ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

GOVERNO DE JUPI APOIA A AGRICULTURA FAMILIAR



Governo Marcos Patriota, em Jupi, vem dando forte apoio à agricultura familiar no município.
Através da Secretaria de Agricultura, a gestão realiza um programa chamado de Central de Negócios.
A iniciativa tem gerado importante retorno econômico para os agricultores envolvidos.
Desde do início do projeto já foram comercializados mais de 10 mil pés de alface.  Toda semana o programa se intensifica e aumenta a saída dos produtos, isso porque os proprietários em sua grande maioria estão iniciando suas produções e organizando suas escalas.
O diretor, da Secretaria,  Luiz Ricardo,  explica que a meta é chegar a venda de 50 mil pés de alface por semana.
A comercialização será feita até dezembro e a partir daí,  ao completar 12 meses de entrega,  será injetado na economia local cerca de 4,2 milhões de reais, direto para o agricultor.
Esse programa dinamiza o município como um todo, pois todos saem ganhando, os agricultores vendendo mais, ganham dinheiro e gastam no comércio local gerando desenvolvimento.
Os trabalhos não param, além da alface produzida, a meta é inserir também na produção outros legumes como tomate, chicoria, cenoura e cebola seca, para comercialização junto a rede de fast food mais conhecida do mundo, o McDonald's.
A ideia do programa é fechar a comercialização, e posteriormente identificar os agricultores com perfil e capacita-los para produzir com a venda garantida e monitorar os trabalhos.
Além da comercialização o Programa Central de Negócios visa também buscar novas tecnologias como insumos para os agricultores adquirirem com o custo menor e assim poder diminuir seus custos de produção.
Dentro do pacote do Programa Central de Negócios existe a realização de Análise de Solo, Plantas e Água que os produtores podem solicitar à Secretaria.
Os trabalhadores fazem seus cadastros, à Secretaria manda um técnico na propriedade coletar o material e já capacita o produtor ensinando ele a coletar, e encaminha para os laboratórios, trazendo os resultados e as recomendações necessárias para cada situação, o custo do produtor fica apenas a despesa do laboratório. Todo o processo de coleta correta, orientação, levar e trazer de todos os laboratórios de Recife, a recomendação fica a cargo do Município.

*Texto e fotos de Guilherme JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário