Festival Viva Dominguinhos

Festival Viva Dominguinhos
A valorização da música regional

quarta-feira, 19 de abril de 2017

JOHNY NEGA TRABALHO NA PREFEITURA DE CARUARU

Depois de dois dias da publicação da notícia de que Johny Albino (PPS) estava trabalhando na administração de Raquel Lyra (PSDB), graças a amizade pessoal que tem com a prefeita de Caruaru, o próprio representante do Partido Popular Socialista em Garanhuns resolveu divulgar uma nota desmentindo a informação. Segundo ele, quem passou os dados “agiu de maneira indigna e mentiu, levando o jornalista a ingenuamente a confiar na fonte".

A pessoa que comentou o fato com o blogueiro disse que o próprio Johny tinha lhe informado do trabalho em Caruaru.

Como achamos que ocupar um cargo no Governo de Raquel Lyra é honroso para qualquer homem público, publicamos a notícia acreditando na sua veracidade e sem imaginar que estávamos causando qualquer constrangimento ao representante do PPS.

Relembramos na matéria publicada que existem arestas entre a prefeita de Caruaru e o governador de Pernambuco, mas é claro que John Albino não tem nada com esses desentendimentos, que inclusive podem ser passageiros, afinal de contas os políticos uma hora estão de um lado, outra hora de outro, sempre de acordo com seus interesses.

Abaixo a nota de Johny, na íntegra, negando a sua participação no Governo Raquel Lyra:


Eu, Senivaldo Rodrigues Albino, conhecido como Johny Albino, venho, por meio desta nota, esclarecer que a nota publicada neste Blog, do Jornalista Roberto Almeida, informando que estou trabalhando em Caruaru, com a prefeita Raquel Lyra, É INTEIRAMENTE FALSA, o que torna essa “fonte” que informou essa mentira despudorada, indigna de acatamento, principalmente por parte do responsável pelo Blog, que certamente confiou e ingenuamente a publicou.

Nota-se, nitidamente, que a informação, totalmente inescrupulosa, sobre mim, partiu de uma pessoa ardilosa, que em sua demência, esqueceu o conhecidíssimo adágio que diz: “a mentira tem perna curta”.

Além da notícia equivocada sobre eu estar trabalhando com Raquel Lyra, a tal “fonte”, que tenta induzir que eu poderia estar contra o governador Paulo Câmara, tece comentários sobre a prefeita de Caruaru, provavelmente com segundas intenções.

No final da ultrajante nota da “fonte” impostora, há uma observação, com intuito desmedido, dizendo “que fui eleito vereador, mas que a Justiça Eleitoral impugnou meu direito de assumir o cargo”. Isso realmente aconteceu, mas seria sensato ressaltar que por causa dessa decisão, espantosamente a Câmara de Garanhuns ficou sem nenhum representante de oposição.

Quanto a isso, devo dizer que realmente fui eleito pela coligação PPS/PSD, mas que a mim foi aplicada uma punição INJUSTA, já que outros candidatos, em situações piores, que nem se quer se afastaram dos cargos, não sofreram nenhuma pena.

Fica, portanto, inscrito nesta minha NOTA DE ESCLARECIMENTO, que não trabalho para a prefeita Raquel Lyra tampouco na Prefeitura de Caruaru, como também registro aqui minha REPULSA à nota maliciosa, que NÃO TRADUZIU A VERDADE.


Garanhuns, 18 de abril de 2017


Johny Albino

*Na foto reproduzida dos arquivos do blog de Carlos Eugênio, Johny Albino, o governador Paulo Câmara e o ex-vereador Sivaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário