Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

PAULO CAMELO NA CDL GARANHUNS

Paulo Camelo e Manu, do PSOL, encerraram a série de encontros promovidos pela Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL, envolvendo a classe empresarial e os candidatos majoritários em nosso Município.

O postulante iniciou sua participação lembrando o desenvolvimento econômico de outros municípios pernambucanos como Petrolina, por exemplo, e o declínio da produção cafeeira e florista da cidade de Garanhuns quando no passado a cidade foi referência nestes segmentos.

Ele apresentou suas propostas de um futuro governo, destacando a preservação e recuperação do meio ambiente no Município, revelando sua atenção para recuperação de área verde devastada ou em processo de diminuição por conta do descaso do poder público ou até mesmo por conta do avanço econômico na Cidade sem que haja um controle deste desenvolvimento.

Paulo Camelo lembrou que nos governos anteriores a cidade de Garanhuns já perdeu parte da Colina Antas, o famoso casarão conhecido como Castelinho, de arquitetura holandesa e que chamava a atenção e atraia turistas, bem como o papel de destaque no Agreste Meridional apontando para estes fatos a omissão da classe empresarial, inclusive.

O candidato relatou que a população de Garanhuns não pode mais apostar em prefeitos aventureiros, fazendo referencia as três outras candidaturas, destacando que eles representam uma classe capitalista que não pensa nas necessidades do povo de Garanhuns.

Camelo relatou resumidamente os principais pontos de um programa mínimo de governo, composto por 18 (dezoito) tópicos que abrangem segmentos como cultura, juventude, comunicação, esporte e lazer, agricultura, direitos humanos e cidadania, etc.

Em seguida, o candidato do PSOL recebeu as propostas dos empresários para a construção de um futuro governo e respondeu aos questionamentos elaborados pela Câmara Setorial do Turismo da CDL Garanhuns.

O presidente da CDL, Fernando Couto, ao final do encontro com o candidato do PSOL, ressaltou a importância dos encontros promovidos pela Instituição no processo democrático da Cidade. “Cumprimos com o nosso papel, era exatamente isso que pretendíamos quando elaboramos esta série de encontros com os postulantes ao cargo de prefeito de Garanhuns, promover um debate saudável, instrutivo e esclarecedor para a construção da consciência política da nossa sociedade e acho que conseguimos”, finalizou. (Texto de Luciano André).

4 comentários:

  1. Ah,se os eleitores de Garanhuns,refletir-se um pouco mais, votaria neste humilde homem em forma de protesto. Eu não aguento mais ouvir candidatos já com dois, três mandatos e o povo revoltado e apoiando os homens ou eles estão certos ou nós eleitores estamos doido! Olha gente a vida como cana: só dá açúcar depois de passar por grandes apertos (autor desconhecido) E nós já passamos e estamos passando ou não? Pensa bem! Por favor!!

    ResponderExcluir
  2. Senhor Anônimo 15 de setembro de 2012 09:36,

    Eu não diria votar em forma de protesto, pois o referido candidato é competente. É engenheiro civil, foi meu colega do Banco do Brasil, é perito da CEF e da Justiça Federal, por tanto um homem deste é inteligente. O problema dele, é que o discurso político já está ultrapassado! Como hoje não existe mais a guerra fria, até mesmo o muro já caiu! Não tenho duvida de que se Paulo Camelo se atualizar politicamente e mudar o seu discurso, ele ainda será o prefeito de Garanhuns, pois competência para tanto, ele tem!
    Sales/Garanhuns

    ResponderExcluir
  3. Paulo Camelo sabe das coisas! ele só precisa trocar algumas palavras e parar de usar outras que estão fora de moda, pois é competente e tem conhecimentos. Ele é em termos de conhecimento o mais capacitado, pena que é vitima do discurso que plantaram em relação a ele e o povão ignorante acredita e vai dar voto a outros que dão caixa de fosforos com dinheiro, bebida e botijão de gás. uma coisa é certa só ha mudança quando o povo muda!!!! para Paulo Camelo se eleger é preciso mudar os eleitores de garanhuns através de educação de qualidade para que els possam ter senso círtico coisa ainda longe de acontecer!
    Nelson Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O POVO É UMA MASSA DE MANOBRA.ENTRA GOVERNO E SAI GOVERNO E A CANTIGA DA PIRUA É A MESMA,DE PIOR A PIOR.

      QUANDO O TIRIRICA DISSE,VOTE EM MIM,PORQUE PIOR DO QUE ESTÁ NÃO FICA,ELE ESTAVA CORRETO.

      O QUE VIMOS FORAM OS DEPUTADOS AUMENTAREM VERGONHOSAMENTE OS SEUS SUBSÍDIOS E SALÁRIOS EM 61,83%, ISTO É, SIMPLESMENTE DE DE R$ 16.700,00 PARA 26.732,13.

      ENQUANTO ISTO TEMOS 300 MIL SERVIDORES EM GREVE EM TODO O PÁIS E AS UNIVERSIDADES FEDERAIS PARADAS,ISTO É UM VERGONHA NACIONAL!

      AÍ VEM O CARO E DIZ, ESSE CARA FALA A MESMA COISA,O DISCURSO ESTÁ ULTRAPASSADO,QUE NADA, O SENHOR PAULO CAMELO TEM UM DISCURSO ANTIGO INCLUSO NO MUNDO MODERNO CHEIO DE ROUBALHEIRAS E OUTRAS COISAS MAIS.

      AS CAMPANHAS POLÍTICAS NÃO ESTÃO EDUCANDO O NOSSO POVO, E SIM, DESEDUCANDO.OS PARTIDOS PERDIDOS NO TEMPO E NO ESPAÇO.OS CABOS ELEITORAIS PRATICANDO AS MESMAS ESTIPOLIAS DE SEMPRE.

      A GRANDE MAIORIA NÃO ESTÃO INDO AS CASAS EDUCAREM O POVO, E SIM, FAZENDO PROMESSAS DIANTE DOS PEDIDOS QUE SÃO FEITOS PELOS ELEITORES.

      UMA JUSTIÇA ELEITORAL QUE MOSTRA NA TELEVISÃO UM MONTE DE DINHEIRO CUJOS VALORES VARIAM DE R$ 20.00; 50,00 E 100,00 E, DAQUI A POUCOS DIAS, O GOLPE SERÁ FATAL, ISTO É, A VERDADEIRA COMPRA DO VOTO.

      O RESTO É CONVERSA FIADA.O POVO EM SUA MAIORIA É SAFADO,CORRUPTO E SEM A MENOR VERGONHA NA CARA.

      PARECE QUE TUDO O QUE ESTAR SENDO MOSTRADO NA TELEVISÃO COM O JULGAMENTO DO MENSALÃO É COISA DE GRINGO E GREGO SIMULTANEAMENTE.

      É LOITA, EITA PAISINHO DESMORALIZADO. E AINDA VEM O IDIOTA E ME CHAMA DE PROFESSOR SEM MORAL E DESMORALIZADO EM PRAÇA PÚBLICA.

      PARABÉNS, PAULO CAMELO, TU ÉS UM EXEMPLO DE COMPETÊNCIA,SERIEDADE E DE TRABALHO.

      PALAVRA DE UM PROFESSOR.

      Excluir