GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

A SEGUNDA-FEIRA DE CARNAVAL EM GARANHUNS


Aquilles Soares, texto e fotos

Os foliões do bairro Boa Vista receberam a tradição do carnaval de rua na tarde desta segunda-feira (27). O palco montado na Praça Dom Pedro II atraiu diversos moradores para conferir a programação marcada pela irreverência e pluralidade. Já o Parque Musical, localizado Parque Euclides Dourado, ofereceu jazz e blues em um repertório instrumental.

Na Boa Vista, os garanhuenses da Legião Brasileira do Samba deram início aos shows. Ao todo, oito integrantes fazem parte do grupo, que tem à frente o vocalista Diego Maldonado. Para animar o público, um repertório que trouxe os grandes sucessos do pagode durante a década de 90. A folia também atendeu a diversidade de gêneros caraterística do carnaval. A segunda atração foi o Grupo Folclórico Pé na Roça, que por meio da dança percorreu desde elementos indígenas até o tradicional frevo do período de momo.

Em seguida, foi a vez da Escola de Samba Unidos de Santa Terezinha desfilar pelas ruas do bairro com muita alegria. A agremiação teve origem há quatro anos, sendo formada por integrantes de diversos bairros de Garanhuns. O folião Anderson Rodrigo veio acompanhado da família e amigos para conferir os shows. "Eu também sou músico e me apresentei no Polo Magano que foi muito bonito. Agora estou aproveitando a folga para curtir o feriado com os amigos e estamos tendo um carnaval de paz", declarou.

Com muito frevo, a Orquestra do Boneco Doido e a Jeguinha Pocotó fizeram o público dançar ao som dos grandes sucessos do ritmo pernambucano, a exemplo das clássicas composições do músico Capiba. Encerrando a programação da segunda-feira com muito estilo, a banda Makette Brasil trouxe um repertório eclético com sucessos da atualidade. Os shows do palco continuam nesta terça-feira (28), a partir das 14h, com apresentação da Orquestra Metais no Frevo, Escola de Samba Unidos de Santa Terezinha e Grupos Carnavalescos dos Cras Heliópolis e Iati; e finalizando tem show da cantora Kiara Ribeiro.


Parque Musical - A programação no Parque Euclides Dourado recebeu a apresentação intitulada Instrumental Jazz Blues, com os artistas Marcos Cabral, Lourinho, Fábio Alladin, John Arislan e Sérgio Marcos. O polo é uma opção mais tranquila para aqueles que não querem agitação durante o carnaval. O casal Antônio Cláudio da Silva e Maria Heronides veio do município de Pesqueira com o intuito de aproveitar a calmaria do Parque. “Este é o terceiro ano que viemos para Garanhuns durante o período carnavalesco, já que não gostamos muito da agitação da nossa cidade. O parque foi uma opção excelente para nós”, disse Antônio. A programação do Parque Musical segue amanhã (28), com o show pop rock acústico da cantora Geiici Gomes.


2 comentários:

  1. Não sei como alguns administradores não conseguem enxergar a relevância cultural que é o carnaval para os brasileiros.Respeitamos alqueles que não gostam do carnaval,mas convenhamos é uma festa popular e que nenhum prefeito ou governador ou presidente tem poder de falar pelo menos uma vírgula contra essa manifestação popular brasileira.Nem o Marcelo Crivela do Rio de Janeiro aonde acontece o maior carnaval do mundo na Marquês do Sapucaí.Desfile com alegorias e milhares de pessoas que assistem no mundo todo aplaudem e riem e assistem pela televisão e a internet.

    Que é o maior espetáculo do mundo não resta a menor dúvida disto.Acertou em cheio o Prefeito de Garanhuns quando resgata o carnaval da suíça pernambucana proporcionando a centenas de pessoas jovens , crianças e adultos que não podem e não tem condições financeiras de sair de Garanhusn para brincar carnaval fora de sua terra natal.No mínimo um folião desse ao sair de sua cidade gasta em torno de R$ 200,00.

    ResponderExcluir
  2. Garanhuns assim como o Recife e tantas outras cidades do Brasil jamais deveria abandonar a festa folclórica e popular.Muitos jovens na sua maioria não tem hoje as mínimas condições de brincar o carnaval ficando apenas na saudade e na recordação.

    Eu vi duas escolas puxarem um arrastão com os estudantes,homens e mulheres,um carro de som totalmente despreparado sem músicas carnavalescas e mesmo assim os jovens estudantes acompanharam pelas principais da cidade aqueles dois blocos de ruas.

    Carvalho sempre foi uma festa perigosa,arriscada,cheia de pessoas e ruins também. Então se torna necessário o agrupamento familiar para que cada um ajude na fiscalização,na orientação, na segurança pessoal e familiar e assim os barderneiros,os irresponsáveis pensarão duas vezes antes de praticas suas coisas erradas.Mas que a população precisa sim se divertir e brincar o carnaval que antigamente os ex-prefeitos e vereadores faziam questão de estar no meio dessa gente pobre e humilde.

    Por isso que temos que aplaudir,valorizar,parabenizar aqueles prefeitos com os seus secretariados e servidores públicos bem como os seus simpatizantes que vão pra rua para garantir a integridade física e moral dos foliões.

    Ainda bem que tivemos a opção Garanhuns para se divertir e brincar com os nossos familiares.E assim ganham todos os comerciantes da cidade,o parque hoteleiros e demais segmentos da sociedade.Foi assim que eu brinquei vários carnavais em Olinda e Recife ao toque da FREVIOCA do ex-governador Jarbas Vasconcelos. 0 mesmo nunca deixou de dar as caras em Olinda e Recife. E o prefeito que tiver medo de estar com o povo que se afaste do poder e transmita para outros,porém não deve deixar o seu povo ao deus dará. Parabéns,prefeitos do povo!!!

    O governador de Pernambuco pode quem quiser criticar,mas em nenhum momento arredou o pé do Palácio das Princesas para comandar e coordenar a sua equipe pagara garantir a ordem e a segurança dos foliões que foram brincar o carnaval de Olinda e Recife.

    ResponderExcluir