segunda-feira, 25 de novembro de 2019

DUDU JÁ TEM MAIORIA DOS VEREADORES AO SEU LADO

Dudu no churrasco no Sítio Capoeira do Pinto 

Mesmo sem mandato, há sete anos afastado do poder, o ex-prefeito Dudu conseguiu maioria na Câmara de Vereadores de Capoeiras.

Agora, na condição de pré-candidato à prefeitura, ele soma seis vereadores ao seu lado, contra cinco de Neide Reino, que tem a caneta nas mãos, mas não para de perder aliados.

Confirmada a adesão do vereador Bruno da Ótica, que apoiou Neide, em 2016, e estava com Carlos Batata, Dudu agora tem prontos para subir no seu palanque os vereadores Jacó Bahia, Verônica, Carla, Érico, Sérgio Papa Légua e Bruno da Ótica.

Além desses citados, o ex-vereador Júnior Rodrigues também anunciou apoio a pré-candidatura de Luiz Claudino de Souza.

É possível, ainda, que mais um vereador deixe o grupo governista nos próximos dias, afora alguns pré-candidatos à Câmara Municipal.

Oposição ter maioria na Câmara é um fato inédito em Capoeiras, desde que o município se emancipou politicamente de São Bento do Una.

Dudu nesse retorno à política tem demonstrado muita disposição e habilidade, tendo inclusive coragem de fazer autocrítica,  reconhecendo que cometeu erros quando estava na prefeitura, de 2009 a 2012.

Ao se portar com humildade, o empresário e político tem conquistado a simpatia do povo de Capoeiras, que ao fazer comparações entre a sua gestão e a da atual prefeita tem deixado claro a aprovação  ao trabalho do ex-prefeito, enquanto reprova a atual administração do município.

Isso se reflete no sentimento das lideranças, que estão abandonando o barco governista e migrando para a oposição.

Um comentário:

  1. Isto já é o efeito dominó do fim das coligações proporcionais.0s partidos todos terão que disputar as vagas de vereadores individualmente.0s candidatos fortes arrastarão os possíveis candidatos a vereadores que tem votos e condições de enfrentar uma campanha.Tudo será trabalhado em função do dobro das vagas a serem preenchidas com 70% de homens e 30% de mulheres.

    Vagas existem em todos os partidos,porém existem limites partidários,isto é, numa cidade com 9 vagas serão 13 homens e 5 mulheres. Eis o nó da questão para os candidatos desatar até as filiações em abril de 2020 e até as convenções partidárias em junho e julho de 2020.

    ResponderExcluir