Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A COMOÇÃO PRESCREVEU, SR. GOVERNADOR!

Raquel Lyra e o seu pai, João Lyra, eram do PSB. Foram forçados a sair do partido porque Paulo Câmara fez opção por Jorge Gomes desde o início do processo eleitoral.

Os Lyra se filiaram ao PSDB e foram à luta, que foi difícil.

No primeiro turno Raquel passou a campanha quase toda em terceiro lugar, só conseguindo ultrapassar o Delegado Lessa na reta final, para garantir sua vaga no 2º turno.

Quando saíram as primeiras pesquisas da segunda fase da eleição Tony Gel apareceu bem na frente. Não podia ser diferente, pois o peemedebista tinha tido quase o dobro de votos de Raquel no dia 2 de outubro.

Mas no segundo turno Raquel foi crescendo, com uma campanha muito bonita nas ruas e na televisão.

A candidata apresentou propostas inovadoras em quase todas as áreas. Projetos viáveis que o adversário preferiu menosprezar, chamando de “mirabolantes”.

Raquel chegou ao debate da TV Asa Branca empatada tecnicamente, mas se saiu bem melhor do que o concorrente diante das câmeras de televisão.

Gel se preocupou mais em atacar José Queiroz e João Lyra, que não eram candidatos, do que qualquer outra coisa.

Acusou Raquel de esconder seus apoios e levou um verdadeiro “tiro no peito” com a resposta dada ao peemedebista.

“Meus apoios são claros. E vou terminar todas as obras que Queiroz iniciou”, disse a filha de João Lyra, citando até indiretamente Armando Monteiro, o senador que esteve ao seu lado nas ruas de Caruaru.

“Quem esconde seus apoios é você, que abandonou a prefeitura de Caruaru e entregou a Neguinho Teixeira. Este terminou na prisão. Você é apoiado por ele e os 10 vereadores de Caruaru que foram presos pela polícia”, disse ainda Raquel. Tenho a impressão que foi neste momento que ela consolidou a virada e venceu por 7% de vantagem uma disputa que estava empatada tecnicamente nas pesquisas.

Foi a vitória de Raquel, do seu pai, o João, de Zé Queiroz e seu filho Wolney, do senador Armando Monteiro e do povo de Caruaru.

Os grandes derrotados foram Tony Gel e seus principais padrinhos, o governador Paulo Câmara (PSB) e o ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Por sinal o governador de Pernambuco deu uma boa ajuda a Raquel. Apareceu muitas vezes no Guia Eleitoral da TV pedindo votos para Tony. Cada vez que fazia seu apelo a candidata tucana crescia um pouco mais.

A comoção prescreveu, Sr. Governador. Veja o caso de Olinda, onde o irmão querido de Eduardo Campos, o “Tonca”,  perdeu a eleição para o Professor Lupércio.

Em 2018, o socialista terá contra si o Agreste Meridional liderado por Izaías Régis (PTB), o Agreste Setentrional liderado pelos Lyra, além das derrotas em Olinda e Jaboatão, dois dos maiores colégios eleitorais de Pernambuco, merecendo ser citado também o município de Belo Jardim, onde o PTB  foi vitorioso.

E tem mais: Mendonça Filho, Priscila Krause, Bruno Araújo, José Queiroz, os Lyra e outras lideranças que apoiaram Paulo Câmara em 2014, estão se aliando à oposição capitaneada no Estado pelo senador Armando Monteiro.

Tudo isso que está acontecendo é o resultado da pior gestão que Pernambuco já conheceu e da inabilidade política do governador.


Em 2018, sem o fator da comoção e pouquíssimas obras relevantes pra mostrar,  Paulo terá uma campanha difícil pela frente. (Roberto Almeida).

*Fotos Google: 1) Raquel Lyra derrotou Tony Gel, Paulo Câmara e Jarbas Vasconcelos; 2) Professor Lupércio: de origem simples, negro, venceu "Tonca", representante da oligarquia branca formada no Estado e irmão querido de Eduardo Campos.

9 comentários:

  1. COITADO DO AÉCIO NEVES, EM TODO O BRASIL, SÓ GANHOU EM CARUARU...

    P.S.: - Caruaru, Jaboatão e Olinda ASSEGUROU três grandes resultados e mandou um baita recado para o GOVERNADOR DA INSEGURANÇA...

    ResponderExcluir
  2. LEIA-SE: - ASSEGURARAM ao invés de assegurou...

    ResponderExcluir
  3. Garanhuns realmente não tem comparação,é o pólo do nosso agreste mais nas cidades vizinhas caro Roberto, o PSB atropelou à oposição

    ResponderExcluir
  4. O PSB,ESTA INDO NO MESMO CAMINHO DO PT.( LOGO LOGO VAI SUMI )TEVE CIDADE QUE O PSB JUNTO COM O PT COMANDARAM A PREFEITURA POR MUITOS ANOS E PERDEU.UM EXEMPLO FOI NA CIDADE DE CAETÉS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PSB É UM PARTIDO HEGEMÊONICO QUE ACHA ESTAR NA DÉCADA DE 1940 LENDO AS ASNEIRAS DE FRANK HORKHEIMER, THEODORE ADORNO, HERBERT MARCUSE E ANTONIO GRAMSCI, ASSIM COMO O PT, E POR ISSO MESMO, COM A MORTE DE EDUARDO CAMPOS, VAI AFUNDAR EM BREVE NO LAMAÇAL DA ODEBRETCH.

      Lembrense de que a Odebreche está na Refinaria Abreu e Lima, na PPP do esgoto na Compesa, na Transnordestina, na Transposição, na Adutora do Agreste e a cereja do bolo é a Arena Pernambuco.

      Sem falar na fazenda Esperança que recebeu uma visitinha da Policia Federal recentemente.

      Excluir
  5. EM QUE PESE O RESULTADO EM JABOATÃO DOS GUARARAPES TER SIDO, MEIO PEDRA MEIO TIJOLO PARA O GOVERNADOR DA INSEGURANÇA...

    P.S.: - Quem encheu o talo em Caruaru foi o ministro Bruno Araujo do PSDB e sobrou uma laminha, ainda, para o ministro Mendonça Filho pavimentar sua candidatura a senador junto com Armando Monteiro na frente das oposições e Bruno sair candidato a governador para enfrentar Geraldo Júlio, também candidato ao Governo do Estado tendo Paulo Câmara como candidato a senatoria ...

    ResponderExcluir
  6. Como diz Ciro Gomes em um dos poucos espasmos de lucidez... O PSB é uma capitania Hereditária. Só quem consegue algo ali são os parentes e amigos do vei ERRAI. O povo de pernambuco está se dando conta disso e paulatinamente vai enterrando esse povo.

    ResponderExcluir
  7. José Fernandes Costa31 de outubro de 2016 11:20

    Ficou provado que KY gel só tem vez em motel. Haja vista que o gel fez aliança até com o PGN (vide Zé Simão). Mesmo assim, perdeu. - 2. E as eleições terminaram. - Grandes perdedores: PT e Aécio Neves. Um dos grandes vencedores: Geraldo Alckmin. Alckmin (Picolé de Chuchu) deitou e rolou em todo o estado de São Paulo. - Aécio Neves do Pó e Zé "Cerra" já eram. - 3. E não me saem da lembrança as eleições do Rio de Janeiro, Olinda e Jaboatão. - O povo do Rio agora pode reclamar ao bispo (Crivella da "Universal"); em Jaboatão vão reclamar ao "pastor" ou a Deus (já que o eleito é da Assembleia de "Deus")... E com isso... adeus!!! Em Olinda, ah, em Olinda seus habitantes agora reclamarão ao professor. - Quanto à resposta do professor, ah, isso é uma incógnita... Se ele for professor de matemática, o que estou pensando pode-se tornar axioma... - Aguardem e verão!!! (No inverno ou no verão!!) /.

    ResponderExcluir
  8. Foi uma vitória retumbante e acachapante com aspecto de bons resultados favoráveis ao desenvolvimento social,econômico e político da terra do mestre Vitalino.

    Terra do Ludugero e atrope,do vice-governador João Lyra Neto,da terra do Agreste que mais cresceu nos últimos 20 anos.

    ResponderExcluir