ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

GOVERNO INAUGURA BARRAGEM DE CAJUEIRO


Numa solenidade relativamente modesta, nos salões da AGA, o Governo do Estado deu como concluídas, hoje, as obras da Barragem do Cajueiro (foto), reservatório que vai resolver de uma vez por todas a questão do abastecimento de água em Garanhuns. Como estamos em período eleitoral, o ato foi comandado pelo secretário de Recursos Hídricos de Pernambuco, João Bosco. A solenidade foi prestigiada por oito prefeitos do Agreste, a começar por Luiz Carlos de Oliveira, Antônio João Dourado (presidente da Amupe), Eudson Catão (presidente da Codeam), Sandoval Cadengue (Brejão), Dudu (Capoeiras), Aécio Noronha (Caetés), Nivaldo Júnior (Correntes) e Genivaldo Menezes (Águas Belas).

Usaram da palavra, na solenidade da AGA, Eudson Catão, Antônio João Dourado e Luiz Carlos. Os três estavam inspirados e fizeram discursos curtos e objetivos, com elogios ao governador Eduardo Campos e ao presidente Lula. O secretário João Bosco foi o último a falar, em nome do Governo. Depois foi servido um almoço ao público presente, formado por vereadores, empresários, diretores de clubes de serviço, vereadores e outras autoridades de Garanhuns e do Agreste.

Terminada o ato no Clube da Avenida Rui Barbosa, todos seguiram em carreata até o local da Barragem, no caminho de Brejão. Lá o reservatório foi inaugurado oficialmente.

Cajueiro tem capacidade para acumular 14,6 milhões de metros cúbicos de água, mais de duas vezes o potencial de Inhumas, que atendia Garanhuns juntamente com Mundaú. O Governo do Estado já investiu R$ 27 milhões na obra e irá gastar mais R$ 3,5 milhões em ações complementares para tirar a cidade de vez do racionamento.




2 comentários:

  1. Parabens a Garanhuns, depois de muito tempo, de moita reclamação estamos, em breve, livres de uma vez por todas da falta d`agua. O governo Eduardo Campos só não tem uma votação ainda maior em Garanhuns, aumentando ainda mais a decepção de Jarbas, porque fez a burrada de mandar colocar medidores de água nas residencias o que deixou boa parte da população xateada devido ao aumento, e grande, nas contas das pessoas mais carentes.

    ResponderExcluir
  2. Há pouco tempo só se ouvia o povo reclamando da falta de água. Nas rádio era uma queixa só. Agora o governador investe 30 milhões, faz a barragem do Cajueiro e tá sobrando o líquido nas torneiras de quase todos os bairros. E ficam um bocado de gente besta só fazendo comentários sobre Izaías,Zé da Luz, Leonardo, Sivaldo... Ô povo cego! Um 1000 para Eduardo Campos e a nova barragem.

    Tereza Batista da Silva, Rua Diário de Pernambuco, Heliópolis.

    ResponderExcluir