ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 30 de julho de 2019

GORDO E ZÉ DA LUZ COMEÇAM A POLÍTICA EM CAETÉS


Na maioria dos municípios da região avançam as articulações com vistas à eleição municipal do próximo ano.

Em Caetés, recentemente, o grupo de oposição promoveu uma palestra com a presença do vereador Jucelino, Bastião, Everaldo Ribeiro, ex-prefeito Zé da Luz, deputado federal Fernando Rodolfo e vice-prefeito Severino Gordo, que rompeu com Armando Duarte.

Encontro foi prestigiado por alguns populares e empresários da cidade. Segundo o Gordo, ficou demonstrado que a oposição está unida e forte e terá um só candidato à prefeitura, na disputa de 2020.

Hoje unido com a oposição, que tem como principal liderança Zé da Luz, prefeito de Caetés em três oportunidades, Severino Gordo no passado bateu pesado nos socialistas, no passado.

Em outubro de 2012, quando se elegeu para o primeiro mandato, o vice do prefeito Armando Duarte enviou a seguinte nota, publicada no blog no dia 26 daquele ano:


  1)    “Não vou usar uma sigla partidária para me esconder, porque quem fala são as pessoas e não partidos políticos;

  2)    Não preciso mentir e nunca menti para ganhar votos ou prestígio em política. Sempre falei a verdade e vou continuar falando, porque isso é do meu caráter e da minha personalidade e muito me honra;

  3)    Quando faço minhas denúncias sempre são baseadas em fatos reais, com testemunhas e provas, e muitos desses fatos vejo de perto porque moro e vivo no meio do povo de Caetés há 43 anos, que não é o caso dos que administram o município do Recife. Felizmente só até o dia 31/12/2012, graças ao valoroso povo de nossa cidade;

  4)    Há mais ou menos dois anos fiz uma denúncia ao TCE e ao Ministério Público de um desvio de recurso no valor de R$ 800 mil de uma obra denominada Pátio de Eventos. Na época falaram que era mentira minha, e agora o tempo e o aperreio deles prova o que sempre falei, a verdade; eles estão correndo para entregar a obra até dezembro, mas na verdade era para estar concluída dois anos antes;

 5) Eles foram covardes com o povo de Caetés nesses 4 anos, abandonaram o município, principalmente a zona rural e os setores de saúde e educação, além de desviar recursos para fazer campanha em Garanhuns. E estão sendo covardes neste final de mandato também: A promotoria convidou o atual prefeito e o prefeito eleito, Armando Duarte, e Aercio se acovardou, como sempre e não veio;

  6)    Não preciso fazer denúncias para ganhar votos, porque quem ganhou a eleição do dia 7 de outubro fomos nós, Armando Duarte e Severino Gordo;

  7)    Convido todos os leitores desse blog pare lerem os comentários do povo de Caetés na reportagem onde o PSB tenta me questionar com mentiras, aliás não o Partido Socialista mas aqueles que escondem por trás da sigla do PSB.

  8) Que conversa é essa que os Sampaio construíram Caetés? Quem construiu Caetés foi seu povo, os que aqui nasceram, vivem e trabalham e investem no município. Em 20 anos do reinado dos Sampaio a marca maior deles foi a corrupção, perseguição e abandono do município;

  9) Nunca precisei me esconder atrás de sigla partidária, sou independente e tenho minhas opiniões, mas isso não quer dizer que sou dono da verdade; faço parte do PSDB que apóia Eduardo Campos, meus deputados Claudiano Filho e Sérgio Guerra são amigos do governador e nunca usei isso para pedir votos ou levar vantagem;

  10) Essa história que depois da nossa vitória os eleitores fizeram baderna é mentira, porque nosso povo é da paz e ordeiro. Teve um episódio no dia da eleição, da parte deles, que poderia ter terminado em tragédia não fosse nossa tranqüilidade e responsabilidade: depois da vitória fizemos uma caminhada com centenas de pessoas e eles, os perdedores, fecharam uma das ruas para impedir a passagem e o que fizemos foi desviar para evitar o confronto;

  11) Você que não tem coragem de assinar a sua nota e se esconde atrás de uma sigla partidária não tem o direito de chamar nossos eleitores e políticos de marginais e bandidos porque você sabe muito bem quem dá apoio a bandidos e marginais em Caetés. De uma coisa eu tenho certeza: não é gente do nosso grupo.

     ASSINADO: SEVERINO JOSÉ DOS SANTOS (SEVERINO GORDO)

Um comentário:

  1. Severino Gordo se contradiz muito e jamais será considerado um nome forte para qualquer disputa futura em Caetés! Acompanho suas postagens em redes sociais e não deixo de comentar. Iniciei uma discussão com ele a respeito da atuação de um vice-prefeito e não obtive resposta consistente. Ele vive aos quatro cantos da cidade apontando erros na gestão de Armando(E faz isso só agora, sete anos depois de serem eleitos) e tenta se eximir de tudo. Se um vice não participa do governo, afinal o que ele faz? Fica recebendo seu salário altíssimo apenas para esperar que surja uma oportunidade para substituir o prefeito? Como cidadão que exerce as responsabilidades eleitorais em Caetés eu exijo respostas.

    ResponderExcluir