SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

SINDICATO DOS PROFESSORES DE PERNAMBUCO BATE DURO NO PROJETO DO VEREADOR AUDÁLIO RAMOS FILHO (PSDC)

Ronaldo César divulgou em seu bem informado blog uma nota dura do Sindicato dos Professores de Pernambuco, com críticas ao projeto do vereador Audálio Filho (PSDC), proibindo aulas no município de Garanhuns que tratem da chamada ideologia de gênero.

Segundo entendimento do Sindicato dos Professores no Estado, a proposta do vereador garanhuense estabelece nas escolas de Garanhuns a “Lei da Mordaça”, impondo limites à Constituição brasileira e à Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Os que fazem o Simpro Pernambuco afirmam que o vereador desconhece o real significado do magistério e o acusam de  “engrossar o coro dos fundamentalistas que  tentam impor uma visão de mundo deturpada, baseada no preconceito, na intolerância, combatendo a inexistente ideologia de gênero”.

Prosseguindo,  a nota dos sindicalistas defende que os argumentos de Audálio Ramos Filho são mentirosos e apresentam em seu cerne um total desprezo pelo magistério. “O projeto representa uma grande armadilha ao tentar responsabilizar os professores por ações de suposta doutrinação, impondo censura e ameaça à cassação de nosso direito de ensinar e aos estudantes o cerceamento de seu censo crítico e da construção de sua autonomia”, acusa o Simpro.


O projeto de Audálio Filho será discutido nesta terça-feira, numa audiência pública que será realizada na Câmara Municipal. Setores contra e a favor da proposta têm se mobilizado na cidade e o vereador tem recebido apoio nas redes sociais, por parte  da Igreja Católica e de setores evangélicos.

Para os que se posicionam a favor de Audálio, ao apresentar o projeto em discussão na Câmara, o vereador está simplesmente assumindo a defesa da família tradicional, de acordo com os preceitos bíblicos.

Um comentário:

  1. Esses sindicalistas são um bando de analfabetos funcionais. Não sabem o que está por trás da "Imbecilidade de Gênero" proposta por eles e seus representantes ESQUERDOPATAS!

    ResponderExcluir