ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 22 de abril de 2019

NÁUTICO VALENTE, SPORT MAIS UMA VEZ CAMPEÃO



O Sport dominou o Náutico nos Aflitos. Venceu por 1 x 0, mas o placar podia ter sido maior.

Então domingo passado, com a partida sendo disputada na Ilha do Retiro e o Leão precisando de um simples empate para ser campeão, quem acreditava que o Timbu pudesse obter um bom resultado no campo do adversário?

Nem mesmo os alvirrubros. Tanto que dos 27 mil e poucos torcedores presentes à ilha mais de 25 mil eram rubro-negros.

Torcida do Sport já entrou no estádio com faixas e cartazes de campeão. Otimismo total.

E o grito de Campeão no estádio começou cedo, porque com pouco tempo o Sport fez 1 x 0.

Antes de terminar o primeiro tempo, porém, o Náutico empatou, com um gol meio estranho.

O Sport, contudo, nem pareceu sentir, afinal a vantagem do Leão era grande demais. Bastava o empate, jogava em casa, a torcida apaixonada empurraria o time para mais uma conquista.

Não dá para comparar. O Leão da Ilha tem um time milionário, com jogadores recebendo R$ 80, 100 e até 150 mil por mês.

No timbuzinho, ao contrário, quem ganha muito fatura entre R$ 6 e 8 mil.

Veio o segundo tempo, contudo e nem os salários altos, nem a torcida eufórica do Sport, nem a tradição adiantaram muita coisa, os meninos do  Náutico se agigantaram em campo, acuaram o adversário e não é que viraram o jogo?

Time que já entrou derrotado em campo venceu por 2 x 1 e o Campeonato Pernambucano foi decidido nos pênaltis, coisa rara no estadual.

E aí, todo mundo sabe que pênalti é loteria, uma espécie de roleta russa.

Dois jogadores do Náutico cobraram mal, o goleiro Mailson fez a parte dele e defendeu duas cobranças, enquanto Bruno, do Náutico, dançou, dançou,  mas não pegou nada.

Sport campeão mais uma vez, a comemoração começou ontem e segue até hoje.

O que vale mesmo é o título, certo?

Mas vamos ser justos com esses meninos do Náutico. Eles foram mais longe do que se esperava, obtiveram uma vitória que parecia impossível, se mostraram valentes o tempo todo.

Perderam com honra para um grande time. Foi um belo espetáculo de futebol. 

Pena que somente uma torcida, um time, pode sorrir ao final, porque a derrota sempre dói, pouco ou muito, mas dói.

*Foto: Cássio Zirpoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário