Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

domingo, 20 de novembro de 2016

NÁUTICO DEPENDE DE TROPEÇOS DO VASCO OU BAHIA

Com a boa vitória de 4 x 1, conquistada fora de casa, contra o Tupi, o Náutico mantém até a última rodada do Campeonato Brasileiro da série B a esperança de subir para a primeira divisão do futebol nacional, no próximo ano.
O Timbu, porém, não depende só de si para ficar entre os quatro primeiros da segundona.
Para chegar à elite do futebol os alvirrubros terão de vencer o Oeste, na Arena Pernambuco e torcer para que Vasco da Gama ou Bahia tropecem em seus compromissos.
O time do Rio de Janeiro enfrenta o Ceará, em seus domínios e precisa vencer. Se empatar ou perder e o Náutico passar pelo Oeste, a vaga fica com os pernambucanos.
O Bahia irá enfrentar o Atlético de Goiás fora de casa e precisa arrancar pelo menos um empate contra o melhor time da série B,  para se garantir.
Se o Timbu fizer o “dever de casa” e os baianos perderem,  o time pernambucano carimba seu passaporte na primeira divisão.

Vasco e Bahia têm mais chances, porque dependem só de si. Mas se um deles der bobeira o Náutico pode chegar lá, desde que vença a equipe do interior paulista. 
*Na foto do Blog do Torcedor o registro do jogo Náutico x Tupi.

Um comentário:

  1. esta parecendo que os tres vao morrer abraçado na segundona.apesar de que o sport vai pegar dois times fracos ja caidos na segundona.sou rubro negro e digo se o sporte nao se manter na serie A ,nunca mais sobe,ja o nautico que antes ja podia estar classificado,nao depende so dele e o bicho vai pegar.

    ResponderExcluir