sábado, 18 de junho de 2011

TAÍS ARAÚJO TEM SEU PRIMEIRO FILHO

Taís Araújo (foto), uma das negras mais bonitas do Brasil, deu à luz o seu primeiro filho neste sábado, num hospital do Rio de Janeiro. O recém nascido, que deixou radiante a nova mamãe,  recebeu o nome de João Vicente. A atriz é casada com o ator Lázaro Ramos, o galã de cor da novela das 9h da TV Globo. Naturalmente ele também é só felicidade. Segundo o jornal Folha de São Paulo tanto a artista quanto o bebê passam bem.

5 comentários:

  1. GALEGÃO DOS OLHOS AZUIS19 de junho de 2011 01:18

    Ator de cor uma ova!!!!!!!!!!!!!! O negão Lázaro Ramos, Aliás, um ótimo ator!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre soube que apesar da grande simpatia que o Roberto Almeida nutre pelo PT, ele não tem alma petista. Roberto, você não está sendo politicamente correto. O ministério de integração racial pode processá-lo pelo crime de racismo. A Thais e o Lázaro Ramos não são negros, são afro-descendentes.

    Jocosidades aparte, este é o espírito que paira por estes tempos de políticamente correto, que leva à criminalização da homofobia a partir do projeto de 122, que mesmo com todas os remendos tentados ainda é um monstro legal. Minha luta contra o preconceito é grande, e por isso, com minha experiência mais de idade do que de cargos, sei que a elaboração de leis que criminalizam alguma coisa, só fazem o tiro sair pela culatra. Isto se dá com a política de cotas raciais, políticas de integração racial, passando pela criminalização de homofobia, e todas as outras ditas de discriminação positiva, que grande parte das vezes, dão um benefício em troca da desconfiança e aumento do próprio preconceito que se quer extirpar.

    É difícil passar pelo blog do Roberto sem que ele nos tire do nossa lazer, aqui em Gravatá, para fazer comentários, mas não dá para continuar. Este até o Einstein conseguirá ler até o fim. Não sei o Sr. Ccsta.

    Lucinha Peixoto (Blog da CIT)

    P.S.: O Roberto ainda chama o Lázaro Ramos de galão. Eu prefiro o Antônio Pitanga.

    LP

    ResponderExcluir
  3. A Lucinha está certísssima, já pensou chamar Taís Araújo ou Lázaro Ramos de branco ou morena (o) seria um absurdo, não? O politicamente correto às vezes é pura frescura.

    ResponderExcluir
  4. NÃO vi nenhuma ofensa por parte do Roberto! NEM preconceito algum! A raça é NEGRA mesmo. Ofensiva é a expressão: "Essa negrinha etc." Mas NÃO caracteriza racismo! É só ofensa. - Quanto ao Lázaro, houve um elogio: galã! - Dizer que é "de cor" sem tom de menosprezo ou em tom sarcástico, também NÃO ofende ninguém. - O mais é blá-blá-blá! 2. Quanto a esse "politicamente correto (!)", é um caminhão carregado de FRESCURA. Assim como é FRESCURA TODOS OS MODISMOS! Aqui se inclui a babaquice de "afrodescendentes" - Além de FRESCURA é FALTA de neurônios! - É ISSO./.

    ResponderExcluir
  5. hoje em dia se prega dizer afrodescendente em vez de negro. mas no próprio órgão maior de educação que é o MEC na hora de inscrição dos alunos para o ENEM as raças são classificadas em: Branca, preta ou amarela. retirando a questão racial de lado admiro o casal de atores pela sua discrição e simplicidade. foi de extrema elegÂncia e humildade terem colocado um nome simples e bonito.

    ResponderExcluir