SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

ESTUDANTE DE GARANHUNS CHEGA A GRANDE FINAL DA OLIMPÍADA BRASILEIRA DE PORTUGUÊS

Daiane de Oliveira, aluna do 8º ano “A” da Escola Municipal Professora Giselda Vieira Belo, juntamente com seu professor Arnaldo Gomes, conseguiram chegar a grande final da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”, realizada ontem (17), na cidade de Brasília (DF). Essa foi a primeira vez em que um aluno de Garanhuns, estudante da Rede Municipal de Ensino, conseguiu chegar tão perto da vitória em um evento como esse. Daiane não conseguiu a medalha de ouro, mas ganhou o reconhecimento de toda a cidade pelo seu esforço e grandioso talento.
O texto “Olhares sobre a Cidade das Flores” estava inserido no gênero memórias literárias e ganhou destaque entre os demais textos, pois trazia, em seu conteúdo, a memória de três diferentes gerações sobre a cidade de Garanhuns, no caso, da avó da aluna, da mãe e da própria Daiane. “Estou muito feliz por ter chegado até aqui. Conheci muitas pessoas e adquiri muitos conhecimentos a minha vida acadêmica. Não ganhei, mas já me considero uma vencedora por isso e agradeço muito ao meu professor Arnaldo e toda a minha escola pela torcida e incentivo”, comentou Daiane.
A secretária de Educação, Janecélia Marins, falou do orgulho em ter uma aluna da Rede Municipal na final da olimpíada. “É motivo de grande orgulho para a Educação Municipal de Garanhuns a participação da nossa aluna Daiane. É um reconhecimento ao gestor da escola, professor Alexandre, toda a equipe pedagógica, especialmente o professor Arnaldo, além de todos os que fazem a Secretaria de Educação pelo apoio e incentivo que vem dando a educação de Garanhuns. Parabenizo principalmente a aluna que transcendeu, através das letras, o conhecimento adquirido na escola”, frisou Janecélia.
A estudante ficou entre os dois únicos estudantes de Pernambuco que foram classificados, na categoria/gênero memórias literárias, para a etapa decisiva. Por ter chegado à final, a escola recebeu uma placa de homenagem. Daiane e o professor receberam um tablete, cada um.
Texto: Samara Pontes

Um comentário:

  1. Roberto, fiquei muito curiosa e gostaria de fazer a leitura desse texto.

    ResponderExcluir