DENÚNCIA FEITA POR EX-FUNCIONÁRIO DO PREFEITO IZAÍAS RÉGIS É DEVASTADORA

A segunda reportagem publicada pelo blogueiro Gidi Santos sobre a denúncia feita contra o prefeito Izaías Régis (PTB) no Ministério Público é devastadora.

Principalmente pela carta do ex-funcionário do gestor, que enumera 20 atos de corrução envolvendo o petebista, familiares e pelo menos um secretário (a) do governo municipal.

Chama a atenção, ainda, nas revelações, a demissão de uma jornalista que fazia assessoria ao prefeito e teria sido afastada por interferência da primeira dama, que estaria com ciúmes.

Os fatos estão sob investigação do Ministério Público e se comprovados vão complicar bastante a vida do prefeito.

O denunciante trabalhou 28 anos com Izaías e confessa ter praticado “crimes”, a mando do atual prefeito.

Ele diz que não se incomoda de ser preso, reconhecendo que precisa pagar pelo que fez. “Não tenho mais nada a perder”, justificou.

Revolta contra o ex-patrão foi motivada por conta de uma dívida. Segundo o ex-empregado do prefeito, ele tomou R$ 700 mil emprestado, em nome do chefe, e essa quantia nunca foi paga.

Na carta o denunciante deu um prazo para Izaías Régis quitar a dívida. Como isso não foi feito ele procurou o promotor e revelou as “falcatruas”.

Maioria dos fatos são acompanhados de provas. Outros ele pede que o Ministério Público investigue, por conta dos indícios de fraudes.

Um comentário:

  1. Todo mundo aí em Garanhuns sabe quem é esse Izaías. Foi preciso um ex empregado, tão corrupto quanto ele, para a justiça descobrir. Eita BraZil véi ruim de moral!

    ResponderExcluir