Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

DIRETOR DE FUTEBOL DA CHAPECOENSE REVELA QUE MUITOS TENTARAM SE APROVEITAR DA TRAGÉDIA DO CLUBE

O novo diretor da Chapecoense, Rui Costa (ex-Grêmio de Porto Alegre), em entrevista ao Portal UOL diz com todas as letras que muita gente e até clubes, tentaram se aproveitar da tragédia do clube de Santa Catarina, para ganhar algum tipo de vantagem com isso.

Ele dá a entender que alguns grande clubes do Brasil chegaram a oferecer jogadores “bichados” à Chape.

Em meio aos “urubus”, felizmente, também apareceram parceiros sinceros, bem intencionados, que realmente ajudaram o time de Chapecó. Rui Costa cita dentre eles o Palmeiras, que cedeu jogadores e abriu mão de toda a renda da partida entre as duas equipes, realizada recentemente na Arena Condá. O Sport Recife também recebeu elogios, por ter "liberado verba que facilitou a contratação de um jogador como Túlio de Melo”.

Na entrevista o diretor do clube, que precisou contratar 19 jogadores para formar um novo time, não citou o nome da TV Globo. A emissora da família Marinho explorou exaustivamente a tragédia da Chapecoense, de uma maneira tão ostensiva e repetida que passa a impressão de estar querendo “faturar” à custa da tristeza e da dor.

Outros clubes que realmente ajudaram a Chape foram o Atlético Nacional da Colômbia, o Cruzeiro, o Grêmio, o Flamengo e o Atlético Mineiro.


Rui Costa revela que o ambiente no clube catarinense ainda é de consternação, com muitas interrogações e diz que quando chegou na cidade notava os atletas e funcionários andando de cabeça baixa pelas ruas da cidade. “A energia do luto era visível. Aqui aconteceu algo inédito”, pontuou o diretor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário