sábado, 14 de julho de 2012

ANTÔNIO JOÃO PODE DAR A VOLTA POR CIMA

Antônio João Dourado errou, ao tentar entrar em Garanhuns de forma atabalhoada, mas não errou sozinho. O socialista foi incentivado pelo governador Eduardo Campos e contou no início com o apoio de algumas lideranças que acreditavam em suas possibilidades, como o prefeito Sandoval Cadengue, o empresário Adolfo Lopes, o gestor da GRE, Paulo Lins, e um pouco depois o vereador Gersinho Filho e o prefeito Eudson Catão.

O governador e então prefeito de Lajedo não contaram, certamente, com a forte reação da classe política, da mídia e de amplos setores da sociedade garanhuense. Para completar, houve aquela lambança, com declarações infelizes que foram gravadas e divulgadas nos meios de comunicação. Até hoje as críticas às famílias, aos médicos e aos promotores fazem estragos na imagem de Antônio Dourado. Recentemente, no consultório de um respeitado profissional da área de medicina aqui na cidade, percebi um tom de revolta dele, ao falar do socialista. E esta pessoa não tem ligações com os políticos.

Isso, no entanto, é passado. Antônio João continua prestigiado pelo governador e vai ter participações importantes nas campanhas de Lajedo, Recife e pode contribuir também com Garanhuns. A população não o aceitou como candidato, porque chegou de última hora, mas não tem nada demais que dê opiniões e participe de algum ato político do candidato apoiado pelo PSB, o deputado Izaías Régis.

Caso Dourado consiga eleger o filho em Lajedo e o petebista vença em Garanhuns, o socialista tem tudo para dar a volta por cima. Poderia ser, como estão especulando, candidato a deputado federal e seria uma opção para a região. Melhor que alguns "estrangeiros" que só aparecem de quatro em quatro anos.

Se concorrer à Câmara Federal e tiver Lajedo e apoios em Garanhuns e outras cidades da região, Antônio João tem chances de chegar lá. Ainda mais que deve ter no senador Armando Monteiro, seu primo, e no governador Eduardo Campos dois aliados nesse projeto.

Veja como é interessante e dinâmica a política: O mesmo Dourado que não foi assimilado para ocupar o cargo de prefeito de Garanhuns, pode vir a ser uma alternativa no município e na maior parte do Agreste Meridional como candidato a deputado federal.

Alguns médicos e promotores, assim como Givaldo Calado e outros garanhuenses, nunca vão lhe perdoar. Mas a massa pode muito bem esquecer seus erros, seus pecados e lhe permitir voos mais altos a partir de 2014.

8 comentários:

  1. É Roberto!
    A política é exatamente como dor de menino. "A mulher pariu, a dor sumiu" (sabedoria popular). Realmente não seria ruim para o Agreste Meridional ter AJD com candidato a Deputado Federal, pois apesar de tudo, ele ainda é melhor de que estes pára-quedistas que aqui aparecem de quatro em quatro ano. Acho que o povo de Garanhuns não tem amor pela sua terra, haja vistas que nas ultimas eleições todos os candidatos a deputado (Federal e Estadual) tiveram votos aqui na Suíça Pernambucana, primeiro sinal, de que os eleitores não estão preocupados com o progresso e desenvolvimento do município.
    Sales/Garanhuns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OU CRIANÇA CRESCIDINHA QUEM É VC PARA SABER O QUE É MELHOR PRA NOSSA TERRA.

      Excluir
  2. MI DISCULPE CARO ROBERTO ALMEIDA, MAS QUANDO SE TRATA DE DEPUTADOS ESTRANGEIROS, O ENTÃO DEPUTADO MARCO ANTONIO DOURADO IRMÃO DO EX.PREFEITO ANTONIO JOÃO DOURADO AMBOS DE LAJEDO TAMBÉM, ESTA INCLUSO NESTE PACOTE, POR QUE ESSE SIM SÓ APARECE DE QUATRO EM QUATRO ANOS E MAIS MOSTRE QUAIS INDUSTRIAS ELE CONSEGUIU TRAZER PARA SUA CIDADE NATAL LAJEDO.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...............

    ResponderExcluir
  3. Garanhuns preste a se tornar um dos maiores distrito, ou seja, distrito da cidade de Lajedo. Nossos representantes na Assembléia Legislativa será o Deputado Marco Antonio Dourado, e na Federal o Sr. Antonio João. Parabéns, Garanhuns.

    ResponderExcluir
  4. Espero que Garanhuns não se preste a isto,torna-se um distrito de Lajedo.Se o deputado Izaías Régis for nos submeter a isso,é o caso de repensarmos nossos votos.porque os Dourados quando entram no poder não soltam o osso por nada.Os monarcas de Lajedo são tiranos.vice com eles não tem direito a opinar.sucessor só da família ou laranja sem direito a escolhernem mesmo o secretariado.espero que Garanhuns tenha homens e mulheres independentes.Mais um motivo para votar em Silvino, pois é um homem que sabe se impor.

    ResponderExcluir
  5. AJD ESTÁ DIZENDO EM LAJEDO QUE DESISTIU DA CANDIDATURA EM GARANHUNS, PARA APOIAR A FAMÍLIA LAJEDENSE.MAIS QUE CARA DE PAU, FOI LEILOADO E AINDA QUER FAZER O POVO ACREDITAR QUE DESISTIU.POR AÍ VCS IMAGINEM O QUE O CARA DE PAU É CAPAZ.SUBSTIMA A INTELIGêNCIA ALHEIA.PENSE EM UM DITADOR, HUGO CHAVES É APRENDIZ.

    ResponderExcluir
  6. Roberto tu não falou do apoio de Mário Faustino a Antonio DOURADO, sei que não é lá essas coisas; mas é bom lembrar de que lado estava o POCA URNA do Boca Fria, é bom ficar de olho. Beto .

    ResponderExcluir
  7. José Fernandes Costa14 de julho de 2012 23:48

    Já que os médicos não perdoam Antônio Dourado, é problema dos médicos. - Se Dourado disse que existe máfia ou quadrilha no meio médico, NÃO mentiu. - Onde anda a máfia do botox? E a máfia dos "cirurgiões da estética"? - Dos cursinhos de fim de semana para médicos que nem sequer fizeram residência médica e se "especializam" fazendo cursos de fundos de quintal para fazerem "cirurgias estéticas". - Notem que para ser cirurgião plástico são necessários muitos anos de estudos, após a graduação em medicina. - Quanto a promotores e procuradores, Demóstenes Tores e o irmão deste, Benedito Torres, também são procuradores. - Benedito Torres é procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás. - E, prevalecendo-se do cargo, interferia em favor das bandidagens do irmão Demóstenes Torres com o contraventor Carlos Cachoeira./.

    ResponderExcluir