Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

ENGENHEIRO CIVIL É CANDIDATO A VEREADOR

Por Altamir Pinheiro (foto)

O ramo da engenharia é vasto, variado e abundante. Segundo a galera dos entendidos e capacitados, os chamados tampas de crush que esfregaram a bunda numa cadeira de universidade durante seis longos anos,  a engenharia propriamente dita  é a ciência e a profissão que deve absorver conhecimentos matemáticos, técnicos e científicos para aplicá-los no mundo em que vivemos, a fim de suprir nossas necessidades e favorecer o nosso desenvolvimento. Pois bem, um engenheiro deverá ser capaz de criar mecanismos, produtos, processos e estruturas para poder transformar recursos naturais e não naturais para satisfazer as conveniências humanas. Um profissional deste ramo deve apresentar uma visão aberta, critica, humanista,  e ecologicamente correta para poder absorver e desenvolver novas tecnologias localizadas com objetivo de solucionar os problemas em atendimento às demandas de uma sociedade tão carente como a nossa, que, muitas das vezes não se apercebe de determinados transtornos, como por exemplo trabalhos mal feitos que podem causar desde um pequeno choque em uma tomada até um desabamento de um prédio em qualquer cidade de qualquer país.

Diante da relevância e da valia do engenheiro e da engenharia no dia-a-dia de uma sociedade, indagamos: QUAL É A IMPORTÂNCIA DE UM ENGENHEIRO CIVIL NA POLÍTICA DE GARANHUNS?!?!?! Segundo o engenheiro civil, candidato a VEREADOR pelo nosso município, Hélio Faustino e qualquer outro colega seu, como é o caso de Paulo Camelo,  diria que, "A importância da engenharia é tão grande que se torna praticamente impossível pensar, nos dias de hoje,  na nossa Garanhuns, no Brasil e no mundo sem a  presença de um profissional deste quilate". Afirmaria com exatidão  o ex-secretário de obras e planejamento do governo Izaías, que deixou as respectivas secretárias, para concorrer a um merecido mandato de vereador na legenda do PTB, do qual, se destaca, como um dos favoritos absolutos a exercer uma vereança na futura composição da Câmara de Vereadores de Garanhuns a partir de janeiro de 2017. VIRTUDE E DIGNIDADE, HÉLIO TÊM DE SOBRA, PARA EXERCER O CARGO DE VEREADOR NA PRÓXIMA LEGISLATURA!!!

O que aconteceria de POSITIVO se o engenheiro civil, HÉLIO FAUSTINO, viesse (esperamos que seja!!!)  a se eleger VEREADOR de Garanhuns?!?!?! Ora!!!  convenhamos, o poder legislativo municipal e toda a comunidade ganhariam muito com a sua eleição a vereador, haja vista que na sociedade moderna, por ser um profissional gabaritado, com profundo conhecimento de causa,  Hélio seria um vanguardista, um acompanhador de obras, um inovador no que diz respeito a sua preocupação com as construções realizadas em nossa cidade, com o funcional, o social e o estético. além de em conjunto com seus pares, encontrar soluções que fossem  aceitáveis do ponto de vista da convivência harmoniosa no campo político, econômico, social e ecológico para o engrandecimento de Garanhuns e o fortalecimento do legislativo local. 

Não precisa ser nenhum mestre-de-obra, pedreiro ou  mesmo peão de construção, para constatar que o  engenheiro civil é, de longe, o profissional mais importante quando o assunto é estrutura. Só ele está habilitado a lidar com projetos e construções de edifícios, estradas, túneis,  barragens, pontes, pinguelas, bueiros, passagem molhada  e até acompanhamento de reforma e estrutura de aeroportos, como está previsto para o novo plano de aviação regional com a expansão, ampliação ou alargamento da pista e modernização do aeroporto de Garanhuns. Com seu conhecimento, um vereador-engenheiro escolhe e aconselha os lugares mais apropriados para uma construção, verifica a solidez e a segurança do terreno e do material usado na obra, fiscaliza o andamento do projeto e também o funcionamento e a conservação da rede de água e a distribuição de esgotos. POIS, QUEM SERIA O PARLAMENTAR ADEQUADO PARA NOS DAR SUPORTE EM TUDO ISSO, ORA RELATADO?!?!?! O FUTURO VEREADOR HÉLIO, CLARO!!!


Nessas últimas décadas, não me vem a mente, de ter havido algum engenheiro ocupado o cargo de vereador na Casa Raimundo de Morais, tudo isso fazendo com que ficássemos sem representatividade nesta esfera tão importante que é um profissional desse naipe no poder legislativo.  Isto, colocando em pauta, nessa grande importância na formulação de políticas públicas de engenharia que atendam as demandas vigentes em PROJETOS DE LEIS  para beneficiamento da sociedade como um todo que, muitas vezes, não saem do bonito papel por falta de um profissional para cobrar tais ações  que é de responsabilidade ou alçada  do poder executivo. Se não bastasse o engenheiro Hélio vir de família com tradição política, eis que chegou a hora para o eleitor que pensa Garanhuns e que quer um legislativo selecionado por pessoas capacitadas consolidar seu nome!!! AVANTE NESSA SUA NOVA VITORIOSA EMPREITADA, ENGENHEIRO!!! AVANTE FUTURO VEREADOR HÉLIO FAUSTINO!!! GARANHUNS VAI PRECISAR MUITO DOS SEUS PRÉSTIMOS NAQUELA CASA LEGISLATIVA!!!

5 comentários:

  1. RERRATIFICAÇÃO: - Dr. João Inocêncio, engenheiro civil, foi vereador por 4 anos da Casa Raimundo de Moraes, ainda neste Século.

    ResponderExcluir
  2. Esse é meu vereador 14014 o vereador da gente

    ResponderExcluir
  3. Excelente comentário, Altamir.
    Apenas gostaria de acrescentar, que a casa Raimundo de Moraes ficaria positivamente renovada e melhor representada com a presença de pessoas graduadas e tecnicamente capazes, como Hélio Faustino, também formado em Fisica, conhecedor das necessidades da nossa cidade.
    Torço para que ele seja eleito porque precisamos de pessoas competentes e honestas.

    ResponderExcluir
  4. Engenharia aplicada a politica sempre da em m...! Veja que todo esquerdista, é aquele tipo de gente que sonhava em ser engenheiro e manipular a matéria, mas como não tinha capacidade cognitiva para aprender a matemática necessária para ser Engenheiro intenta de entrar na política para manipular as pessoas. Daí nasceu a chamada Engenharia Social cujas técnicas tentam moldar as massas e são conhecidas por agir como o alfaiate que ao fazer um paletó que não cabia no cliente, começa a cortar partes do cliente para caber dentro do paletó.

    ResponderExcluir
  5. Esse rapaz quando quer escrever é espetacular. Parabéns Altamir, me convenceu nos seus argumentos e meu voto será do engenheiro civil. Concordo votar no 14014.

    ResponderExcluir