segunda-feira, 25 de novembro de 2019

PSB TERÁ BONS NOMES NA DISPUTA PELA CÂMARA


Chapa de candidatos a vereador pelo PSB, partido do deputado Sivaldo Albino, deve ser bem competitiva na eleição de 2020.

Um dos pré-candidatos é o professor Carlos Tevano, que foi vice na chapa de Sivaldo em 2016.

Outro nome que se destaca é o da advogada Claudomira Andrade.  Ela já disputou a prefeitura e o mandato de deputada e se trata de uma excelente pessoa. Acredito que seria uma excelente parlamentar.

Jhonny Albino, irmão de Sivaldo, deve tentar uma vaga na Câmara Municipal mais uma vez. A expectativa é que dobre a votação da eleição passada, quando passou de mil votos. Caso isso aconteça será eleito tranquilamente.

Tem mais nomes fortes no PSB e PSD (que também está com Sivaldo) que posteriormente serão divulgados.

Sivaldo ainda não confirmou se vai disputar a prefeitura de Garanhuns mais uma vez.

2 comentários:

  1. ..........Sivaldo ainda não confirmou se vai disputar a prefeitura de Garanhuns mais uma vez... SEI!!! AINDA NÃO CONFIRMOU... HAN... RÃ... QUE DIZER: AINDA NÃO CONFIRMOU!!! ENTENDI, HAN... RÃ...

    ResponderExcluir
  2. 0s deputados federais e os senadores que aprovaram a minirreforma política impondo que cada partido faça política sem fazer coligações proporcionais,mas na majoritária pode se coligar.Isto quer dizer que um partido que não tem um candidato a prefeito pode se coligar na majoritária apoiando o candidato a prefeito.

    Eu já vivi estas e outras realidades.0s candidatos a prefeito buscaram vários partidos para fazerem uma grande coligação nos municípios pequenos e grandes também como por exemplo em Lagoa do Ouro.

    Formaram na eleição passada as seguintes coligações: oposição formaram uma chapa com PT-REDE-PMDB-DEM-PP-PSDB-PTN apoiando o candidato a prefeito Edson Lopes. 0 prefeito Marquidoves formou uma chapa com o PSB-PTC-PTB-PR-PSD.A situação elegeu 7 vereadores e a oposição elegeu 2 vereadores.Este quadro irá mudar radicalmente em 2020.

    0s Deputados Federais e Senadores acabaram com as coligações proporcionais.Mas deixaram uma brecha para as coligações majoritárias.

    E ao mesmo tempo puseram barreiras aos partidos.Um vereador para ser eleito em determinado partyido precisa ter 10% do quociente eleitoral.Isto é,se o quociente eleitoral fora de 720 votos o candidato deverá ter 72 votos para ser eleito desde que o partido consiga ter com os votos de legenda 720 votos para eleger um vereador. Para eleger 2 vereadores terá que ter o dobro de votos.

    Esses cálculos matemáticos tem me levado a fazer um estudo minucioso em todas as eleições que disputei de 1982 pela primeira vez ao lado do ex-prefeito Aristides Nery Monteiro passando até 2016 quando disputei a última eleição ao lado do prefeito Marquidoves Vieira Marques.

    Que muitas das vezes me telefonou para compreender as coligações,os quocientes eleitoral e partidário.

    Em 1996 fui vítima dessas reformas políticas pela metade aprovadas por Deputados Federais e Senadores que pensam somente neles e que os outros se virem.

    Em 1995 quando aprovaram a minirreforma política dizendo que se houvesse coligação poderiam lançar 200% das vagas a serem preenchidas.Numa cidade com 9 vereadores poderiam se lançar 27 candidatos.Sendo 70% de homens e 30% de mulheres. Antes era de 150% o que daria 22 candidatos sendo70% de homens e 30% de mulheres.

    Veio o ex-deputado federal Miro Teixeira do PDT e entrou com uma liminar ao TSE para derrubar o parágrafo segundo daquela lei eleitoral. E conseguiu derrubar o parágrafo segundo prevalecendo a regra antiga de 150%.

    Hoje pela reforma aprovada os partidos para sobreviverem politicamente terão que disputarem individualmente as vagas de vereadores,isto é,coligação somente na majoritária.

    Então a disputa será mesmo e pra valer para vereador.0s candidatos a prefeitos terão que pensar muito para conseguir formar chapas fortes e em condições de disputar o pleito de 2020 para eleger vereadores.Se não corre o risco de ganhar o pleito para prefeito e não eleger nenhuma vereador.

    Em 1988 quando disputou o cargo de prefeito por Lagoa do Ouro o médico veterinário Dr. Arisalay Queiroz Monteiro perdeu a eleição por apenas 87 votos,mas para vereador somente eu ZECA BARBOSA consegui ser eleito.

    Em 1996 o prefeito Eleito Aldemar Júnior Monteiro Marques foi eleito com mais de 5.500 votos,mas não conseguiu eleger nenhum dos 2 candidatos a vereador EU ZECA BARBOSA E GERÔNIMO MORAIS DA SILVA. Tudo em função do quociente eleitoral e partidário.

    Por isso que os candidatos a prefeito aumentaram e deverá aumentar em todos os municípios brasileiro.0s deputados federais e senadores obrigaram os partidos a terem candidatos para poderem sobreviver futuramente.

    0 presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia disse que essa reforma foi para organizar a casa e que muitos partidos serão atingidos com as barreiras impostas aos partidos pequenos.Ou disputam eleições ou não terão vida longa daqui pra frente. 0s partidos estão sendo criados visando o fundo partidário sem ter votos.

    ResponderExcluir