Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

CRISE DERRUBA PREÇOS DA PASSAGENS AÉREAS

Por Adelson do Vale

A crise econômica forçou as companhias aéreas a baixar os preços das passagens.  

Há promoções nos sites que vendem passagens aéreas para vôos nacionais, já que o dólar continua em alta é melhor consultar seu agente de viagem ou pesquisar na internet.  Veja qual a Companhia que oferece os melhores descontos, que vão de 30 a 40%  para quem planeja viajar ainda este mês, ou nos meses de outubro a dezembro.

Para quem pretende viajar e passar o final de ano com a família, é bom aproveitar os preços baixos das passagens e comprar logo antes que as promoções acabem. É que nesta época do ano, com uma crise econômica assolando o país, estão sobrando passagens e a melhor estratégia parece ser “é melhor vender barato do que as cadeiras viajarem vazias”.

O mercado ainda oferece excelentes ofertas nos preços de passagens para quem pretende viajar de imediato, pela madrugada ainda é uma alternativa mais recomendadas para quem não faz questão de viajar no corujão, basta ficar atento e pesquisar nos sites e comprar passagens de ida e volta por preços baixos.

E, no entanto.  nos vôos saindo de Belém com destino a Macapá, o cliente paga pela passagem R$ 159,90 à vista ou parcelado em 5 vezes nos cartões;  saindo de São Paulo para Recife o preço das passagens em promoção saem por R$ 267,90 à vista ou parcelado em 6 vezes,  e para viajar de São Paulo a Salvador o passageiro pode comprar passagem por R$ 229,90 à vista ou se preferir em 6 vezes nos cartões.

Os cruzeiros marítimos também estão oferecendo verdadeiras ofertas nos preços dos pacotes, saindo do Brasil a Miami é possível economizar até 70% no preço dos pacotes, incluso com todo serviço de bordo. 

As agências de viagens aproveitam a temporada de verão para oferecer aos seus clientes preços de viagens e pacotes que ainda se pode adquirir pagando menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário