito de emitir sua opinião e criticar o Condica.

Homens e órgãos públicos estão sujeitos à crítica se vivemos uma democracia. Somente nas ditaduras é que é cerceado o direito de opinar e criticar.

Caso, no artigo, o colaborador de blog tenha deliberadamente discriminado duas pessoas cegas que fazem parte do Conselho (acreditamos que ele não usou a expressão popular com essa intenção), pedimos desculpas e não concordamos com qualquer forma de preconceito, seja contra cegos, surdos, tetraplégicos, mudos, negros, homens, mulheres ou homossexuais.

Em 40 anos de jornalismo e 10 anos de blog já deixamos isso muito claro e sempre fomos um defensor das minorias, dos pobres, dos humilhados e dos ofendidos.

Esperamos com este artigo,  de nossa autoria, estar esclarecendo aos que fazem o Comdica, aos leitores (as) e ao povo de Garanhuns e do Agreste.

Fazemos votos para que o Conselho além de se preocupar com artigos jornalísticos,  se empenhe na defesa das crianças e adolescentes de Garanhuns, muitos em situação delicada, sofrendo maus tratos em casa, passando fome e se entregando às drogas.

Respeitosamente,

José Roberto de Almeida, jornalista profissional desde 1982, com registro no DRT 1110.

NILVA FAZ ESFORÇO PARA PAGAR DÍVIDAS DA SAÚDE


Algumas clínicas médicas de Garanhuns e a direção do Hospital Infantil comemoraram em silêncio o vídeo de Luizinho Roldão revelando as dívidas da prefeitura e a suspensão dos exames na área da saúde.

A população também ficou  agradecida, porque reforçou o sentimento de esperança do problema ser resolvido, de maneira que o morador da cidade possa fazer um ultrassom ou endoscopia sem ter de tirar do minguado salário.

Secretária Nilva Mendes, que recebeu Luizinho e Kleber Cisneiros em seu gabinete, reconheceu o problema, não desmentiu nada do vídeo divulgado e disse que todo esforço está sendo feito para que os débitos sejam saldados. Ela espera até dezembro regularizar a situação.

Só ao Hospital Infantil Palmira Sales a Prefeitura de Garanhuns está devendo em torno de R$ 3 milhões. Daí as freiras terem ficado tão satisfeitas com a atitude de Roldão.

CAETÉS PAGA EM DIA SEM DISCRIMINAR NINGUÉM


Quem é funcionário da Prefeitura de Caetés pode ter tranquilidade para se organizar, porque o pagamento por lá sai rigorosamente em dia.

Agora em outubro, por exemplo, desde ontem que o dinheiro entrou na conta dos servidores.

E todos são tratados por igual: recebem na mesma data, todo santo mês, efetivos, contratados, comissionados e pensionistas.

Não faltará quem diga: “O prefeito Armando não faz mais do que sua obrigação”.

É, mas tem prefeito pertinho de Garanhuns que atrasa salário e trata efetivos, contratados e comissionados de maneira diferente. Normalmente os que não têm vínculo definitivo são penalizados.

Em Caetés não existe essa discriminação ou seletividade.

UFAL TEM EVIDÊNCIAS DE ONDE VEIO O ÓLEO DAS PRAIAS


O Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis) detectou, a partir de satélites, um padrão característico de manchas de óleo no oceano que pode explicar a origem da poluição no litoral do Nordeste. O Laboratório é vinculado à Universidade Federal de Alagoas (Ufal). 

Após três semanas de processamento de imagens do satélite Sentinel-1A, o pesquisador Humberto Barbosa, do Lapis, identificou na última segunda-feira (28) um enorme vazamento de óleo, em formato meia lua, com 55 km de extensão e 6 km de largura, a uma distância de 54 km da Costa do Nordeste. O local fica no Sul da Bahia, nas proximidades dos municípios de Itamaraju e Prado.u

 “Ontem [segunda-feira] tivemos um grande impacto, pois pela primeira vez, encontramos uma assinatura espacial diferenciada. Ela mostra que a origem do vazamento pode estar ocorrendo abaixo da superfície do mar. Com isso, levantamos a hipótese de que a poluição pode ter sido causada por um grande vazamento em minas de petróleo ou, pela sua localização, pode ter ocorrido até mesmo na região do Pré-Sal”, alerta Barbosa.

Toda aquela região sedimentar, observada pelo pesquisador, está nas proximidades de áreas de exploração de petróleo, conforme mapeamento abaixo, da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Monitoramento

O pesquisador já havia encontrado, em datas retroativas dos últimos 60 dias, manchas menores de óleo no mar, a partir de imagens de satélite. Todavia, como as imagens anteriores mostravam o piche já fragmentado, não havia como identificar o padrão de vazamento.

Assim, somente nesta semana, o pesquisador encontrou uma imagem mais completa que permitiu uma maior precisão sobre o padrão característico do vazamento. A detecção foi complementada com o levantamento de informações sísmicas e de outras variáveis do local. 

As imagens foram observadas retroativamente, desde o mês de maio, processando esses dados por faixas, a partir de uma grande quantidade de dados de toda a Costa do Nordeste brasileiro, chegando até o Espírito Santo. 
A análise exigiu uma grande capacidade computacional, de processamento e de análise instalada no Laboratório. Foram utilizadas sofisticadas técnicas de processamento que permitiram realçar o contraste das manchas de óleo na água, separando o sinal de manchas de petróleo de qualquer outro ruído.

"É como a montagem de um quebra-cabeça, com peças muito dispersas, que são as manchas muito espalhadas pelas correntezas no Litoral do Nordeste do Brasil, principalmente nas faixas costeiras. De repente, você encontra uma peça-chave, mais lógica, foi o que ocorreu ontem ao encontrar essa imagem. Foi a primeira vez que observamos, para esse caso, uma imagem de satélite que detectou uma faixa da mancha de óleo original, ainda não fragmentada e ainda não carregada pelas correntezas", explica Barbosa. 

O pesquisador complementou que isso ocorre porque o satélite registra as imagens com um intervalo de seis dias. Com isso, as faixas analisadas não são contínuas, podendo haver também sobreposição, com datas diferentes. "Foi um trabalho exaustivo e desafiante, tendo que esperar seis dias para que o satélite voltasse à mesma área onde começou", relata Barbosa. 

O Lapis também observou, a partir de imagens retroativas de satélites, manchas de petróleo no Sudeste do Brasil, precisamente esse tipo de poluição ocorrendo, em menor volume, próximo à costa do Espírito Santo. Porém, o padrão localizado no Espírito Santo é diferente daquele enorme vazamento localizado, nas proximidades do litoral da Bahia.

“Essas imagens, capturadas pelo Sentinel-1A, mostram que há pequenas quantidades de óleo espalhadas pelo oceano, motivo porque o Brasil precisa estabelecer um monitoramento mais consistente do oceano. Mas a quantidade de petróleo identificada na imagem, próximo à costa da Bahia, é de uma enorme extensão", alerta Barbosa. 

Desastre ambiental

O pesquisador afirma que, pela localização do óleo, é algo muito maior do que um mero derramamento acidental ou proposital de óleo, a partir de um navio, é um vazamento que está abaixo da superfície do mar, consequência de perfuração.

Ele destaca que, na imagem desta segunda-feira, identificou um padrão bastante robusto que o levou à hipótese de que a origem do problema não é um derramamento de óleo a partir de um navio que transporta esse tipo de material, mas pode ser um vazamento de algum poço de exploração de petróleo.

A imagem também permite detectar três navios, no entorno da grande mancha, que podem tanto estarem passando pelo local quanto monitorando alguma situação extraordinária ocorrida na área. Observe nos pontos claros da imagem de satélite abaixo, três objetos altamente refletores, que são navios. A Marinha confirmou ontem que havia três embarcações monitorando o sul da Bahia.

Na manhã desta terça-feira, dia 29, o Laboratório comunicou à Comissão do Senado, responsável pelo acompanhamento da poluição por óleo no Nordeste, a detecção realizada  a partir de imagens de satélites. Essas informações contribuirão nas investigações sobre o incidente.

*Fonte: Ascom UFAL.

DUDU FALA NA RÁDIO SE PODE OU NÃO SER CANDIDATO


Ex-prefeito Dudu dirá hoje, em entrevista à Rádio Jovem Cap, às 12h, se poderá disputar ou não a prefeitura de Capoeiras em 2020.

O também ex-prefeito Neném, em nota enviada ao blog (leia abaixo), afirma que tanto ele como seu adversário estão inelegíveis, porque tiveram contas rejeitadas na Câmara Municipal.

O blog ouviu dos advogados de Garanhuns, que depois da analisar a situação do ex-prefeito Dudu admitiram que ele pode disputar a eleição, mas certamente será traçada uma “batalha jurídica”.

Profissionais do direito explicaram que a Câmara rejeitou as contas do ex-prefeito se antecipando a uma decisão do TCE que ao julgar um recurso de Dudu lhe deu ganho de causa. Isso pode favorecer o ex-gestor e vereadores podem até sofrer algum tipo de penalidade.

Outro fato que dá o “bom direito” a Dudu”, é que não se sabe ainda se a condenação do ex-prefeito pelo Legislativo implica em “improbidade” administrativa. Caso isso não se configure, ele pode ser candidato sem problema.

Em todo caso, possivelmente a eleição de Capoeiras passará pelo Poder Judiciário. Advogados acreditam que há boas chances dos juízes decidirem a favor do ex-prefeito.

Na entrevista à Rádio Jovem Cap, Dudu deve fazer esclarecimentos com base nos argumentos dos seus advogados, que não são os mesmos consultados por nós. Preferimos ouvir a opinião de dois garanhuenses que não têm nenhuma ligação com os políticos da cidade vizinha.

OPOSIÇÃO DE CAPOEIRAS LAMENTA QUE O MUNICÍPIO OSTENTE OS PIORES ÍNDICES, DE ACORDO COM ONG

Ao analisar os dados da ONG Liberdade-PE, publicados recentemente, o ex-deputado federal Carlos Batata lamentou profundamente a classificação obtida pelo município de Capoeiras.

A ONG, que é uma instituição suprapartidária e sem fins lucrativos, não recebe recursos públicos e trabalha a favor da liberdade econômica e contra a corrupção e os privilégios. Com base em dados abertos, fornecidos por órgãos de fiscalização do Estado, desenvolveu o Ranking dos Prefeitos. Uma ferramenta simples para ajudar o cidadão na avaliação da gestão municipal.

De acordo com a Organização, Capoeiras está entre os municípios com os piores serviços do Estado de Pernambuco nas áreas de finanças, saúde, educação, segurança, transparência e geração de emprego.

Batata atribui a situação da cidade  ao modo como vem acontecendo as eleições dos prefeitos nos últimos 20 anos. “Como é de conhecimento público, nas últimas cinco eleições, em Capoeiras, houve uma utilização exacerbada do poder econômico e uma recorrente prática criminosa de compra de votos, fazendo com que os detentores dos mandatos neste período deixassem de lado os cuidados com a prestação dos serviços públicos básicos que deveriam prestar a população e passassem a ter apenas como objetivo a utilização do mandato como forma de conseguir recursos para sanarem os débitos de campanha e promoverem a reposição do dinheiro pessoal, no caso do eleito ter colocado em campanha recursos do próprio bolso. Isso não sou só eu quem está dizendo. É voz corrente no município entre os próprios eleitores”, afirmou o ex-deputado.

Assim, ele vê como única saída para superar tal realidade, que nas próximas eleições o eleitor escolha de forma livre e consciente para governar o município aquele que entender possuir experiência e capacidade de gestão, espírito público republicano e grande capacidade de articulação política no estado e em Brasília para poder reconstruir um município que foi literalmente destruído.

OUTRAS OPNIÕES - O vereador Bruno da Ótica também fez considerações a respeito da realidade de Capoeiras. Eleito em 2016 no grupo da atual prefeita, logo em 2017 reconheceu a falta de compromisso da atual gestora e migrou para oposição lamentando a situação caótica em que se encontra o município, responsabilizando em grande parte a gestão municipal pela não prestação dos serviços básicos dos quais a população necessita nas áreas citadas pela ONG. “Fui percebendo que Capoeiras iniciava um caminho de retrocesso. É lamentável que a cidade de Capoeiras passe por esse processo. Os gestões deviam atender aos interesses da população, preferem fazer vistas grossas às demandas,  permitando que os índices e estatísticas sejam apresentadas na mídia de maneira vergonhosa”,  salientou Bruno.

Já o jovem Cândido Lira, do Povoado Alegre, também lamenta que a educação de Capoeiras esteja entre as piores do Estado e faz críticas à gestão na área de saúde pela falta de médicos e medicamentos na cidade de Capoeiras e em particular no Povoado Alegre. “Dizem que a educação está boa... se está no 107° no ranking, isso comprova que a gestão realmente não se importa em melhorar nossa educação. Nossa saúde não é real aos olhos de quem vê no município. Dizem está uma maravilha mas sabemos que faltam remédios nas farmácias do hospital e postos de saúde, além da constante falta de médicos. Isso tudo explica uma gestão inexistente em Capoeiras”, Argumentou Cândido que é pré-candidato a vereador.
O jovem Rodrigo, conhecido como Rodrigo de Rosana, pertence ao Grupo Jovem de Capoeiras lamenta: "Recebi com muita tristeza a notícia que a minha cidade é uma das piores de Pernambuco,  em relação à gestão e no que diz respeito à prestação de serviços nas áreas de saúde, educação, segurança e na geração de emprego”. 

Rodrigo, que sempre morou em Capoeiras, diz que jamais o município passou um momento tão delicado como esse e a exemplo de Carlos Batata responsabiliza a criminosa prática de compra de votos pela situação que se encontra o município. Mas,  ao mesmo tempo,  ainda tem esperanças e conclama toda a população para se unir de forma livre e soberana nas eleições do próximo ano para escolher alguém eu seja comprometido com município e que tenha experiência e capacidade para retirar a cidade da situação que se encontra: Pessoal acorde! Atente para essa situação. Vamos lutar. Vamos mostrar que tem jeito sim e que só depende da gente. As próximas eleições se aproximam e aí sim, teremos a oportunidade de dar uma resposta a esse descaso. Vamos escolher uma pessoa capacitada para administrar nossa cidade, uma pessoa que tenha projetos e boa vontade para com o povo. Precisamos ter consciência na hora de votar. Não venda seu voto. Veja o preço que você está pagando. Eleitores entendam que não somos mercadoria, não temos preço. Vamos dá um basta nesta prática política medíocre que só empobrece o nosso povo. Quem gasta hoje com você, quando entra na prefeitura quer tirar o nosso dinheiro em dobro. E quem paga somos nós”, frisou Rodrigo.

Por fim, muito conhecido em Capoeiras como Renato de Zé do Som, integrante do Grupo Jovem da cidade e que fez parte do grupo de apoio da atual prefeita nas últimas eleições,  também se pronunciou a respeito. A exemplo do vereador Bruno da Ótica, migrou para o grupo de oposição em função do desgosto com a atual gestão no que diz respeito a “irresponsabilidade” da Administração municipal.

Como pré-candidato a vereador nas próximas eleições, faz considerações indignadas sobre a publicação dos índices do município pela ONG Liberdade: “É vergonhoso o rumo que a nossa cidade está tomando. As consequências do derrame de dinheiro em campanhas eleitorais estão ficando mais evidentes a cada eleição. Mas continuaremos lutando de forma responsável, fiscalizando e mostrando a população a verdadeira situação do nosso município. A pessoas precisam entender que quanto mais se gasta em uma campanha mais é retirado do povo depois”, afirmou Renato de Zé do Som.

*Na foto de arquivo um dos problemas do município, o lixo depositado próximo à cidade e povoados.

NENÉM REAFIRMA QUE DUDU ESTÁ INELEGÍVEL

O ex-prefeito Neném, através de nota, presta alguns esclarecimentos ao também ex-prefeito, Luís Claudino, o Dudu, sobre o fato de ter afirmado que ambos estão inelegíveis nas próximas eleições, como mencionou na rádio Jovem Cap, nesta quarta-feira, dia 30/10/2019.

"Esclareço ao nobre ex-prefeito que, minhas afirmações baseiam-se em fatos que são do conhecimento de todos. Tanto eu, Maurílio Rodolfo Tenório de Souza, quanto ele, Luiz Claudino de Souza, temos nossos nomes constantes na Relação de prefeitos com contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE), a famosa ficha suja, que tanto tripudiaram em outras eleições. Inclusive, como a lista está em ordem alfabética e as iniciais dos nomes são “L” e “M”, estamos bem próximos na lista, nas paginas 6 e 7, como é possível conferir nesse link: http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tre-pe-lista-de-pareceres-previos-de-relacao-dos-prefeitos-que-tiveram-suas-contas-apreciadas-e-rejeitadas-pelo-orgao-competente-nos-08-anos-anteriores-ao-pleito-de-2018

"E caso reste alguma dúvida do impedimento do referido pré-candidato, o STF também proferiu decisão sobre o assunto:


STF fixa regra para que só vereadores tornem prefeito inelegível por contas. http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/08/stf-fixa-regra-para-que-so-vereadores-tornem-prefeito-inelegivel-por-contas.html


Isso torna ainda pior a situação de Dudu, pois o mesmo teve as contas de 2010 rejeitadas pela Câmara de Vereadores, conforme notícia: Câmara de Capoeiras reprova pela segunda vez Prestação de Contas do ex-prefeito Dudu, exercício 2010. https://blogcapoeiras.blogspot.com/2014/03/camara-de-capoeiras-reprova-pela.html


Não entendo a insistência do mesmo em se lançar pré-candidato, pois está inelegível. Assim, vejo isso como uma tentativa de enganar o povo e, posteriormente, lançar um candidato laranja.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

EZANDRA: SÓ EXISTE BOM JORNALISMO COM CARÁTER


Aos 16 anos de idade a garanhuense Ezandra Ribeiro já tinha um ideal, uma vocação: ser jornalista.

Em 2004 ela começou sua trajetória no mundo da comunicação, com a capacidade de transmitir de maneira imparcial, real, os fatos do cotidiano da população. “Para mim jornalismo é uma paixão insaciável, que se alimenta dos imprevistos da vida e vive do imprevisível que a notícia traz”, revela.

Ezandra foi produtora da TV Assa Branca (afiliada da rede Globo), repórter e produtora Jornal Extra de Pernambuco, repórter da TV Jornal (afiliada do SBT), além de assessora de empresas privadas da cidade e várias prefeituras do Agreste Meridional. “Em cada lugar que passei nesses quase 15 anos de caminhada,  quanta coisa aprendi, quantas histórias contei. Sempre ouvi os dois lados das histórias que contei, pois acredito na verdade dos fatos”, disse a jornalista.

Ela destaca que na TV Jornal fez um trabalho que marcou,  pois lá pôde aprender um pouco de cada etapa do processo de uma matéria televisiva. “Eu mesma produzia minha pauta, filmava, fazia as entrevistas, textos e ainda passei um pouco pela edição. Experiência e aprendizado que não se paga. Agradeço a Deus pela minha jornada”, salientou.

Para Ezandra Ribeiro, jornalismo é uma missão: “Não há dúvidas para mim, esta profissão que foi escolhida com paixão. Verdade e ética é a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter. Sem caráter não há bom jornalista”, acredita.

Na sua avalição,  num mundo com tanta informação não se pode deixar de ter o cuidado da boa apuração, primordial para contar uma história, e nem deixar esse “sacerdócio” virar um moeda de troca.

“Vou continuar acreditando na profissão que escolhi exercendo com dignidade, verdade e com todos os valores que sigo das exigências divinas”, conclui.

UBER COMEÇA A OPERAR HOJE À TARDE EM GARANHUNS

O AMANHÃ, NO CASO, É HOJE

O sistema Uber, um serviço semelhante ao de táxi, só que bem mais barato, começa a funcionar em Garanhuns hoje à tarde.

Empresa já tinha entrado entrar na cidade antes, mas foi impedida por decisão da Câmara de Vereadores.

O Supremo Tribunal Federal, porém, decidiu favorável à empresa, que é de origem americana e está presente em diversos países do mundo e na maioria das cidades do Brasil,  de médio e grande porte.

Com a decisão do STF, a Uber pode agora operar em qualquer cidade do país, pois nem prefeituras, câmaras ou senado podem se sobrepor a uma medida determinada pelo Supremo.

Empresa ainda está cadastrando quem pretende trabalhar em Garanhuns e alguns, habilitados, começam a rodar hoje mesmo.

Uber promete rapidez, economia e praticidade, como faz em qualquer cidade do Brasil.

Para usar o serviço você vai a uma loja virtual baixar um aplicativo, que pode ser diferente,  dependendo da marca do aparelho celular ou iPhone. 

No Recife corridas de 15 km ou mais às vezes saem por menos de 15 reais.

Atualmente, em Garanhuns, um táxi roda menos de 5 km e cobra esse valor. Com o sistema Uber, um deslocamento desses deve ficar por menos da metade do preço.

DUDU DARÁ ENTREVISTA NA RÁDIO DE CAPOEIRAS


Ex-prefeito Luiz Claudino de Souza, conhecido popularmente como Dudu, estará nesta quinta-feira, dia 31, às 12 horas,  usando direito de resposta numa entrevista à Rádio Jovem Cap, daquela cidade.

Hoje outro ex-prefeito do município, Maurílio Rodolfo (Neném) falou na mesma emissora e fez críticas ao adversário político. Disse, inclusive, que ele está inelegível, por ter tido contas reprovadas na Câmara Municipal.

Dudu irá responder aos ataques do esposo da atual prefeita Neide Reino e esclarecer que pode ser candidato em 2020, segundo asseguram seus advogados.

Até o momento Capoeiras tem três pré-candidatos à prefeitura para 2020: O próprio Dudu (PL), o ex-deputado Carlos Batata (Avante) e Joaquim Teixeira, o Nego do Mercado (PSB).

LUIZINHO ROLDÃO CAUSA REBULIÇO AO FALAR SOBRE SAÚDE


Luizinho Roldão gravou um vídeo, que está sendo divulgado nas redes sociais, em que faz críticas ao Governo Municipal em relação ao setor de saúde.

No vídeo, o ex-gestor do Bolsa Família, que até há pouco tempo foi assessor da vereadora Betânia da Ação Social e se desligou do gabinete para cuidar de sua pré-campanha política, revelou que existe um memorando da prefeitura proibindo a realização de diversos exames pelo município, como endoscopias, ultrassons e similares.

Segundo Luizinho, o Governo Municipal está devendo em diversas clínicas e até no Hospital Infantil Palmira Sales, na Boa Vista. “Será que vão deixar quebrar o hospital das freiras?”, questiona em um dos momentos de sua fala,  o pré-candidato, filiado ao PC do B.

Vídeo causou um verdadeiro rebuliço na cidade, com forte repercussão nas redes sociais. Somente na página de Roldão,  no Facebook,  já foi visualizado por mais de 20 mil pessoas, sendo compartilhado por 214 garanhuenses e recebeu 55 comentários.

A  maioria absoluta dos internautas concorda com o conteúdo do vídeo e faz reclamações sobre o sistema de saúde do município.

Secretária de Saúde de Garanhuns, Nilva Mendes, que é uma pessoa séria e dedicada ao serviço, convidou Luizinho à Secretaria, para esclarecer os fatos e “mostrar toda a verdade”.

Segundo ela, é preciso a população saber também que o Governo do Estado está devendo dinheiro à prefeitura.

Luizinho revela no vídeo os valores repassados pelo Governo Federal à prefeitura, dinheiro segundo ele suficiente para atender a demanda. “A prefeitura também deve ao Governo de Pernambuco. A UPA presta serviços ao município e está sem receber. O valores que um deve ao outro se equiparam”, disse ele, contatado pelo blog.

Abaixo, alguns dos comentários feitos por garanhuenses a respeito da fala de Roldão, respeitando ao máximo o modo como as pessoas se expressaram:

Ana Paula Vieira -  Não sei pra que tanto posto de saúde e só a consulta mesmo porque medicamentos não tem na farmácia Central. Faz quase um ano que não pego remédio controlado por que não tem. Cadê a verba da saúde?  É uma vergonha um paciente precisa ir até Caruaru ou Recife para poder fazer um exame de ultrassonografia

Iêda Augusto -  Infelizmente minha irmã pediu requisição para ultrassom de abdômen total, voltou pra trás que a prefeitura não cobre o custo, foi pedida uma endo e a médica tinha que saber o motivo pra primeiro passar, pois tinha que dar explicação, para poder ela passar, exigência da secretaria, não podemos nem nos prevenir, tá um descaso Garanhuns mesmo, as clínicas particulares é quem ganha, será que o prefeito não tem uma clínica laranja em Garanhuns, tô pra acreditar que a clínica dele ainda fuciona! Tá difícil de nos cuidar.

