Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sábado, 16 de fevereiro de 2019

MINISTRO PODE CAIR. POR NÃO SER MENTIROSO


Presidente Bolsonaro e ministro Bebianno

O Governo Bolsonaro é instável, ou caótico, como definiu hoje um jornalista da Folha de São Paulo.

Secretário Geral do Presidente, ministro Gustavo Bebianno, esteve para cair, no início da tarde passada foi noticiado que ele permaneceria no cargo e no final do dia já se tinha como certa a sua demissão.

Segundo Josias de Souza, colunista da Folha, a saída do ministro não será por conta das suspeitas de criação de laranjas para desviar dinheiro do fundo partidário e beneficiar o PSL na eleição de 2018.

O motivo, agora, é porque Bebianno teria vazado áudios (inclusive para o Grupo Globo), provando que teve conversas com o presidente Jair Bolsonaro.

Assim, o ministro prova que não é mentiroso, como o classificou o vereador Carlos Bolsonaro e por ter dito a verdade vai ser punido.

A expectativa é que na próxima segunda-feira deixe a Secretaria Geral da Presidência da República.

Antes mesmo de sair, já está atirando.  Pela imprensa chamou o Messias de “desleal” e “traidor”

Nunca, antes, na história desse país, um ministro foi tão contundente ao criticar o presidente da República, de quem é subordinado.

Um governo que mal começou está paralisado, é uma crise atrás de outra, cada ministro parece empenhado em criar problemas para o presidente, em especial Damares (aquela que conversou com Cristo num pé de goiaba), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e o colombiano Ricardo Veléz Rodrigues, o que numa entrevista à Revista Veja avaliou o brasileiro geral como um canibal, capaz de roubar em qualquer lugar quando viaja, seja no avião ou no hotel.

Nesse contexto conturbado, quem aparece como homem racional e de bom senso é o general Hamilton Mourão.

Antes radical, ele agora é moderado e capaz de defender pautas da dita esquerda. Até a favor do aborto ele já se posicionou, irritando a enorme banda evangélica do governo, sem necessariamente ganhar a simpatia das feministas.

É um governo que segue como uma nau à deriva, com pouca gente disposta a defendê-lo até agora, mesmo entre os aliados.

E quando alguém tece loas à gestão federal o faz muito mal, como a deputada federal Janaína Pascoal, que ao elogiar a administração de Bolsonaro disse que um dos feitos do novo governo foi fazer com que 580 mil brasileiros deixassem o bolsa família espontaneamente.

O mais provável é que as bolsas tenham sido cortadas, pois a situação está tão ruim, que mesmo 100 ou 200 reais do programa social faz uma falta tremenda na mesa do pobre.

Enfim, esperemos até segunda para ver se Bebianno fica ou sai.  No Brasil atual, com Deus acima de todos, é possível até que o ministro permaneça ou, se deixar o cargo, seja anunciado como nova contratação do Flamengo, que está precisando de um homem habilidoso para administrar as divisões de base, onde garotos andam morrendo por pura negligência do clube.

Como Bolsonaro é torcedor do Palmeiras, faz todo sentido Bebianno ir servir ao Flamengo, para ficar o mais longe possível do seu ex-amigo, que agora é chamado de “traidor”, de “soldado que atira pelas costas”.

Chamavam Dilma Rousseff de anta, porque ela se atrapalhava com as palavras e não tinha muita habilidade política, não aceitava as chantagens dos deputados federais e senadores.

E agora, vamos chamar o presidente de quê? De anto? Ou permanece como o Messias, o Mito?

*Texto do jornalista Roberto Almeida

3 comentários:

  1. A direita bolsonarista e a esquerda petralha se igualam. Aliás, Petralha não tem amigos: tem comparsas, cúmplices e quadrilheiros...

    P.S.: - E por falaR em desgoverno, quando se sacoleja a bolsa da ética e da honestidade da putada petralha imaginem o que é que sai lá de dentro...

    ResponderExcluir
  2. O pai mais os três filhinhos marginais são os Quatro Cavaleiros do Apocalipse brasileiro.

    P.S.: - Que tal à Globo contratar o RECRUTA ZERO e os filhos para substituir os Trapalhões... Oremos!!!

    ResponderExcluir
  3. EU ACREDITO QUE QUEM VAI SALVAR O GOVERNO RECRUTA ZERO SERÁ O EXCELENTE MINISTRO DA JUSTIÇA: SÉRGIO MORO.

    p.s.: - Na próxima terça-feira o destrambelhado governo que está pendurado no pincel vai ser salvo pela apresentação ao Congresso Nacional do bem elaborado projeto ANTICRIME do gabaritado ministro Sérgio Moro(TERROR DOS PETRALHAS!!!). O ótimo projeto visa endurecer as penas contra assassinos, líderes de gangues e corruptos... VAI SOBRA PRO PT, LULA E DILMA E POR TABELA PRO ADDAD!!!

    ResponderExcluir