Governo Municipal

Governo Municipal
Juntos por uma Grande Cidade

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 17 de abril de 2017

JACK PALANCE - ACREDITE SE QUISER!!!

Por Altamir Pinheiro

O ator norte-americano Jack Palance, nome artístico de Vladimir Palahniuk, um gigante de 1,93m de altura, que se vivo fosse estaria perto do seu centenário (morreu em 2006 aos 87 anos), célebre por seus papéis de "VILÃO" em Hollywood e vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante em 1991. Ele  nasceu na Pensilvânia. Antes de virar ator, foi lutador de boxe profissional. 

Palance se tornou conhecido no Brasil, o qual é lembrado pelo público e fãs pela atração "ACREDITE SE QUISER!!!" (Ripley's Believe It or Not!"), que exibia casos bizarros nos anos 80, na extinta TV Manchete. O sucesso foi tamanho que, à época, chegou até a ser contratado pela gestão da então prefeita petista Luíza Erundina para divulgar as ações da prefeitura paulistana, num comercial inspirado na série.

Um fato pitoresco acontecido com o ator grandalhão no começo do ano de 1992, quando foi receber a estatueta pelo papel do caubói Curly Washburn na comédia "AMIGOS, SEMPRE AMIGOS" (City Slickers, 1991). Palance surpreendeu os presentes na cerimônia ao fazer flexões com apenas um braço mesmo já tendo 73 anos na época. O caso rendeu uma piada de Jô Soares durante a entrevista que o apresentador fez com o ator americano, também em 1992. Jô propôs em seu programa que Palance fizesse "algumas abdominais". Palance respondeu no ato: "SE VOCÊ FIZER COMIGO..."

Como se vê, pelo nome de batismo como costumamos dizer ele tem ascendência ucraniana.  Falava fluentemente 6 idiomas: inglês, ucraniano, russo, espanhol, italiano e francês.  Possui uma estrela na Calçada da Fama, devido ao seu trabalho na TV americana, localizada em 6608 Hollywood Boulevard. Há quem diga que o bom  ator com semblante  severo, por ter sua face desfigurada se devesse aos golpes recebidos como boxeador que foi, mas na verdade a desfiguração foi causada por um acidente de avião, quando ele tomava aulas de pilotagem no ano de 1942, o que provocou sérias queimaduras. Jack Palance passou por diversas cirurgias plásticas para minimizar as marcas deixadas pelo acidente.

Jack Palance personifica esplendidamente o revoltado líder apache, criando um Toriano amedrontador. Palance que não sabia montar em cavalos feito Anthony Stefen,  em  O Último Guerreiro(faroeste de índio),  monta seu cavalo sem sela e até que se sai bem. Palance faria inúmeros outros bons westerns em sua carreira e receberia um Oscar de Melhor ATOR COADJUVANTE em 1991 justamente interpretando um cowboy no western-comédia “Amigos, Sempre amigos”. Nesse mesmo filme de índio o Último Guerreito(filme muito cruel), Charlton Heston interpretou Ed Bannon com visível má vontade, tendo declarado que este era um dos filmes que preferia não ter feito. Este tipo de atuação é que levou parte da crítica a considerá-lo um canastrão.

Outro grande papel de JACK PALANCE como ator coadjuvante foi ele interpretando FIDEL CASTRO, numa excelente  Biografia que mostra o papel fundamental de Ernesto "Che" Guevara (Omar Sharif) durante a revolução cubana. Che - Causa Perdida" (1969) foi a primeira biografia cinematográfica da Revolução Cubana. O filme mostra a trajetória do guerrilheiro na luta contra a ditadura, desde sua chegada à Cuba, passando pelos conflitos ideológicos entre ele e Fidel Castro (Jack Palance), até a hora de sua morte em uma emboscada na Bolívia.  

O filme em que JACK PALANCE interpreta o papel de Fidel Castro mostra a  Reconstrução ou a relação mantida por  Guevara e Fidel, a versão cinematográfica de Richard Fleischer tem a presença de Omar Sharif no papel-título. Desde a reunião dos dois líderes de suas diferenças até a saída da ilha por Che Guevara. Apesar de ter sido filmado em 1969, só apareceu no Brasil em 1975 em razão do regime militar vigente naquela  época. O filme  é uma revisão da história a partir de uma perspectiva americana, contextualizado nos anos após a presidência de John F. Kennedy e do incidente na  Baía dos Porcos.

Assista ao trailer  de  trechos exibidos como anúncio do filme CHE! – CAUSA PERDIDA -  que está sendo  projetado logo abaixo, tendo como pano de fundo uma excelente melodia de CARLOS PUEBLA, cantor, compositor e guitarrista, muito conhecido como   “El Cantor de la Revolución Cubana”, intitulada HASTA SIEMPRE COMANDANTE - Até Logo Comandante (Versão tradicional). Vale a pena conferir a seleção de 4 e 6 minutos dos vídeos abaixo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário