Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

ROSSINE LIDERA A DISPUTA ELEITORAL EM LAJEDO

Se a eleição do município de Lajedo fosse realizada hoje o prefeito Rossine Blesmany (PSD) seria reeleito com uma boa vantagem em cima do seu principal adversário, o engenheiro Antônio João Dourado (PSB).

Pesquisa eleitoral realizada em Lajedo nos dias 12 e 13 de setembro passado, pelo Instituto DataVox, mostra o atual prefeito na frente tanto no levantamento espontâneo quanto estimulado, quando os entrevistadores usam um cartão com os nomes dos candidatos.

Na pesquisa estimulada o resultado foi o seguinte: Rossine obteve 47,8% das intenções de votos, contra 35,8% de Antônio Dourado. A candidata Delma (Pros) somou 1,5%. Os indecisos são 11,4% e 3,5% pretendem votar branco ou nulo. A diferença a favor do representante do PSD é de 12%.

Pela pesquisa espontânea (sem uso do cartão), Rossine totalizou 44,5%, Antônio Dourado 31% e Delma 1%. Neste caso a diferença a favor do prefeito é de 13,5%.

O prefeito Rossine ganha praticamente em todos os cenários e regiões de Lajedo. Dourado só consegue superar o adversário no eleitorado de 16 a 24 anos e entre os que ganham por mês mais de três salários mínimos. Entre os que têm mais de 60 anos o gestor chega a mais de 50% das intenções de voto. Em algumas áreas rurais soma até 80% das intenções de voto.

Antônio Dourado consegue melhor desempenho entre as mulheres e na zona urbana, perdendo nesses segmentos por uma diferença menor.

A pesquisa do DataVox mostrou que o voto em Lajedo está consolidado, tanto a favor do candidato do PSD quanto do representante do PSB. Pouco mais de 10% dos eleitores admitiram mudar o voto até o dia 2 de outubro, o que significa que quase 90% dos lajedenses estão firmes com seus candidatos.

Com relação à rejeição dos três candidatos à prefeitura de Lajedo, nota-se que Antônio João e Rossine tem índices bastante parecidos: 20,8% disseram que não votariam no socialista e 18,8% não escolheriam o atual prefeito de maneira nenhuma.

Delma tem a menor rejeição entre os três candidatos.

O DataVox procurou saber da aprovação do Governo de Lajedo. Rossine é aprovado por 64, 8% dos eleitores e reprovado por 33,4%.

O sentimento da maioria dos eleitores (incluindo de alguns eleitores do ex-prefeito Antônio João) é de que o atual gestor irá vencer a disputa.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, tem uma avaliação negativa maior do que positiva, entre os moradores de Lajedo.

A pesquisa realizada pelo DataVox aplicou 400 questionários em áreas rurais e urbanas de Lajedo, entrevistando as pessoas por casa (através de amostragem), em bairros e sítios como Cohab, Planalto, Bia Cosmo, Bom Jesus, Felipe Camarão, Vila dos Prazeres, Loteamento Antônio Dourado, Veva, Poço, Vilela, Delmário Braga, Abraão, Veloso, Betonho, Bairro Novo, Mutirão, Caldeirões e Madalena. Santa Luzia, Pereiro, Cantinho, Imaculada, Barriguda, Papagaio, Fazenda Nova, Sombra, Lagoa de Jurema, Jureminha, Retiro, Salgadinho, Queimadinha, Gameleira, Pau Ferro, Olho D´Água Novo, Olho D´Água Velho, Olhinhos D´Água, Lajes do Cadete, Xucurus e Olho D´Água dos Pombos.

O trabalho de pesquisa de campo realizado em Lajedo foi contratado pelo empresário Vilmar de Assis Silva, CPF 012233714-09. O registro no TSE/TRE foi feito no dia oito de setembro e o número do protocolo é o de 05217/2016.

A pesquisa tem um nível de confiança, segundo o instituto,  de 95% e a margem de erro é de 4,9%, para mais ou para menos.

O DataVox é um instituto de pesquisas sediado em Campina Grande (PB) e que existe desde 2009. Tem um nome já consolidado no mercado, tendo feito trabalhos em importantes cidades da Paraíba, Pernambuco e outros Estados do Nordeste.

Quatro anos atrás o Instituto Opinião, também de Campina Grande, acertou em cheio o resultado da eleição em Lajedo. Vamos aguardar para saber se os números do Datavox também retratam a realidade política daquele município.

7 comentários:

  1. A pesquisa não tem margem de Erro ????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitas informações e às vezes a gente esquece alguma coisa importante. Mas a margem de erro e o nível de confiança, que está no relatório da pesquisa já foram incluídos na postagem.

      Excluir
  2. Pergunto já que o instituto opinião acertou por que não foi feito no mesmo ? Não estou questionando a pesquisa porém não me parece que a mesmo tenta justificar sua credibilidade com uma pesquisa feita por outro instituto que a unica coisa em comum e ser Sediado em Campina Grande.

    ResponderExcluir
  3. Talvez a pessoa que contratou a pesquisa (o nome está no texto) tenha preferido este instituto porque tem um preço melhor - isso só ele pode esclarecer. O Opinião faz uma dobradinha com o Magno Martins e por isso acho que deve cobrar um valor mais alto. Não sei, na verdade o jornalista se limita a fazer um texto em cima dos dados, dos números fornecidos pela empresa. Pesquisa é importante, é um indicativo, mas é sempre bom lembrar que o que vale mesmo é a eleição.

    ResponderExcluir
  4. Se o Instituto fosse o Opinião ou Exata, eu acreditaria sim, mas não posso da nenhuma credibilidade a este Datavox, até porque quem mora ou convive em Lajedo sabe muito bem que não existe essa diferença entre os dois primeiros colocados, como também não existe esse número de indecisos.

    ResponderExcluir
  5. Vendo os dados da pesquisa, observamos que Rossine pode ter cerca de 43% e Antonio João ter até cerca de 40%, já que a margem de erro é de quase 5%. Além disso, em uma eleição com 20% de indecisos e ainda com mais 15 dias de campanha, não se pode afirmar nada. Os números podem apenas indicar um leve favoritismo do candidato Rossine, mas considerar sua vitória como uma realidade, dizer que "se as eleições fossem hoje(...)seria reeleito com boa vantagem" é fazer propaganda eleitoral, sem base nas informações da pesquisa.

    ResponderExcluir
  6. Aceita que doi menos pai!!!!dale 55

    ResponderExcluir