sábado, 21 de abril de 2018

VIVA DOMINGUINHOS DEVE TER HOJE RECORDE DE PÚBLICO


O  Viva Dominguinhos termina neste sábado e deve bater recorde de público, pelas atrações do dia/noite e por amanhã ser domingo, quando poucas pessoas trabalham.

O evento começa a movimentar a cidade às 9h, com a Caminhada do Forró, com concentração em frente ao Parque Euclides Dourado.

A partir das 10h , o Palco Canta Dominguinhos, no Espaço Colunata, receberá a Roda de Sanfona 2,  com seis participantes:, o projeto Seu Domingu’s, Gena de Altinho, Mateus Cordeiro, JoãoNeto, Amanda Back e Nando Azevedo.

Na praça principal,  a partir das 20h, shows com a garanhuense Kiara Ribeiro, Marina Elali, Fagner e Alcymar Monteiro.

Esses artistas, todos de qualidade e com prestígio na cidade, no Nordeste e no Brasil, devem arrastar uma multidão que vai competir com os maiores públicos do Festival de Inverno.

EMOÇÃO - Os cantores que se apresentaram ontem à noite,  na Praça Mestre Dominguinhos,  emocionaram um público de aproximadamente 60 mil pessoas, segundo a organização do evento.

Os shows de Forró Culé de Xá, Andrea Amorim e Orquestra Gold Hits, Mariana Aydar e Mestrinho, Dorgival Dantas e Waldonys fizeram muita gente chorar,  relembrando os antigos amores e também embalaram novos romances.

A apresentação do Forró Culé de Xá foi baseada em toadas, repentes, violeiros cantadores e poetas regionais, enfatizando o cotidiano do homem nordestino e as raízes da cultura dessa região. Já a garanhuense Andrea Amorim se uniu à Orquestra Gold Hits para um verdadeiro espetáculo ao som de metais, guitarra, baixo, sanfona, teclado, percussão e backing vocal. No repertório, estavam canções de Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Elba Ramalho, Dominguinhos e outros cantores, além de Andrea apresentar músicas autorais.

Embora seja pouco conhecida localmente, Mariana Aydar trouxe as raízes na MPB, samba e na música nordestina e uniu ao talento de Mestrinho, cantor, compositor e instrumentista de Itabaiana (SE) que, assim como a cantora que o acompanha, já fez parte do grupo do Mestre Dominguinhos por anos. No repertório, estiveram grandes clássicos como “Gostoso Demais”, “Te Faço Um Cafuné”, “Pagode Russo”, entre outras.

E foi só Dorgival Dantas para o romantismo permanecer em evidência. O tecladista, cantor, sanfoneiro e compositor apresentou um passeio nas obras que o tornaram conhecido como ‘O Poeta’. Dorgival se fez gigante no palco para um público que cantava e dançava sucessos como “Valeu”, “Tarde Demais” e “Destá”.

O encerramento da sexta-feira foi com toda a empolgação de Waldonys. O “garoto atrevido”, chamado assim por Luiz Gonzaga, cantou alguns clássicos da Música Popular Brasileira adaptados ao forró, como “Sonho de Ícaro”, “Sinônimos” e “Minha Doce Estrela”. 

*Fotos: 1) Portal de Sucessos; 2) Secretaria de Comunicação
**Com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário