ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

FESTIVAL É AMPLIADO E AQUECE ECONOMIA LOCAL

O Garanhuns Jazz Festival, que chega a 6ª edição este ano, deve atrair à cidade no período de carnaval um público de 20 a 30 mil pessoas. Inclusive, após a divulgação do evento nas mídias sociais, estados vizinhos a Pernambuco – como Ceará, Maceió e Sergipe – já organizam caravanas para participar dos quatro dias do evento. Só no palco principal está prevista a apresentação de mais de 100 músicos. Aproximadamente R$ 2,5 milhões devem ser injetados na economia do município durante os dias de Carnaval. Mais de 800 empregos diretos e 500 indiretos estão sendo gerados. E ainda há mais benefícios. A rede hoteleira da cidade, por exemplo, que hoje tem cerca de dois mil leitos, deve atingir 100% de ocupação durante o festival. 

Uma mega estrutura será montada para garantir o conforto e a segurança das pessoas que irão assistir aos shows. Toda a área reservada para o evento terá cobertura e iluminação especial, evitando que o risco de chuvas atinja a plateia, além de cadeiras e mesas totalmente gratuitas. “Estamos trabalhando com um orçamento limitado, mas vamos ampliar o festival este ano. Nossa área coberta terá capacidade para oito mil pessoas sentadas”, informa Gerlane Melo, Secretária de Turismo do Município.

O palco e a estrutura de som também estão maiores. São cerca de três mil cadeiras a mais que no ano anterior”, comemora o prefeito Izaías Régis, que está dando todo apoio ao Garanhuns Jazz Festival. Além disso, na Praça Guadalajara, haverá também uma pequena praça de alimentação com quiosques de alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade (com serviço de garçons), banheiros químicos e surpresas relacionadas à decoração.

“Quem chegar a Garanhuns vai se surpreender com a decoração alusiva ao jazz que vamos fazer na entrada e em toda a cidade”, antecipa o prefeito Izaías. E já há planos para a próxima edição do evento. “Nossa intenção é ampliar o festival no próximo ano. É uma festa diferenciada e vamos buscar patrocinadores nacionais”, salienta o dirigente do município. 

Em cinco anos de realização do Garanhuns Jazz Festival, o índice de violência registrado pelo município durante os dias de evento foi zero.

Um comentário:

  1. Menos, menos, oitocentos empregos diretos e quinhentos indiretos,normalmente é o contrário, o número de indiretos é sempre maior que o direto, se,se tiver 20% desses alarmantes números já deve ser bem comemorado, 1300 é um pouco demais. No festival de inverno, nessas contas vão ser 50000 diretos e 30000 indiretos, já que na conta deles o direto é maior que o indireto.Mentira tem pernas curtas. Já vi que garganta não vai faltar nos próximos 3 anos 11 meses e 14 dias.Tem quem acredite, se colar colou.César Cavalcante L. da Silva COHABII

    ResponderExcluir