domingo, 29 de julho de 2018

MORRE A CANTORA PERNAMBUCANA MARIA DA PAZ


Maria da Paz cantora pernambucana, natural de Jaboatão dos Guararapes, mas que morou na infância em juventude em Afogados da Ingazeira, morreu sexta-feira passada, em São Paulo. Ele teve seu corpo cremado, em Embu das Artes, na região metropolitana da maior cidade brasileira.

Ela iniciou sua carreira no município sertanejo e tornou-se conhecida nacionalmente, como compositora, cantora e intérprete.

Gravou 16 discos, com repertório de MPB e música regional, sempre assumindo suas raízes nordestinas.

Maria da Paz se apresentou em pelo menos uma edição do consagrado Festival de Inverno de Garanhuns.

Em 2004 a cantora foi indicada ao prêmio Grammy Latino.

Entre os trabalhos mais expressivos da artista estão “Dois Banquinhos e um Violão”, com clássicos de grandes compositores como Cartola, Pixinguinha e Luiz Gonzaga; “Ô Abre Alas”, com uma seleção das melhores marchinhas e frevos pernambucanos e nacionais; “Êxtase”, que traz uma seleção de canções músicas românticas como Proposta, El Dia que me Queiras, Casinha Branca e De Volta pra o Aconchego”.

Um dos seus últimos discos foi “Um Outro Baião”, um registro do ritmo consagrado por Luiz Gonzaga, com composições suas ou em parceria com outros autores.

Maria da Paz tinha uma voz grave, bonita, seu repertório sempre foi caprichado e era excelente intérprete da música brasileira.

Grande perda para Pernambuco e o Brasil. Afogados da Ingazeira,  que a artista adotou como terra natal, está de luto. 

Assista o vídeo de YouTube de Maria da Paz cantando "Súplica Cearense", um dos clássicos da música nordestina, tão conhecida nas vozes de Luiz Gonzaga, Elba Ramalho e Fagner.

*Foto no alto: Rádio Pajeú

Um comentário:

  1. ÓTIMA INTÉRPRETE!! ÓTIMA INTERPRETAÇÃO!! - LAMENTO pelo falecimento de Maria da Paz, aos 59 anos de idade!! - Faz muita falta ao nosso meio artístico, tão carente de bons valores!
    ( 2. "Súplica Cearense" - Composição de Gordurinha em parceria com Nelinho! Ambos uniram seus talentos e fizeram a música num camarim! E apresentaram ao vivo, num programa de TV, em 1960! – Visava a angariar recursos para as vítimas da seca no Nordeste brasileiro! – Foram vendidas cerca de 400 mil cópias! ) /.

    ResponderExcluir