Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ÁLVARO PORTO RETOMA DE VEZ À OPOSIÇÃO

Horas depois de se retirar da votação do projeto de lei do aumento dos PMs, por entender que houve desrespeito ao regimento da Assembleia Legislativa, nessa terça-feira (14.02), deputados da bancada de oposição se reuniram para traçar agenda de contraponto ao Governo de Paulo Câmara. 

Em jantar na residência de Álvaro Porto (PSD), decidiram que é preciso reforçar as ações neste momento em que, segundo eles, Pernambuco atravessa desafios de toda ordem sem que o Palácio do Campo das Princesas consiga apresentar soluções satisfatórias às demandas da população.

A meta é que, a partir de um trabalho conjunto e coordenado, a bancada fortaleça a independência necessária à Casa e aponte caminhos e soluções para os problemas que considerem neglicenciados pelo Governo Estadual.   

Uma das iniciativas é instalar um "todos por pernambuco paralelo e real",  mostrando à população que muitas das limitações atribuídas pelo Governo à crise decorrem, na verdade, de equívocos, de má gestão, de morosidade e da inexistência de prioridades. 

Cada região a ser visitada pelo projeto Todos por Pernambuco será radiografada para mostrar que existe uma grande distância entre os discursos oficiais e os resultados práticos na vida das pessoas. Obras paralisadas, precariedades de serviços, promessas e programas não cumpridas serão elencadas e informadas à população.  

O jantar foi idealizado por Porto, que, mesmo integrando um partido da base governista, está alinhado com a oposição. Compareceram ao encontro, Augusto César (PTB), Bispo Ossésio (PRB), Edilson Silva (PSOL), Joel da Harpa (PROS), Júlio Cavalcanti (PTB), Odacy Amorim (PT), Priscila Krause (DEM),  Sílvio Costa Filho (PRB), Socorro Pimentel (PSL), Teresa Leitão (PT) e, naturalmente, o anfitrião, Álvaro Porto. José Humberto (PTB) e Paulinho Tomé estavam fora do Recife.


No encontro foi acertado que reuniões mensais serão realizadas como forma de afinar decisões e condutas. Estratégias para guiar o cotidiano de embates começaram a ser discutidas e devem ser amadurecidas e ajustadas de acordo com a demanda surgida na Assembleia

Nenhum comentário:

Postar um comentário