Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 8 de julho de 2016

MESTRE DO REISADO DE GARANHUNS FICA COM O PRIMEIRO LUGAR DO PRÊMIO ARIANO SUASSUNA

A Cultura Popular está em festa na cidade. Na mesma semana em que é anunciado que Gonzaga de Garanhuns pode ser reconhecido como “Patrimônio Vivo” do Estado, o mestre Benoni, do Reisado “Os Três Reis do Oriente”, venceu o I prêmio Ariano Suassuna, do Governo de Pernambuco, na categoria Mestres dos Saberes e Fazeres.

Segundo o jornalista Cloves Teodorico, da Secretaria de Comunicação do Município, Benoni ficou emocionado com o resultado e ao relembrar a trajetória de vida e sua relação antiga com os reisados. “Eu comecei muito cedo, em 1954, na época eu tinha 12 anos de idade. Passei por outros dois reisados. É uma luta diária manter viva essa história”, comentou o mestre.

Cloves registra que desde o ano de 2007 o Mestre Benoni comanda o Reisado Os Três Reis do Oriente – um dos mais antigos, com 103 anos de atividade, no Estado. Ele recebeu, em 2013, uma homenagem durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no palco de Cultura Popular, e sempre é convidado para a grade de programação de eventos locais.

A solenidade de entrega do prêmio de 10 mil reais acontecerá no dia 18 de julho, no Recife. Para a secretária de Cultura de Garanhuns, Cirlene Leite, o momento é de alegria. “Os reisados vêm passando por um trabalho de resgate e foco de luz muito grande. Com isso, fortaleceu a importância dos grupos e de seus mestres, projetando para outras regiões de Pernambuco”, destaca a titular da pasta.


OUTRO PRÊMIO – O Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia foi lançado no ano passado, durante o FIG, com o objetivo de premiar e reconhecer saberes e fazeres da Cultura Popular, além de estimular a escrita, revelando novos dramaturgos. Outro garanhuense será premiado: Alex Apolônio Soares, que ficou em 2º lugar na categoria Teatro de Formas Animadas – o texto de sua autoria é intitulado “Severino Brincante”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário