ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

IDEOLOGIA

Cazuza cantava: "Ideologia! Eu quero uma pra viver!" E alguns ou muitos pregam o fim das ideologias, escrevem/dizem que esse negócio de direita e esquerda acabou. Grande mentira. Estou cercado de ideologias. 

Nas pequenas cidades do Agreste a disputa não foi entre "bocas brancas" e "bocas pretas", foi entre os que defendem mudanças, governos do povo e os que desejam perpetuar privilégios. 

Em Garanhuns, Recife, São Paulo, no Brasil... A luta é ideológica. Quem transforma Lula no maior corrupto da história é a ideologia. A mesma que inocenta Fernando Henrique, Serra, Collor ou Sarney. Faz de Joaquim Barbosa o Batman brasileiro.

O Governo e o Clarín na Argentina travam uma luta ideológica. Assim como democratas e republicanos nos Estados Unidos. Os conservadores favoráveis ao comércio de armas, apesar do massacre de inocentes, os liberais querendo restringir essa prática. 

As ideologias estão impregnadas nos corações e mentes. Ligadas aos interesses da alma ou do bolso. Direita e esquerda travam uma batalha invisível, os primeiros conseguindo a adesão dos privilegiados de sempre e dos ignorantes, enquanto os ditos progressistas se perdem em querelas e contradições. 

Ideologia! Todo mundo tem uma pra viver! Ou para morrer... 

8 comentários:

  1. A realidade ensina que existem dois partidos a saber: os dos que comem e dos que querem comer. Simples assim. O resto é balela, pois todos, mas todos mesmo, ao assenhorearem-se do poder mandam as ideologias as favas.

    ResponderExcluir
  2. Luiz Carlos Araújo18 de dezembro de 2012 07:10

    Acredito que é de "retalho em retalho" que construiremos dias melhores, pautados em ideologias sim. São elas quem nos impulsiona ao crescimento. Desacreditá-las seria o mesmo que tentar parar o mundo e sua natural evolução. As idéias, os sonhos, as perguntas, as descobertas, são o que movimentam o mundo e todas baseadas em ideologias que, mais cedo ou mais tarde, farão parte desse grande aglomerado chamado sociedade. E cabe a ela, sociedade, dar o tempo e a oportunidade a boa parte delas, que escreverão a história.

    ResponderExcluir
  3. Já comentei esse tema aqui, e acho que inclusive com vc Tony Neto, A ideologia politica de hoje é CHEGAR AO PODER... A maior prova disso é a lista de políticos citada pelo Roberto Almeida acima.... Veja só, Collor e Sarney cabem tão bem na lista que contém FHC e Serra, como também numa lista em que estejam inclusos Lula e Dilma... Todos farinha do mesmo saco, num projeto de perpetuação do poder, mesmo que pra isso rasgue-se a cartilha de ideais...

    ResponderExcluir
  4. O poder sempre foi e sempre será o fim a que se propõe quase todas as ideologias, se não, não faria muito sentido. Exceção ao anarquismo. O problema é que, infelizmente, guardadas as devidas exceções, é o poder pelo poder, simplesmente. Daí, eu só posso concordar parcialmente com vc meu caro

    ResponderExcluir
  5. José Calado Cordeiro18 de dezembro de 2012 07:13

    Certa vez me perguntei por que direita e esquerda, descobri que no período da monarquia havia a bancada que ficava à direita do rei e da esquerda, porem ambas se curvavam ao veredito do monarca. Vivi no período das ideologias, no final dos feudos e o surgimento do capitalismo da livre iniciativa e do capitalismo estatizado ou comunismo. Hoje vivo o período da globalização , vi a queda do moro de Berlin na tv. O desmantelo da união sovietica , a coca cola na china e o BRICS. sustentando o mundo . Ideologia contra o neo liberalismo não foi parida ainda, porém existem os saudosistas do bi partidarismo , o partido do sim e o outro do sim senhor. direita e esquerda do general.

    ResponderExcluir
  6. Enfim, a discussão é ampla e abrangente....

    ResponderExcluir
  7. Abrangente e cheios de conceitos antagônicos e conflitantes, cercado valores e ações que apequenam o ser humano

    ResponderExcluir
  8. Luiz Carlos Araújo18 de dezembro de 2012 07:15

    Acredito que é de "retalho em retalho" que construiremos dias melhores, pautados em ideologias sim. São elas quem nos impulsiona ao crescimento. Desacreditá-las seria o mesmo que tentar parar o mundo e sua natural evolução. As idéias, os sonhos, as perguntas, as descobertas, são o que movimentam o mundo e todas baseadas em ideologias que, mais cedo ou mais tarde, farão parte desse grande aglomerado chamado sociedade. E cabe a ela, sociedade, dar o tempo e a oportunidade a boa parte delas, que escreverão a história.
    (Via Facebook)

    ResponderExcluir