ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

terça-feira, 19 de junho de 2018

PREFEITURA DE GARANHUNS JUSTIFICA USO DO CARRO DA SAÚDE PARA COMPRAR TECIDOS EM CARUARU

Em alguns blogs da cidade e nas redes sociais foi denunciado o uso de um veículo da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Garanhuns para o transporte de tecidos de Caruaru para cá.

A Assessoria da Prefeitura divulgou nota explicando o porquê do carro do Governo Municipal estar na Capital do Agreste. Assegura que não houve irregularidade na utilização do veículo.

Segue a nota da Assessoria:

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Infraestrutura, órgão responsável pela administração da frota do Governo Municipal, esclarece que o veículo pertencente a Secretaria de Saúde, um Volkswagem/Amarok, placa PCY 4607, que foi fotografado em Caruaru, estava a serviço do Governo Municipal de Garanhuns.

A pasta informa ainda que se trata de um veículo de carga, que realiza o serviço de transporte de Vacinas para os Postos de Saúde do município, atividade que não estava prevista para o dia de hoje, 18 de junho de 2018.

Ainda segundo a Secretaria de Infraestrutura, tendo em vista a Associação Casa do Artesão ser parceira do município de Garanhuns na produção do evento ‘A Magia do Natal’, a Secretaria de Turismo e Cultura, que assim como outras secretarias municipais, não dispõe de veículos próprios, solicitou a cessão do veículo para transportar tecidos que foram adquiridos pela Associação Casa do Artesão e que serão usados na montagem de estruturas do evento ‘A Magia do Natal’, sendo prontamente atendida.

A Secretaria de Infraestrutura informa ainda, que, tal deficiência (falta de veículos) já está sendo solucionada, através da competente locação de veículos, tanto para a Secretaria de Turismo e Cultura, quanto para as demais pastas do Governo Municipal de Garanhuns, que não dispõem de Veículos em suas estruturas funcionais.

*A foto acima é a mesma que circulou nos grupos do Facebook e WhatsApp denunciando suposta irregularidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário