terça-feira, 25 de dezembro de 2012

MARCELO JORGE RECONHECE ACERTOS NO NATAL

É fácil - facílimo, eu diria - criticar, apontar erros, falhas e encontrar culpados. Difícil mesmo para alguns é reconhecer os méritos de um grande trabalho, quando estes não fazem ou fizeram parte desta construção. Aqui vai uma saudação ao Presidente da CDL, Fernando Couto, aos líderes religiosos Bispo Dom Fernando Guimarães e Pastor Inaldo Peixoto, ao Prefeito eleito Izaías Régis, ao comunicador Luciano André e a todos os demais envolvidos na produção desse grande evento. O tão propalado NATAL ENCANTADO do Comércio de Garanhuns mostrou a grande força que o nosso comércio e seu clube de serviços, CDL, tem. A decoração, que timidamente começou a ganhar as ruas em novembro, ainda desacreditada pelos céticos de plantão, transformou as belas praças, avenidas e alamedas da cidade em um grande orgulho dos garanhuenses para seus passeios de natal e final de ano e para os visitantes, nativos ou não, mais um atrativo somado às belas paisagens – que apesar da estiagem – torna nossa bucólica cidade um oásis no Agreste. Algumas residências e prédios comerciais, além das igrejas, também se incorporaram ao clima iluminado e festivo de época e abrilhantaram ainda mais nosso natal. As apresentações artísticas em vários pontos da cidade, expuseram a essência da arte local, inicialmente com o Grupo Diocesano de Artes que abriu com muito encanto no Seminário São José o Natal Encantado. As apresentações dos Corais Presbiterianos e dos Grupos Católicos, ratificaram o verdadeiro sentido do Natal com a mensagem do nascimento do Redentor Jesus Cristo, que destoa da simplória mensagem dos panetones, presentinhos e do Papai Noel, apesar destes últimos elementos terem sua participação, após a mercantilização do Natal. Na Avenida Santo Antonio, a sonorização ambiente entoava cânticos e mensagens, gerando um clima acolhedor para quem por lá circulava. Creio que um dos pontos culturais fortes do Natal Encantado tenha sido as apresentações criativas do “Cantador de histórias”, Valdir Marino, que fez o Relógio das Flores girar sem pressa ao ritmo das suas cantorias e do seu universo brincante de bonecos, realizados todo o tempo sob a atenção do busto de Tavares Correia, que empresta seu nome àquela praça. Adultos e crianças se encantaram e creio que essa atração se confirme nos demais eventos. Aliás, porque não incluir sempre o Valdir Marino nos Festivais de Inverno de Garanhuns, de forma destacada, onde o mesmo possa contar/cantar a história de Garanhuns? No mais, vamos continuar acompanhando sempre o lado bom de Garanhuns e aguardar os bons ventos que devem soprar por barlavento* para 2013! (Texto do publicitário e radialista Marcelo Jorge. Na foto de David Melo o comunicador Valdir Marino no relógio de flores).

Um comentário:

  1. Como uma moradora apaixonada por GARANHUNS, A SUISSA BRASILEIRA, devemos agredecer de coração aberto e cheios do amor de CRISTO, que é o grande aniversariante, a todos que participaram direta e indiretamente para o GRANDE NATAL DOS SONHOS, e teremos muito mais a ver no futuro, eu acredito, o resto é inveja Roberta Almeida.

    ResponderExcluir