Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 2 de maio de 2016

A SOCIEDADE DE GARANHUNS NÃO PODE SER PREJUDICADA - Por Altamir Pinheiro

O Ministério Público é uma instituição oficial, independente e autônoma, de grande importância para a função jurisdicional do Estado, age na defesa da ordem jurídica, do regime democrático de direito, na defesa dos direitos sociais, como também foi criado para defender toda uma comunidade de forma coletiva; tendo como função principal   defender a sociedade; além de  zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública, promovendo as medidas necessárias a sua garantia; para se ter uma ideia do que é e o que faz essa instituição, ela carrega em seu bojo temas ou defesa da mais alta relevância como  as funções atribuídas ao Ministério Público na Constituição brasileira chega a  acumular as características de fiscal, ouvidor e advogado do povo.

Seria de bom alvitre afirmar que, qualquer pessoa com alguma noção de questões que concernem ao  judiciário,  sabe muito bem que a lei estabelece prazos para advogados, promotores, juízes e até mesmo para as partes que caso não exerçam corretamente sua pretensão serão tomadas pelo fantasma da prescrição. Os anos se passam numa velocidade alucinante e a cada dia nos convencemos de que realmente o Judiciário se reveste de sintomas crônicos que conduzem paulatinamente à fatalidade. O exemplo maior está aí na lava jato: o juiz Sérgio Moro é rápido no gatilho, digo, na caneta, mas a justiça é morosa...

POIS BEM!!! Quase todos os dias só se vê o prefeito Izaías Régis abrir o bocão e rasgar o verbo ao solicitar uma maior CELERIDADE por parte do Ministério Público quanto à conclusão do inquérito que apura às denúncias de suposto superfaturamento na contratação da cantora Ana Carolina e da banda Capital Inicial, que se apresentaram no Festival de Inverno de 2015. E nada!!! Nadica de nada!!! Independente de um gestor municipal ser honesto ou não, particularmente, eu sou admirador da coragem de quem é prefeito. Afinal são muitas as rotinas a serem obedecidas sob pena da Lei de Responsabilidade Fiscal: o ato e o fato do dever e do preceito da licitação; obrigatoriedade de concurso público; contratação de artistas; e o escambau a quatro.

Segundo foi apurado, pelo líder do governo Izaías, o vereador Haroldo, ele nos garantiu que todos os documentos já foram entregues ao MP, além de   todos os fatos relacionados aos shows de Ana Carolina e da banda Capital Inicial foram devidamente esclarecidos. Se é assim, o que está faltando para o prefeito ser punido ou absolvido?!?!?! A continuar nesse passo de tartaruga manca, o nosso FIG vai ser totalmente prejudicado em razão da prefeitura não poder contratar artistas enquanto essa pendenga não for resolvida. Se já não bastasse esse papo do Governador Paulo Câmara que anda falando no BREU DAS TOCAS que o festival vai ser encurtado em dois dias... Sinceramente, se eu fosse o prefeito já faria ou teria uma postura de enfrentamento a respeito desse problema que vem rolando a espera de decisão judicial. Que todos os leitores me perdoem por eu ser um leigo jurídico, mas pelo adiantado da hora e do tempo (JÁ ENTRAMOS NO MÊS DE MAIO!!!),  tranquilamente eu acionaria  o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para fazer uma espécie de correição nesse troço!!! Se não o CNJ, seja lá que diabo fosse, eu me posicionava e “BUTAVA” fedendo a carbureto!!!

Sendo assim, chega!!! Não dar mais para aturar!!! Em nome da sociedade, esse processo não pode ser mais procrastinado, a sociedade não pode ser prejudicada!!! Com a devida licença ouso arbitrariamente discordar do meu saudoso e magnífico professor, considerando que o atraso não pode ser imputado a Justiça, esta sempre possuirá reputação ilibada, porque não advém da Carta Magna ou do Supremo Tribunal Federal, mas sua origem é em lugar bem mais alto do que nossas limitadas consciências podem suportar ou entender (LEIA-SE: REI NA BARRIGA). Portanto, data venia Senhor Promotor, tome gosto excelência!!! Vamos pegar no serviço, Promotor!!!


ESTE ARTIGO É DE  RESPONSABILIDADE ÚNICA E EXCLUSIVA DE QUEM O ASSINA.

8 comentários:

  1. PEGANDO UMA CARONA NO TEXTO ACIMA, JÁ DIZ O DITO POPULAR QUE, DECISÃO DA JUSTIÇA SE CUMPRE, CLARO!!! MAS TAMBÉM SE DISCUTE LÓGICO!!! NA TARDE DE HOJE, O PAÍS INTEIRO FICOU ACABRUNHADO, PERPLEXO, PUTO DA VIDA AO PERCEBER QUE O WHATSAPP ESTÁ FORA DO AR POR VONTADE DO JUIZ MARCEL MONTALVÃO, DA COMARCA DE LAGARTO (SE), POR UM PERÍODO DE 72 HORAS. ESSE TAL JUIZ É O MESMO QUE JUSTIFICOU, EM MARÇO, A PRISÃO DE DIEGO DZODAN, VICE-PRESIDENTE DO FACEBOOK, EMPRESA DONA DO WHATSAPP, PARA A AMÉRICA LATINA.

