Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 5 de julho de 2016

PROS DE LAJEDO ROMPE COM ANTÔNIO DOURADO

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS), do município de Lajedo, rompeu com o pré-candidato da oposição à prefeitura, Antônio João Dourado, por conta de imposições que teriam sido feitas pelo líder socialista nas coligações partidárias.

Entrevistado por O Jornal, de Lajedo, o presidente do PROS, Bene Santos, explicou as razões do desentendimento com o grupo dos Dourado e anunciou que o seu partido deve lançar uma candidatura majoritária própria ao Governo Municipal.

Indiretamente, o rompimento do Partido Republicano com Antônio João beneficia o prefeito Rossine Blesmany, candidato à reeleição.

Transcrevemos abaixo, na íntegra, a entrevista de Bene Santos no jornal que circula em Lajedo.

O JORNAL –   Recentemente Lajedo foi surpreendido com um áudio seu em que revelava uma ruptura entre o PROS Lajedo e o pré-candidato da oposição Antônio João Dourado. Qual o motivo dessa ruptura? O Partido
bene santos – Na verdade, o PROS não havia rompido com Antônio João Dourado. O Partido decidiu internamente por votação “ unânime “ Coligar na Majoritária e não na Proporcional. Isso deixou alguns vereadores e membros de partidos que contavam com a soma dos possíveis votos de nossa legenda, irritados e o Pros Lajedo foi intimidado a duas opções; “Ou coliga nas duas chapas ou não era aceito no grupo. “Foram três votações unânimes “ o nosso partido tem o direito de fazer seus próprios vereadores e eu não posso de forma alguma, tirar o sonho das pessoas disputarem uma eleição . Seria um crime contra a democracia, apagar algumas candidaturas para beneficiar alguns vereadores e dois outros pré candidatos.

O JORNAL –   Você se decepcionou com a atitude de Antônio João? Qual foi a reação de seus filiados?
bene santos-  As palavras de Antônio João Dourado foram sim de decepcionar e de indignar não só a mim, como também todos os membros de nosso diretórios, nossos pré –candidatos e presidentes municipais de oito cidades vizinhas de Lajedo, além de nosso diretório superior (Recife) e nosso presidente PROS/PE , ao nos dizer que se o pros não coligar com a proporcional, ele preferia perder as eleições pois não iria admitir um partido ter três vereadores .

O JORNAL –   Atualmente quantos filiados possuem o PROS Lajedo? Destes quantos seguem o partido e quantos decidiram por seguir Antônio João?
bene santos  -  O Pros Lajedo tem atualmente 58 (cinquenta e oito ) filiados aptos para disputarem o pleito 2016 e outros 20 que se filiaram depois do prazo estipulado pela Lei eleitoral. Até o memento, oficialmente não recebemos nenhuma carta de desfiliação nem o sistema do filiaweb mostra cancelamentos.

O JORNAL –     Com esse racha entre as siglas, qual será a posição do PROS nessa eleição?
bene santos -  Visto que, O Pros Lajedo era da base de Oposição ao atual governo e que, vereadores, alguns partidos e Antônio João Dourado não aceitaram o Pros em sua base, tudo isso nos leva a lançar nossa própria chapa majoritária agora em 2016.

O JORNAL –   O PROS saindo com uma candidatura independente acredita que possa fazer quantos vereadores?
bene santos  -  O Pros lança sua própria chapa e quem decide quantos vereadores vamos fazer é o eleitor. Estamos cansados de confiar em pessoas que representam apenas os interesses de prefeitos ou ex-prefeitos.

O JORNAL –    Além do PROS mais alguma sigla deixa Dourado e segue com você nesse projeto de independência?
bene santos  -  O Pros é uma legenda que irá lançar uma possível chapa como qualquer outra das 26 (vinte e seis ) legendas ativas em lajedo. Não uso o termo “Independente” somos tão capazes quanto o PSD e PSB e todos ou outros... Estamos sim, nos sentando e conversando com alguns partidos, mas nada ainda concretizado.

O JORNAL –   Você não teme que tentem tomar sua presidência do partido de cima para baixo?
bene santos -  Alguns constrangimentos contra um dos fundadores do partido, o Presidente do PROS/PE (Gilson Lima) entre eles o de parar o Pau do Urubu, Barrar ele no Programa de Radio dos vereadores e, Antônio João Dourado dizer diretamente para Gilson que preferia perder a eleição que ver o Pros com três vereadores, me dá muito mais garantias que qualquer tentativa de golpe . Devo salientar que o Pros é uma legenda que não tem nenhum político envolvido em corrupção em nenhum estado da federação.

O JORNAL –   Em outros momentos pessoas que bateram de frente com Dourado, acabaram ficando com fama de traidores. Teme que isso aconteça com você?
bene santos  -  Voto não tem preço nem dono. Privilegiados são os que o recebem e todo aquele que despreza a livre escolha, esse sim é o verdadeiro traidor das garantias de direitos .

O JORNAL – A princípio o que se via pelas publicações do seu partido, é que estava se iniciando um projeto popular de construção de uma alternativa de oposição, mas de acordo com seus relatos o que se vê é que o projeto do grupo de oposição liderado por Dourado é mais de um poder familiar. Como você descreveria hoje a candidatura de Antônio João?
bene santos  -  O  PROS é um partido de centro e nossa ideologia foi de sempre fazer uma política de centro aqui em lajedo. Nunca o pros irá defender interesses de prefeitos ou ex-prefeitos, iremos defender o interesse participativo do povo. Não sei qual o interesse de  Antônio João Dourado ou Rossine , mas ambos sabem que prefeito bom é o que governa para  todos e não para grupos.

O JORNAL –  Aproveite o espaço para fazer alguma consideração que achar pertinente ao momento...
bene santos  -  Agradeço a oportunidade nos dada pelo O JORNAL de esclarecer esses boatos . Eu sempre disse e repito; “ Quando os presidentes de partidos acordarem , muitos políticos em lajedo vai perder o sono.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário