ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

GARANHUNS DIGITAL

O Projeto Garanhuns Digital esta próximo de ser concretizado. É que o Ministério das Comunicações autorizou a realização de testes, através da liberação do sinal de internet gratuito para usuários que se encontrem no Centro da Cidade. A iniciativa é fruto de uma parceria da Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, junto ao Governo Federal; Motorola e outras empresas do ramo de tecnologia.

O Projeto já esta em funcionamento na Cidade e a internet gratuita já vem sendo utilizada em Telecentros Comunitários, instalados nas Escolas Municipais: Miguel Arraes de Alencar; Professor Antônio Gonçalves Dias (CAIC); Mário Matos; José Brasileiro Vila Nova e Letácio Brito, sendo restritos aos alunos matriculados naquelas Instituições de Ensino. Já a população, como um todo, também já pode usufruir do beneficio, através do acesso aos computadores da Biblioteca Pública Municipal, localizada no Parque Euclides Dourado.

Para ter acesso gratuitamente a Internet, basta apenas o usuário utilizar o computador ou celular e buscar o sinal Garanhuns Digital. Neste primeiro momento, não haverá senha para utilização, já que o sinal está sendo testado..

4 comentários:

  1. Caetés já desfruta deste projeto há alguns meses, é uma parceria entre o ministério das telecomunicações, Dell informática, prefeitura entre outros, o problema daqui de Caetés é que no inicio era uma beleza, a velocidade era algo no nível de Velox, só que há cerca de duas semanas a velocidade caiu muito e isso quando funciona, e de acordo com que se foi apurado na cidade existe duas possibilidade: uma é que a prefeitura esta bloqueando o acesso para que a população não fique a par das noticias envolvendo os ex-gestores do município e a outra é que as pessoas que prestam serviços de manutenção e que também fazem parte da parceria estão de conchavo com os donos de provedores, para que os mesmos não percam os cliente, pois é claro que quem pode comprar uma antena e se livrar das mensalidade de um provedor, assim o fara. Como Caetés é terra sem dono, onde qualquer maloqueirozinho manda, aliais hoje Caetés é centro de distribuição de tudo que não presta para as cidades vizinhas, por isso e por outras coisas é que aqui é terra sem lei.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo idiota esse enquanto muitas cidades almejam o sistema wireless,e Caetés à possui.Vem um tabacudo e mistura política no meio.
    Estão igual eleitores de SERRA,até hoje não digeriram a derrota,e são muitas,para Zé da luz,tome remédio imbecis.FReire/Caetés

    ResponderExcluir
  3. Freire, que falta de educação, pega teu envelope e faz um curso de nivel pra te educar.

    ResponderExcluir
  4. Não é preciso ter argumentos agressivos aqui, é sempre bom criticar para que as pessoas responsáveis vejam que o acesso está cada vez maior, e entendam quanto mais pessoas acessando mais lenta fica. E compreendam também que esse acesso é para inclusão digital e não para se esbanjar.

    ResponderExcluir