    DAÍ, PERGUNTA-SE: O QUE É QUE TEM A VER O CU COM AS CALÇAS?!?!?! A DECISÃO É UMA CACHORRADA DAS GRANDES E CARACTERIZA UMA ÓBVIA AGRESSÃO AO DIREITO À INFORMAÇÃO E, MAIS, À LIBERDADE DE EXPRESSÃO. MUITA GENTE HOJE USA ESSE APLICATIVO PARA GANHAR O PÃO DE CADA DIA. NÃO SE TRATA DE TER UM APARELHO DE TELEFONE CELULAR OU UM APLICATIVO ÚNICO E EXCLUSIVAMENTE PARA PRATICAR MERO DIVERTIMENTO, ORA PORRA!!!

    FAZENDO UM PARALELO ENTRE O CASO ESPECÍFICO DE GARANHUNS EM QUE 140 MIL PESSOAS ESTÃO PREJUDICADAS. QUER DIZER, ISSO É UM DESPROPÓSITO!!! JÁ NO BRASIL INTEIRO 200 MILHÕES DE PESSOAS SÃO PUNIDAS SEM CULPA NENHUMA. SEQUER PEDALADAS DERAM OU TENTARAM!!! NO MEU ENTENDER, UMA JUSTIÇA QUE PUNE INOCENTES É INJUSTA. VOLTANDO A NOSSA ALDEIA, A SOCIEDADE DE GARANHUNS NÃO TEM NADA A VER COM O SUPOSTO SUPERFATURAMENTO DO PREFEITO OU DA DENÚNCIA DE VEREADORES NO CASO DOS ARTISTAS DO FIG. INFELIZMENTE HÁ MOMENTOS QUE A JUSTIÇA PISA NA BOLA...


    P.S1.: - Toda essa frescura da justiça foi em razão de o APLICATIVO teria se negado a fornecer informações numa investigação sobre uma quadrilha de tráfico de drogas, pode!!!

    P.S2.: - isso é o que podemos chamar de surto de mandonismo, sob o pretexto de se fazer justiça.

    P.S3.: - Que bom seria se existisse IMPEACHMENT pra justiça...


    ResponderExcluir
  2. Só tem um grupo sendo favorecido com a "parada estratégica" do BOM ZAP. A Rede Globo e os Golpistas. E tu Altamir.

    ResponderExcluir
  3. Esse caso de Garanhuns é uma coisa intrigante. Um bom número de prefeitos por aí anda se escondendo da justiça, já o de Garanhuns pede urgência na apuração do seu processo. Gostei desse inversão de valores. Daqui parabenizo Garanhuns por ter um prefeito que não tem medo da verdade.
    Ana Clélia/São João.

    ResponderExcluir
  4. Sérgio Siqueira3 de maio de 2016 07:12

    Não sou escravo do WhatsApp. Ainda, não. Nem sei usar direito e na sua amplitude essa ferramenta eletrônica hodierna e tão banalizada. Mas eu gosto de ter o direito e a liberdade de usá-la ou não. Esse bloqueio é uma truculência legal. Um excesso legal que não é legítimo. Coisa da cabeça do juiz Marcel Montalvão, da província de Lagarto, no Espírito Santo do Sergipe - mais um gaveteiro dessa democracia de gabinete. Deveria ser processado por abuso de poder. Esse barbarismo que ele cometeu em nome da lei não tem um pingo de senso de justiça. É como se uma ação coletiva nacional processasse todos os juízes do país pelo abuso de poder que esse cabeça de Lagarto cometeu.

    ResponderExcluir
  5. RESPONDENDO AO Anônimo 3 de maio de 2016 06:29,

    Canalha,

    QUANDO VOCÊ FALA EM GOLPISTAS FAVORECIDOS VOCÊ SE REFERE A VACA TERRORISTA DA DILMA E O LADRÃO DO APARTAMENTO DO SÍTIO DE ATIBAIA, NÉ MESMO?!?!?! AFINAL PEDIR A ESTA ALTURA DO CAMPEONATO ELEIÇÃO DIRETA, ISSO É GOLPE!!!

    P.S.: - Parece-me ser você anônimo cretino, meu inimigo, não é mesmo!!! Digo isso pelo linguajar dirigido a minha pessoa. Olha, canalha!!! Atente para o que dizia Sócrates: "Só fale mal dos seus inimigos, diante deles". Entendeste patife, ou queres que eu faça o desenho?!?!?!

    ResponderExcluir
  6. Eu não tenho nada haver com o assunto mais esse anonimo la de cima ta apelando. O que é que o Altamir tem de golpista? Favorecido em que? Agressão sem cabimento é essa e alem de ser anonimo o blog ainda libera. Ta errado o blog e o anonimo.

    ResponderExcluir
  7. Para um festival em Garanhuns basta contratar esse Altamir Pinheiro (sem despesa para o município).

    ResponderExcluir
  8. RESPONDENDO AO Anônimo 3 de maio de 2016 10:44

    Gostei da ideia do anônimo acima,

    SOMENTE GOSTARIA DE FAZER UMA RESSALVA: AO INVÉS DE CONTRATAR O ALTAMIR PINHEIRO, ISOLADAMENTE, QUE TAL APRESENTAR-SE NO PALCO DO FESTIVAL A DUPLA ALTAMIR E A MÃE DESSE VAGABUNDO!!!

    P.S.: - O teu texto já mostra que tu és um mala... No próximo comentário eu direi quem é tua mãe...

    ResponderExcluir