quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

ÁLVARO PEDE RESTAURAÇÃO DE RODOVIAS DO AGRESTE



Estradas estaduais que ligam municípios e/ou cortam o Agreste Meridional estão carentes de recuperação há anos, dificultando mobilidade e atividades econômicas e ponto em risco a vida de quem mora ou circula pela região. Os prejuízos financeiros e de tempo, além de acidentes e mortes são evidenciados a cada dia. Enfim, trata-se de rodovias que carecem de reparos e manutenção urgentemente. 

Ciente dessa realidade, o deputado estadual Álvaro Porto (PTB), que inúmeras vezes solicitou melhorias para as PEs entre 2015 e 2018, volta a reivindicar os serviços agora início do segundo mandato. Ao longo deste mês de fevereiro Porto apresentou cinco indicações à Mesa Diretora da Alepe, solicitando ao Governo do Estado a recuperação de estradas em diversos municípios.

Uma delas pede o restauro da PE-187 no trecho que liga Angelim, Correntes e Palmeirina. Outra apela para o trecho da PE-203 entre a BR-424 e a município de Lagoa do Ouro. O segmento da PE-170 que permite a ligação entre Canhotinho, Jurema, Calçado e Lajedo também foi alvo de indicação. Do mesmo modo, o deputado reivindica a recuperação da PE-177, no trecho entre Garanhuns e Quipapá (Mata Sul), e da PE-158, entre Calçado e Jupi.

Na justificativa da ultima indicação, Porto lembra que a recuperação chegou a ser anunciada em 2013, mas destaca os dez quilômetros entre Calçado e Jupi permanecem esquecidos, com condições precárias de tráfego e oferecendo risco para quem precisa usar a PE-158.

Sobre os 56,3 quilômetros da PE-177, entre Garanhuns e Quipapá - passando por São João e Canhotinho e ligando Agreste Meridional e Mata Sul - o deputado lembra, que além de desconforto, atrasos e riscos, as transportadoras têm amargado prejuízos por conta da perda de mercadorias.

A presença de buracos, desgastes na cobertura asfáltica, falta de acostamento e sinalização são problemas presentes em todas as estradas citadas. Nos pedidos apresentados, o deputado insiste que é preciso, urgentemente, reparar as rodovias, garantindo agilidade, fim de prejuízos e principalmente segurança para motoristas e passageiros que precisam transitar entre os municípios do Agreste Meridional e Mata Sul.

Os pedidos apresentados pelo deputado foram endereçados ao governador Paulo Câmara (PSB), à secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, e ao presidente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PE), Silvano José Queiroga de Carvalho Filho. 

O petebista argumenta que a população da região continua cobrando as obras e somando perdas financeiras, acidentes e, infelizmente, mortes.  

CURVA DA LARANJEIRA - Além das melhorias nas PEs, Álvaro Porto solicitou ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) a instalação de redutores de velocidade (lombadas eletrônicas) no trecho da BR-424 conhecido como  "Curva da Laranjeira", no município de Garanhuns. 

Segundo o deputado, aquele ponto tem se convertido num dos mais perigosos da rodovia, registrando acidentes automobilísticos com feridos e vítimas fatais. Com a sinalização, avalia a indicação do petebista, o trecho ganhará em segurança e os riscos de novas tragédias devem ser reduzidos. 

O pedido foi apresentado à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, com apelo contudente ao superintendente regional do DNIT em Pernambuco, Cacildo de Medeiros Brito Cavalcante. (Da Assessoria do Parlamentar).

Nenhum comentário:

Postar um comentário