RUAS DO DOM JOÃO DA MATA PEDEM SOCORRO


Administração do prefeito Izaías Régis tem se destacado pela grande número de ruas pavimentadas, em asfalto ou paralelepípedo.

Muitas das obras feitas, no primeiro ou segundo mandato, valeram a pena, como aconteceu na Cohab II, na Brasília e Magano.

Em algumas áreas, no entanto, os moradores não tiveram sorte.

Na Avenida Sul na Boa Vista, por exemplo, o asfalto é de má qualidade e a via, que liga o centro à Cohab II, sendo utilizada inclusive pelos ônibus da São Cristóvão, fica cheia de buracos no inverno, de modo que a pista tem de passar por reparos constantemente.

Mas nada que se compare ao que aconteceu no Dom João da Mata Amaral. Lá os moradores esperaram por vários governos para pavimentar uma única rua, pois a situação na área era a pior possível.

Veio o governo de Izaías e pavimentou todas as ruas do bairro. A alegria durou pouco. Firma encarregada do trabalho fez um serviço nojento e não existe uma única via em que o asfalto tenha resistido ao tempo.

Em poucos meses o asfalto virou uma espécie de "tábua de pirulito", os buracos tomaram conta e não está muito diferente de antes, quando as ruas eram na terra.

O dinheiro público foi gasto e, ao que tudo indica, jogado fora. As ruas do Dom João da Mata pedem socorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário