SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sábado, 31 de agosto de 2019

O PROTESTO DE ROBERTO CARLOS SOBRE A AMAZÔNIA


A Amazônia queimando, o mundo inteiro demonstrando preocupação e ninguém ouviu uma palavra do cantor Roberto Carlos sobre a questão.


Artista mais bem-sucedido da história da música popular brasileira, RC sempre evitou se posicionar politicamente e há quem diga até que ele compactuou com o regime militar.

Cantor, no entanto, fez algumas músicas de protesto durante a sua carreira, demonstrando preocupações com a destruição da natureza, a venda de armas e os efeitos colaterais do progresso, num mundo em que "a economia importa muito mais do que a ecologia".

Em 1976, Roberto dizia que não queria ver tantas nuvens escuras nos ares, nem tantas manchas de óleo nos mares.

Na década seguinte fez trocadilho usando o futuro e passado e cravou esta frase numa canção: "O mar quase morre de sede no ano passado/Os rios ficaram doentes com tanto veneno/Diante da economia/Quem pensa em ecologia..."

Bateu mais forte com “Paz na Terra”, música de 1985: “Mas que animal estranho é o homem/Que procura a vida prolongar/ Permitindo abusos da ciência/Absurdos nucleares/E outras formas de matar/Enlouquecidos e em conflito/falam de armas no infinito/Nas estrelas não eu peço eu peço...”.

Foi em 1989, ano da primeira eleição para presidente do Brasil, depois de 20 anos de ditadura, que Roberto Carlos deu seu grito a favor da Amazônia. Se fica calado neste momento, 30 anos atrás ele protestou:

“De um futuro de poucos anos/Sangue verde derramado/O solo manchado/Feridas na selva/A Lei do Machado/Terríveis sinais de alerta, desperta pra selva viver/Amazônia, insônia do mundo”.

Quase 10 anos antes, em 1981, o rei fez a sua melhor canção de protesto até hoje, por conta da melodia muito bonita e da letra bem elaborada. “As Baleias” é uma das melhores músicas do artista de Cachoeiro de Itapemirim.

“Não é possível que você suporte a barra
De olhar nos olhos do que morre em suas mãos
E ver no mar se debater o sofrimento
E até sentir-se um vencedor neste momento
Não é possível que no fundo do seu peito
Seu coração não tenha lágrimas guardadas
Pra derramar sobre o vermelho derramado
No azul das águas que você deixou manchadas
Seus netos vão te perguntar em poucos anos
Pelas baleias que cruzavam oceanos
Que eles viram em velhos livros
Ou nos filmes dos arquivos
Dos programas vespertinos de televisão...”.
Vale a pena assistir o vídeo do YouTube:


Um comentário:

  1. Roberto Carlos com suas músicas cantou e encantou gerações. Transmitiu culturas enraizadas em verdades antigas e atuais. Foi e ainda continua mandando suas mensagens verdadeiras para todos nós mesmo sem nunca ter participado diretamente da política apesar de ser um político por natureza.

    Afinal, todas as decisões políticas recaem sobre o povo em geral. Cantando e nos emocionando ele nos mandou e manda mensagens puramente verdadeiras.

    Parabéns,JORNALISTA ROBERTO ALMEIDA ,por nos proporcionar essa felicidade de ouvir Roberto Carlos cantar as BALEIAS NO OCEANO E A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO PLANETA,A FLORESTA AMAZÔNICA QUE CLAMA POR JUSTIÇA!

    ResponderExcluir