Fernanda Ferreira -  É lamentável o descaso com a saúde em nosso Brasil. Parabéns pela coragem.

Nélson Pereira -  A saúde pública nessa gestão de Isaías conseguiu ser muito pior do que nas gestões de Silvino e Luiz Carlos juntos.  Saúde Pública Municipal não existe em Garanhuns

Rosecleide Sousa - E a demora dos encaminhamentos chegarem nos postos de saúde?  O médico passa pra você voltar com 3 meses quando os encaminhamentos chega é com 8 meses ou mais se chegar né, tô esperando pra reumatologista faz mais de 6 meses.

Micheline Santos - Aí a maioria da população vai morrer à míngua pq são exames mais caros. Têm pessoas q mal têm o que comer.  É pedir a Deus pra não adoecer. Sinceramente um descaso com a população de Garanhuns isso é só aqui. Agora o que acho mais engraçado é que pra magia do natal tem verbas . Onde não tem necessidade de investir.   É lamentável!

ONG ADMITE ERRO E ATESTA SERIEDADE DE PREFEITO


ONG Liberdade-PE, que havia divulgado informação negativa a respeito do prefeito de Angelim, Douglas Duarte (PSB), reconheceu que houve um mal entendi e através de um representante, Marcelo Lapenda, enviou mensagem ao gestor praticamente se desculpando pelo erro.

Na mensagem, Lapenda atesta que tem informações sobre o trabalho probo (sério) desenvolvido pelo gestor angelinense e informa que qualquer dado comprometendo a o nome de Douglas será retirado do site da ONG.

Eis o texto do representante da Organização não Governamental:

Prefeito Douglas.

Me chamo Marcelo Lapenda.
Sou de Limoeiro e estou aqui representando a *ONG Liberdade-PE.*

Estamos a disposição para eventual mal entendido em relação ao ranking dos prefeitos divulgados pela Liberdade.PE na última semana.

Obtive pessoalmente excelentes referências do excelentíssimo gestor. Inclusive sobre sua probidade e bom trabalho a frente da prefeitura, pelo que pedi gentilmente que qualquer eventual menção hipotética que pudesse lhe trazer possíveis problemas fosse retirada do site.

Deixamos aqui nosso esclarecimento sobre o compromisso da ONG Liberdade.PE pela total imparcialidade das divulgações. Qualquer partido político não foi, nem por hipótese, tendenciosamente favorecido ou prejudicado.

O PSB, por exemplo, aparece até mesmo como bem classificado entre as melhores prefeituras.

Reforçamos nosso compromisso com a democracia e a imparcialidade das informações postadas.

Todas foram retiradas de órgãos oficiais ou de veículos de comunicação de massa de domínio público. Nada foi originado ou fabricado por nossa ONG. Apenas copiado. Com citação das fontes.

Torno a enfatizar nosso apoio e disponibilidade para sanar qualquer dúvida, inclusive para recebê-lo ou atendê-lo da forma como lhe for conveniente.

Cordialmente,
*OngLiberdadePE*

BOLSONARO AMEAÇA FECHAR A TV GLOBO



Irritado com uma reportagem do Jornal Nacional, exibida ontem à noite na TV, o presidente Jair Bolsonaro gravou um vídeo atacando a emissora dos irmãos Marinho. Chegou a usar palavrões, disse é perseguido pelo canal de televisão, comparando o jornalismo global a um esgoto.

Para completar, o presidente ameaçou não renovar a concessão da Globo, se estiver qualquer coisa errada na documentação. Na prática, se isso for feito, emissora terá de fechar as portas.

Reação de Bolsonaro é porque o jornal de maior audiência da TV brasileira divulgou na reportagem que o nome do presidente tinha sido citado num depoimento, feito na Polícia Civil do Rio de Janeiro, na investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Presidente disse que nunca teve motivo nenhum para mandar matar a parlamentar, esclarecendo que no dia do crime estava em Brasília, cumprindo seu trabalho de deputado, na época.

Na reportagem, a Globo também informou que Bolsonaro se encontrava na capital federal, no dia em que mataram Marielle.

*Foto: TV Foco