sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

PARQTEL AVANÇA EM PROJETOS NA ÁREA TECNOLÓGICA



De Thatiana Pimentel, no Diário de Pernambuco:

Nesta sexta-feira, o Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologias Associadas de Pernambuco (Parqtel) inicia uma nova etapa do seu projeto de requalificação. O parque está abrigando sua primeira turma de residência tecnológica na área de inteligência artificial com 10 meses de duração e objetivo de formar profissionais com habilidades técnicas para solucionar problemas práticos em empresas de manufatura avançada. A iniciativa representa um esforço da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) de estimular o desenvolvimento de recursos humanos qualificados e com foco no processo de transformação digital no estado. Ainda em fevereiro, mais três projetos entrarão na incubação do parque, totalizando oito empresas incubadas, e, até abril, será finalizado o laboratório de prototipagem de eletrônicos do Parqtel, com custo de R$ 600 mil. O valor total da requalificação do Parqtel, cujo período é de 2017-2022, é de R$ 4 milhões.

Segundo Carmelo Filho, cientista chefe do espaço, a residência é um projeto piloto e fortalecerá o pilar de capacitação do parque. “Inicialmente temos dez selecionados.Eles receberão, respectivamente, bolsas no valor de R$ 2,2 mil e R$ 3 mil, custeadas pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe) e a Fundação para Inovações Tecnológicas (FITec). A seleção dos residentes foi realizada no final de 2018, através de edital da Facepe”, detalha. Com 360 horas aula, estão previstas atividades acadêmicas gerenciadas pela UPE, responsável pela formação teórica, e atividades de desenvolvimento tecnológico com foco em projetos reais apresentados por empresas, gerenciadas pela FITec. Os profissionais formados receberão também um certificado de especialista em inteligência artificial (Lato Sensu). 

Já no segundo semestre, um sétimo laboratório está sendo planejado no Parqtel, o de pré-testes. Ele irá se juntar aos já inaugurados laboratórios de modelagem, manufatura aditiva, prototipagem rápida e usinagem, suporte e robótica industrial. 

Reforço

Em dezembro, o Parqtel inaugurou em sua área o Instituto de Inovação Tecnológica da Universidade de Pernambuco (ITT/UPE) que foi instalado numa área de 1,6 mil metros quadrados dentro do parque e teve um custo de R$ 6,9 milhões(recursos da Finep, CNPQ, Facepe, UPE e empresas privadas). O novo prédio conta com quatro pavimentos e está estruturado para receber oito laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento (Manufatura Avançada, Energias Renováveis, Biotecnologia, Sistemas Construtivos, Optoeletrônica, Sistemas Ciber-físicos, Data Science e Telemática e Visão Computacional).

Também foram construídos nove laboratórios de inovação, os quais serão utilizados pelas empresas parceiras para a finalização de produto. Os laboratórios foram concebidos em alinhamento aos programas de pós-graduação da UPE e às diversas demandas da indústria local e nacional. O IIT conta ainda com espaço de convivência, salas para reuniões e um auditório.

JC – E o Jornal do Commercio destaque que o Parqtel inicia hoje o curso de Residência Tecnológica em Inteligência Artificial. Serão contemplados 10 bolsistas que poderão se especializar em problemas práticos de empresas com atuação em TIC.

O curso, de 10 meses, é uma parceria do Paqtel, UPE, Facepe e Fitec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário