ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 25 de abril de 2013

JUÍZA AUTORIZA TRATAMENTO DE EMÍLIA EM RECIFE

A juíza Polyanna Pirauá Cotrim, da 1ª Vara Criminal de Garanhuns, autorizou a ex-diretora do Hospital Dom Moura, odontóloga Emília Pessoa, a viajar para Recife, onde irá se submeter a uma bateria de exames médicos.  A profissional da área de saúde foi indicada para dirigir o HRDM pelo PSB desde a primeira gestão do governador Eduardo Campos.

Emília foi afastada após denúncias contra funcionários do Hospital e há 15 dias foi detida, com mais três pessoas, todos acusados de desvio de recursos públicos. Abalada, a ex-diretora passou por problemas de saúde e ficou internada numa casa de saúde da cidade. No dia 18 deste mês,  Dra. Polyanna prorrogou a sua prisão e como a mesma não foi encontrada inicialmente o Portal G1 PE, da Rede Globo, informou que a Justiça a considerava foragida, notícia reproduzida neste blog.

Tanta Emília Pessoa quanto pessoas próximas a ela, como o advogado Ivan Rodrigues e o jornalista Jodeval Duarte sustentam a tese de inocência. E ela pretende provar que não fez nada de errado na direção do Hospital Dom Moura.

8 comentários:

  1. acredito também em coelhinho da pascoal que poem ovos de chocolate, Papai Noel que desce pela chamine em Garanhuns e gnomus. Este Hospital NUNCA, NUNCA, Já Mais terá jeito. O que acontece é apenas aquela brincadeira das cadeiras todod rodam é apens um sai e assim por diante. Ninguem tem o menor interece de resolver este problema do D. Mourrra que já morreu a varias decadas. Todos que entram no D. Moura cava uma seputura nova e a população é quem é seputada com a irresponsabilidade dos políticos que fazem do D. Moura um caixa eletrônico. Duma coisa digo, ninguem vai devolver dinheiro e vai ficar do jeito que esta e cair no esquecimento como aconteceu nas gestões anteriores. O chefe maior não tem o mínimo interece que isto seja esclarecido e dane-se população de Garanhuns e região. Os impostos que pagamos´pelo menos 70% acontece da mesma forma do D. Moura. Este Hospital é reformdo pelo menos duas vezes por ano e fica cada vez pior e a maquina de contar dinheiro é 24 horas sem parar. Próximo ano não votorei em político nenhum como fiz nas eleições para deputado e senador... NÃO VALE APENA SAIR DE CASA ECOLOCAR UM PARASITA PARA SÓ SULGAR NOSSOS IMPOSTOS. Lembro o seguinte que o orçamento do congresso nacional é de 8 (OITO) bilhões para fazerem o que quiserem com este dinheiro e nós sustentamos esta cambada. Agora me digam: Vale apena votar nestes cara. VOTO será tudo ZERO para anular o voto.
    Um brasileiro como milhões que sente-se envergonhado e que se sente roubado, engando e humilhado por estas quadrilhas de políticos brasileiros.

    ResponderExcluir
  2. isso mostra a crueldade dos manipuladores de opinião, queriam acabar, humilhar Emília e os seus familiares. vejam conseguiram. Existe uma palavra que classifique esse tipo de pessoas? creio que não, medríocle seria só uma característica.
    tereza Falcão

    ResponderExcluir
  3. Os poderes são podres isso é um fato, o homem ter vergonha de ser honesto, como disse Rui Barbosa é outro fato, e essa mulher solta é a vergonha da vergonha. Governador manda na justiça, ela fica solta porque ele quer, e estamos conversados. A justiça submissa só nos causa desprezo e vergonha.Aproveitem e presentei essa senhora com uma medalha, a medalha para quem usurpa o dinheiro do povo e fica impune. Justiça só para pobres...que vergonha.Luiz Ricardo Lins

    ResponderExcluir
  4. Carlos Eduardo - Heliópolis25 de abril de 2013 16:00

    Todo mundo é inocente até que se prove o contrário e até hoje nada foi provado contra a Dra. Emília além do mais em caso de doença todos tem direito a tratamento médico. A Juíza agiu com sabedoria e dentro da Lei.

    ResponderExcluir
  5. ONDE ESTA A MATÉRIA OFICIAL DESTE REPENTINO APARECIMENTO DEPOIS DE BEM UMA SEMANA DE DESAPARECIMENTO DA SRA EMILIA, QUE ERA RESPONSAVEL PELO DOM MOURA ? E ONDE ESTÃO OS LAUDOS. A JUSTIÇA PRECISA SER FEITA.

    ResponderExcluir
  6. A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ESTÁ TOTALMENTE MUNICIPALIZADA.A RESPONSABILIDADE PRIMEIRA É DO GESTOR.O SECRETÁRIO,O DIRETOR,A COMISSÃO DE LICITAÇÃO, O SETOR DE EMPENHO,A SECRETARIA DE FINANÇAS,A SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO TEM QUE TER RESPONSABILIDADE.

    QUANDO O SECRETÁRIO ERRA,QUANDO O DIRETOR IDEM,QUANDO A COMISSÃO DE LICITAÇÃO TAMBÉM,O PREFEITO JUNTAMENTE COM O CONTADOR QUE COMBINAM TUDO,SÃO OS PRIMEIROS A ACUSAREM OS MESMOS DE IRRESPONSÁVEIS.

    QUANDO SABEMOS QUE SÃO ELES QUE PRATICAM DE TUDO O QUE ESTAR ERRADO EM SUAS ADMINISTRAÇÕES.A MAIORIA DOS SECRETÁRIOS,DOS DIRETORES E ASSESSORES SÃO PAU MANDADOS,SÃO OBRIGADOS A SE CALAR E SE OMITIR DIANTE DAS SUAS PRÓPRIAS IRESPONSABILIDADES.

    VAI CHEGAR UMA ÉPOCA QUE MUITOS DOS PREFEITOS,DOS GOVERNADORES,VÃO FICAR SOZINHOS.QUEM PESTE DESEJA FAZER PARTE D UMA COMISSÃO DE LICITAÇÃO QUE É RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO DE TODOS OS PROCESSOS LICITATÓRIOS PARA GANHAR UM MERRECA E O NO FINAL SER PROCESSADO POR CORRUPÇÃO SEM NUNCA TER PEGO EM UM REAL ENQUANTO OS CHEFÕES QUE SÃO OS RESPONSÁVEIS DIRETAMENTE NADA SOFREM?

    CASOS CITADOS ACIMA TEM ACONTECIDO DE MONTÕES POR ESSE BRASIL AFORA.POIS BEM, COMO A SAÚDE E A EDUCAÇÃO FORAM MUNICIPALIZADAS E O DINHEIRO ESTÁ VINDO DIRETAMENTE PARA OS HOSPITAIS E AS ESCOLAS E O TRIBUNAL DE CONTAS DOS ESTADOS, A CGU E OS PROMOTORES ESTÃO COM PODERES PARA FISCALIZAR ESSES RECURSOS, SÃO ESSES SENHORES QUE RESPONDERÃO CRIMINALMENTE PELA APLICAÇÃO INCORRETA DESSES RECURSOS.

    ESTE É UM DOS MOTIVOS QUE MUITOS MÉDICOS,MUITOS DENTISTAS E OUTROS PROFISSIONAIS DA SAÚDE NÃO QUEREM JAMAIS DIRIGIR HOSPITAIS E ESCOLAS DIANTE DE ADMINISTRADORES INCOMPETENTES E IRESPONSÁVEIS.

    COM A JUSTIÇA QUERENDO MOSTRAR SERVIÇOS,DEVIDO EM GRANDE PARTE A COBRANÇA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÕES,DA IMPRENSA ESCRITA,FALADA E TELEVISIONADA E AGORA COM O ADVENTO DA INTERNET RÁPIDA E VELOZ E COM O ANONIMATO MUITOS TÊM EXPRESSADO SEUS SENTIMENTOS E CONTADO MUITAS VERDADES E MUITOS PROMOTORES CONCURSADOS ESTÃO DANDO UMA RESPOSTA A SOCIEDADE QUE CLAMA POR HONESTIDADE,JUSTIÇA E MAIS CIDADANIA.

    É LAMENTÁVEL QUE PESSOAS QUE ONTEM DEFENDIAM AS BANDEIRAS DA ÉTICA,DA MORALIDADE PÚBLICA,DO FAZER CORRETAMENTE SEJAM PENALIZADAS COM A SUA PRÓPRIA SAÚDE E SUA PRÓPRIA VIDA.

    ERROS DEVEM TER SIDO COMETIDOS SIM,SENÃO,A PRÓPRIA JUSTIÇA DEVERÁ REPARAR SUAS PRÓPRIAS ATITUDES, MAS O ESTRAGO FOI FEITO NA VIDA DE UMA PESSOA QUE ERA TIDA COMO HONESTA E DE UMA HORA PARA OUTRA SE VÊEM COM O SEU NOME NAS PÁGINAS DOS JORNAIS COMO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.É PROFUNDAMENTE LAMENTÁVEL,REPITO.

    ResponderExcluir
  7. (...)(HC 147775-4. Rel. Des. Roberto Ferreira Lins. Julg. 13.02.2007) "1. A medida constritiva só pode ser decretada se for expressamente justificada sua indispensabilidade para assegurar a ordem pública, a instrução criminal ou aplicação da lei penal, em conformidade com o que dispõe o artigo 312, do Código de Processo Penal. 2. A prisão preventiva não pode estar fundamentada tão somente na gravidade do delito e em meras conjecturas sem apoio em fatos concretos." (HC 164497-9. Rel. Des. Marco Maggi. Julg. 21.02.2008) Nesse diapasão, estando a decisão vergastada desprovida de idônea fundamentação, resta evidente sua ilegalidade, o que autoriza a concessão liminar, por presentes o fumus boni iure e o periculum in mora. Posto isso, concedo a liminar para determinar que se expeça salvo-conduto em favor de Maria Emília Pessoa da Silva e alvará de soltura em prol de Maria Veridiana Albuquerque da Costa Vieira, até o julgamento final do writ, com o imediato recolhimento do mandado de prisão expedido. Estando os feitos suficientemente instruídos, colham-se pareceres da douta Procuradoria de Justiça, em matéria criminal. Comunique-se da presente decisão o Juízo impetrado. Recife, 26 de abril de 2013. Des. FAUSTO CAMPOS Relator PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO GABINETE DES. FAUSTO DE CASTRO CAMPOS Praça da República, s/n - bairro de Santo Antonio - Recife - PE - CEP 50.010-040 - Fone/fax: 3419-3352 mcn Decisão HC 303.073-1 e 303.186-3 - liminar deferida - falta fundamentação - 2 - PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO GABINETE DES. FAUSTO DE CASTRO CAMPOS Praça da República, s/n - bairro de Santo Antonio - Recife - PE - CEP 50.010-040 - Fone/fax: 3419-3352 mcn Decisão HC 303.073-1 e 303.186-3 - liminar deferida - falta fundamentação - 1 -

    ResponderExcluir
  8. http://www.tjpe.jus.br/processos/consulta2grau/ole_busca_processos_numero_texto2.asp?num=383406&data=2013/04/29%2015:24 entendeu? ou quer que eu desenhe! Meu Bem!

    ResponderExcluir