SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 26 de abril de 2013

O PETEBISTA POR ENQUANTO ESTÁ SOZINHO

Por enquanto o senador Armando Monteiro está fazendo campanha sozinho para ser governador de Pernambuco. Eduardo Campos, mais preocupado com a questão nacional, não sabe ainda que vai apoiar em seu Estado em 2014. Pode ser o próprio petebista, caso o seu partido fique no seu palanque na disputa pelo Palácio do Planalto. Caso as duas lideranças não se entendam o socialista poderá lançar o secretário Tadeu Alencar e fazer dele o Geraldo Júlio da eleição estadual. Existem outras opções, lógico, mas tudo está dependendo das articulações nos planos regional e nacional.

O PT está fragilizado em Pernambuco por conta do fiasco de Humberto e João Paulo na eleição do Recife, em 2012. Dificilmente encabeçará uma chapa em 2014 tendo condições de vencer o pleito.

Armando está mais do que certo em sua movimentação. Toda semana visita municípios do interior e vai fortalecendo o seu nome para o próximo ano. É um político sério, competente, um dos melhores quadros da burguesia, para usar aqui a expressão tão cara ao engenheiro Paulo Camelo.

Neste final de semana o senador visita Bom Conselho, Iati e Caetés. Não conversará somente com os prefeitos dessas cidades. Ao seu redor estarão lideranças de Garanhuns,  Brejão, Saloá, Terezinha, Capoeiras e outros municípios do Agreste Meridional.

No próximo ano, quando os outros candidatos vierem a se movimentar, Armando Monteiro poderá já estar com alguma vantagem.

Em política sempre há uma série de fatores determinantes para que um projeto seja viabilizado. Mas quem é candidato a alguma coisa precisa se expor, conversar com as lideranças, cumprimentar populares, pedir votos, afinar um discurso. Isso o líder petebista está fazendo.

Os outros ainda estão esperando por Eduardo Campos, pois não têm voo próprio, nem estrutura para bancar uma campanha de governador.

2014 tá logo ali. Tem Copa do Mundo no Brasil, eleição de presidente e governador de Estado. Vai ser um ano arretado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário