ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sábado, 17 de agosto de 2019

SECRETARIA FAZ TRABALHO DIFERENCIADONA ÁREA RURAL



A Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) Estivas e do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (Nasf-AB), em conjunto com a equipe do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família com ênfase em Saúde do Campo da Universidade de Pernambuco (UPE), promove uma programação especial voltada para a população da área rural do município. Todas as sextas-feiras, os servidores realizam atividades terapêuticas na UBS Estivas, usando as Práticas Integrativas e Complementares (Pics), com o intuito de promover saúde, prevenir e tratar doenças de modo integrado e complementar às terapias medicamentosas.

Com a iniciativa, cerca de 20 pessoas da localidade são beneficiadas semanalmente, com auricoloterapia (técnica chinesa operada com sementes para prevenção e tratamento de doenças), reiki (técnica japonesa de revitalização e harmonização das energias corporais), massoterapia, escalda-pés, shantala (técnica de massagem que ajuda no relaxamento de bebês), e fitoterapia a partir de 20 tipos de plantas medicinais, usadas para diminuir gradualmente o consumo de medicamentos alopáticos, e que são cultivadas ao lado da unidade. O cultivo visa a criação de uma Farmácia Viva, como é preconizado pelo Ministério da Saúde.

A “Sexta das Pics” é fruto de uma parceria firmada, em 2015, entre a Secretaria Municipal de Saúde, e a Universidade de Pernambuco: o Programa de Residência Saúde da Família do Campo que, atualmente, está em sua 5ª turma. “Sem dúvidas a saúde da população do campo é uma das nossas prioridades. O trabalho positivo, de acolhimento e acompanhamento dos pacientes, desenvolvido nas unidades da área rural, é resultado do empenho de todos os profissionais da rede”, pontuou a secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes.

De acordo com o professor e coordenador do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família com ênfase em Saúde do Campo da UPE, Itamar Lages, a parceria viabiliza uma ampliação dos serviços de saúde na área da USF de Estivas. “Em Estivas as Pics superaram o caráter alternativo e se tornaram práticas rotineiras e estruturantes na organização da assistência à população; e isso atesta o acerto da parceria entre a Universidade de Pernambuco e a Secretaria de Saúde de Garanhuns.”

*PNPIC —* No Brasil, a PNPIC foi implementada nacionalmente em 2006, dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). Porém, o debate sobre as práticas integrativas e complementares começou no final de década de 70, visando ampliar a oferta de serviços para atender às demandas da população. A PNPIC também tem servido para instituir uma nova cultura de cuidado à saúde, conforme a concepção de saúde como resultante das condições básicas da existência humana.

*Texto: Aquilles Soares. Fotos: Camila Queiroz (Secretaria de Comunicação).

Nenhum comentário:

Postar um comentário